Pular para o conteúdo

Para ter uma vida confortável em casa, a água quente é fundamental. Seja para tomar banho, ou para outros fins como higiene e até mesmo consumo. A água aquecida faz parte da vida das famílias.

Nisso o aquecimento solar se mostra como uma opção viável, econômica, eficiente, durável e ecológica para oferecer grande quantidade de água quente à sua residência.

Mas antes que você invista em um sistema de aquecimento solar de água, há algumas coisas importantes para se saber. Neste texto, falaremos disso. Confira!

Um sistema ecologicamente viável

Um dos principais diferenciais do aquecimento solar é a sua fonte de energia: o Sol. Uma fonte gratuita, livre e, pelo menos durante alguns milhões de anos adiante, inesgotável. O sistema não oferece qualquer risco ao meio ambiente, seja durante o processo de aquecimento, seja através de suas matérias-primas, também produzidas através de materiais que não agridem o ecossistema. A eletricidade ou a energia termoelétrica apresentam um impacto ecológico maior.

 

O aquecimento solar é uma maravilha da física e da engenharia

O surgimento de projetos em aquecimento solar é a prova de que as pessoas se adaptam. Os primeiros sistemas datam da época da crise do preço do petróleo, dos anos 70, em que o valor desse produto passou a subir de forma descontrolada. A partir da década seguinte, aquecedores solares começaram a ser comercializados em grande escala para consumidores residenciais, cada vez com mais eficiência e menor preço, graças ao desenvolvimento tecnológico.

Toda a engenhosidade do aquecimento solar na verdade é bastante simples:

A água vinda do abastecimento externo passa por finas tubulações de cobre espalhadas de maneira uniforme pelo painel solar. A luz e o calor do sol são absorvidos pelos painéis, aquecendo a água que passa dentro das finas tubulações internas. O calor e o fluxo de água empurram o líquido para dentro do reservatório, onde ela fica armazenada já aquecida até o momento do consumo.

 

O sistema é pensado para a máxima eficiência

Um sistema de aquecimento solar é projetado e desenvolvido para aproveitar tudo o que o Sol tem a oferecer. Sendo assim, ele absorve a energia do Sol, tanto a que vem pela irradiação de luz, como também a absorção do calor irradiado pela estrela luminosa. A tubulação de cobre por onde passa a água que será aquecida absorvem a alteração de temperatura, aquecendo a água.

Os painéis solares em vidro escuro absorvem ainda mais luz, potencializando o sistema inteiro. O reservatório de água já aquecida, chamado de Boiler, é isolado termicamente para permitir que o líquido permaneça quente até o momento do consumo pelos moradores da residência. Assim, a quantidade de energia dissipada é bem pequena.

Aquecimento solar e energia solar são coisas diferentes

Aqui vale uma explicação importante.

Muita gente acredita equivocadamente que o aquecimento solar de água e a geração de energia solar são a mesma coisa. E apesar de ambos os sistemas usarem a luz solar como fonte de energia, o conceito envolvido é um pouco diferente.

No aquecimento solar de água, o líquido é aquecido diretamente pela luz e pelo calor do Sol. Já nos sistemas de energia solar, a luz é convertida em eletricidade através de células fotossensíveis que promovem corrente de elétrons e, portanto, energia. É a chamada energia fotovoltaica.

 

A economia é um atrativo

Quem realiza aquecimento de água com o bom e velho chuveiro elétrico, sabe o quanto ele impacta no orçamento familiar. A conta de eletricidade está cada vez mais cara, sofrendo vários reajustes ao longo do ano. Quem decide mudar para o aquecimento solar percebe a economia todos os meses e começa a sentir os benefícios no bolso.

Após um investimento inicial, o aquecimento solar passa a oferecer seu retorno financeiro em economia de energia elétrica. E a longo prazo, o dinheiro poupado pode fazer a diferença.

Como o sistema de aquecimento solar tem alta durabilidade, o dinheiro investido em sua aquisição retornará para você em alguns anos.

Infelizmente o custo de um sistema solar ainda não é dos mais acessíveis, o que faz com que não valha a pena para todos os casos. Nesse artigo você pode descobrir se vale a pena para você e sua residência.

Sem dores de cabeça com manutenção

Os produtos usados para a realização do aquecimento solar são construídos com matérias-primas e técnicas de excelente qualidade. Isso assegura ao seu sistema uma longa vida útil com pouquíssima manutenção. Ao preferir o aquecimento solar, você terá economia por muito tempo. Além de baixíssimo risco de ter imprevistos, falhas ou defeitos.

A manutenção preventiva é econômica também. Afinal, consiste apenas na limpeza dos vidros dos painéis e na retirada de impurezas das tubulações internas. São procedimentos simples, que precisam ser feitos apenas duas vezes por ano.

Nosso potencial de aquecimento é enorme

O Sol brilha forte no território nacional. Como um país tropical, o Brasil possui um altíssimo potencial para a geração de energia e aquecimento através do Sol. Por isso, investir em aquecimento solar é ter a certeza de um sistema eficiente, duradouro e de grande capacidade térmica. Certamente, qualquer investimento estará condicionado à demanda de água aquecida de sua residência ou empresa, por isso, o planejamento se faz fundamental, como veremos no próximo item.

Importante ressaltar que, como um país imenso, nem todo o território nacional possui o mesmo potencial de aquecimento solar. Por isso, é preciso fazer um bom estudo antes da instalação para garantir que o aquecimento solar é viável em sua região.

Nesse artigo falamos um pouco sobre isso.

 

A instalação é planejada de acordo com a demanda do cliente

Qual sistema deve ser instalado em sua casa ou empresa? Os fornecedores estudam as demandas dos clientes para oferecer a opção ideal. Seja para uma residência onde moram 3 pessoas e a água irá alimentar 1 chuveiro e 2 torneiras, ou para uma academia que precisa de água quente em 10 duchas todos os dias. Com isso, evitar-se desperdícios ou investimentos equivocados, sem perder nada em qualidade ou capacidade operacional do seu sistema de aquecimento. A necessidade do cliente vem em primeiro lugar.

Assine a nossa newsletter ou leia também sobre aquecedores a gás.

Já se foi o tempo em que a mudança de estação influenciava em um aumento ou baixa na conta de luz. Hoje, cada vez mais temos aparelhos que utilizam a energia para seu funcionamento e são indispensáveis em nosso cotidiano. Se no inverno aumentamos o consumo de energia devido ao uso do chuveiro quente e aquecedores, no verão, mesmo com a bandeira tarifária mais barata, ainda pagamos altas contas devido ao ar condicionado.

Nesses momentos, pensar alternativas para diminuir a conta de luz é mais do que necessário. Economizar no uso de aparelhos elétricos é uma opção, porém ainda assim toda residência possui um nível de consumo indispensável para manter a normalidade no dia a dia. Um deles é o aquecimento da água, que demanda de uma alta geração de energia elétrica, o que acaba pesando na conta mensal.  Mesmo com o alto custo, no entanto, aquecer água é essencial para o consumo residencial.

Uma opção que já é bastante presente em outros países e agora também começa a se desenvolver no Brasil é o aquecimento solar. A alternativa proporciona o aquecimento da água por meio do calor do sol. Para que esse processo ocorra, é preciso que a residência tenha instalado painéis que captam a temperatura emitida pelos raios solares e o transferem para a água. Por meio de um reservatório térmico, a água se mantém aquecida por tempo o suficiente para o consumo.

Ainda que trate-se de uma opção que fornece energia limpa e ecologicamente correta, muitas pessoas ainda ficam em dúvida se o investimento necessário para a instalação dos equipamentos de aquecimento solar vale a pena. Nessa publicação, iremos falar mais sobre esse tema e descobrir se vale a pena investir em aquecimento solar.

 

Aquecimento solar vale a pena?

Se por um lado o valor do investimento para a instalação das placas solares e o reservatório assusta, por outro lado temos na energia solar uma alternativa bastante promissora. Hoje iremos falar sobre alguns motivos pelos quais vale a pena investir na energia solar para aquecer a água de consumo residencial.

Economia na conta de luz

A principal finalidade da instalação do sistema de aquecimento solar é buscar a economia na conta de luz. Isso porque o chuveiro elétrico proporciona um alto consumo de energia, tornando-se, muitas vezes, o aparelho que mais gasta dentro de uma residência. O chuveiro elétrico realiza o aquecimento da água praticamente no momento em que ela será utilizada. Para fazer isso, no entanto, ele precisa de uma alta potência (entre 4 e 7 kw/H), o que consequentemente eleva a conta de luz.

Em um comparativo com outros aparelhos, a prancha para alisar cabelos, por exemplo, gasta em horas o que o chuveiro elétrico consome em apenas alguns minutos.

Quando a residência passa a contar com os equipamentos de aquecimento solar, a conta de energia torna-se mais baixa, pois o valor gasto com o aquecimento de água deixa de existir. Desta forma, o gasto mensal de uma residência passa a ser menor.

Também é importante considerar que, com a economia mensal proporcionada pelo uso da energia solar, o investimento da instalação dos equipamentos de aquecimento é pago em poucos anos, porém o sistema pode funcionar por muito mais tempo. Estima-se que nas instalações residenciais, o retorno do investimento comece a aparecer entre três e cinco anos.

 

Longa duração

Quando relatamos que o retorno do investimento realizado para instalar o sistema de aquecimento solar ocorre em até 5 anos, muitas pessoas podem ficar confusas sobre o quão vantajoso é esse prazo. Para termos um parâmetro, vamos considerar a longa vida útil que o sistema instalado nas residências possui.

Mesmo com a exposição aos fenômenos do tempo, os painéis de energia solar possuem uma duração de aproximadamente 25 anos. Ou seja, ainda que o investimento só comece a retornar após cinco anos, a residência ainda contará com a economia na conta de energia elétrica por mais 20 anos até que os painéis ou algum outro equipamento seja trocado.

Além disso, mesmo após um longo período, o aquecimento solar continua sendo realizado em sua quase totalidade – cerca de 80% – do que quando o equipamento era novo. Assim, o funcionamento do sistema segue eficiente mesmo após anos de uso.

Baixa manutenção

Como estamos comparando os benefícios do aquecimento de água solar principalmente com a utilização de chuveiros elétricos, vamos utilizar o quesito manutenção também para avaliar a diferença entre os dois sistemas. Os chuveiros elétricos utilizam resistências para fazer o aquecimento da água. No entanto, pequenas sobrecargas podem fazer com que a resistência seja queimada. Ainda que o valor para a troca seja baixo, o transtorno pode ser grande. Enviar o equipamento para conserto e o período sem água quente costuma incomodar um bocado.

Em contramão a essa manutenção constante, o aquecimento solar demanda de poucos reparos. E que devem ser realizados em um espaço de tempo maior. Os equipamentos precisam passar por uma manutenção elétrica anualmente, apenas para garantir a revisão e o funcionamento normal do sistema.

As placas de aquecimento solar ainda demandam limpeza. Porém não é algo tão frequente, pois o equipamento é feito de material antiaderente. Essa limpeza pode ser realizada pelos próprios moradores da residência. Com isso, a manutenção do sistema torna-se muito baixa e demanda de poucos custos para ser executada.

 

Energia limpa

Por fim, não podemos esquecer que o aquecimento solar é uma forma de energia limpa. Ou seja, que não tem impacto ambiental. Ainda que esse aspecto possa não representar um retorno imediato para o proprietário da residência, à longo prazo será mais uma casa contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Utilizando uma fonte de energia limpa, o proprietário também pode ter a certeza que ela será inesgotável. Além de não apresentará custos, pois a captação ocorre dentro da sua casa.

 

Mas vale a pena mesmo?

A resposta é: depende. Quanto maior a demanda da sua residência por água quente mais rápido seu investimento vai se pagar. Logo se você mora sozinho, por exemplo, dificilmente um investimento desses vai compensar para seu caso.

Outros casos que o investimento não compensa são casas de veraneio que são usadas poucas vezes ao longo do ano.

Agora uma família de quatro, cinco, seis pessoas ou mais já torna o investimento muito mais interessante.

 

Mas quanto custa um sistema solar?

O valor de um sistema de aquecimento solar pode variar bastante pois envolve muitos fatores. Quantas pessoas vão utilizar? Quantos banhos serão por dia? Onde os coletores solares serão instalados? Será um sistema de baixa ou alta pressão?

Então o valor real de um sistema de aquecimento solar vai depender de cada caso.

Por exemplo: O investimento inicial para uma família de quatro pessoas gira em torno de R$ 12.000 a R$ 16.000.

Depois de conhecer melhor os prós e contras do sistema solar, agora dá para entender se vale a pena investir em aquecimento solar para a sua residência.

Para fazer um orçamento para sua casa basta preencher o formulário logo abaixo. Logo, você poderá ter um sistema de aquecimento de água que proporciona economia e sustentabilidade à sua casa!


Cada vez mais pessoas estão procurando aprimorar a qualidade de vida visando alternativas sustentáveis que sejam favoráveis ao meio ambiente, pois a cada dia que passa nosso mundo vai ficando cada vez mais saturado de poluição, deixando uma árdua empreitada para as gerações vindouras. Para o cidadão que possui essa consciência ecológica, a instalação de um sistema de aquecimento solar em sua casa pode ser uma via para conciliar os fatores: Economia, conforto e ecologia.

Sabemos que o custo da energia elétrica não costuma diminuir, causando um peso imenso nos nossos bolsos no final do mês, e boa parte desse custo se deve a utilização do chuveiro elétrico, o que nos tira até mesmo o privilégio de desfrutar um longo banho quente e relaxante no final de um dia cansativo. Ao invés disso, procuramos utilizá-lo da forma mais rápida possível, pois temos consciência das consequências financeiras que podem impactar nosso orçamento.

Mal sabe a maior parte da população que a solução para todos esses dilemas se encontra literalmente, acima das nossas cabeças, ou seja, a luz solar! Pois, ainda que o clima tropical do nosso país nos proporcione uma abundante quantidade de luz solar na maioria dos dias do ano, a população ainda se encontra receosa com os sistemas de aquecimento solar.

Os motivos? Primeiramente, por desconhecimento do funcionamento dos sistemas, mas também por acreditarem que se trata de gastar muito dinheiro de forma que não compensa o investimento. Mas basta fazer alguns cálculos para tirar a limpo o retorno que impactará na economia da energia elétrica.

Então, com o intuito de esclarecer como funciona um sistema de aquecimento solar, trouxemos o seguinte artigo, com o qual esperamos sanar suas dúvidas:

O Sistema de Aquecimento Solar

O sistema de aquecimento solar é composto de duas partes principais: Os coletores solares (ou placas coletoras) e o reservatório térmico (ou boiler).

Os coletores solares são aquelas placas que são instaladas no telhado ou na laje, e são responsáveis, como o nome sugere, por absorver a radiação solar que aquecerá a água. Eles são compostos pelos seguintes itens:

  • Uma caixa que pode ser de alumínio ou cobre;
  • Pelas aletas, partes de cobre ou alumínio pintada com uma tinta escura especial, favorecendo a absorção da luz solar;
  • Uma tampa de vidro, que auxilia na manutenção do calor;
  • E as serpentinas, que são feitas de cobre, por onde a água passa ao ser aquecida antes de entrar no boiler.

O número de coletores solares necessário varia de acordo com o tamanho do reservatório térmico. Ou com o nível de insolação de uma determinada região.

O reservatório térmico é uma espécie de tanque ou caixa d’água que armazena toda a água aquecida. Ele pode ser composto de cobre, polipropileno ou aço inox. Seu tamanho irá variar de acordo com a necessidade de cada residência.

O aquecimento da água se dará, portanto, através do seguinte ciclo: da caixa d’água, a água ainda fria será direcionada para os coletores solares, onde será aquecida pela radiação solar e retornará para o reservatório térmico, onde finalmente estará disponível para os chuveiros, duchas, torneiras aquecidas, e demais pontos de distribuição disponíveis.

Como funciona o sistema de circulação?

Mas como a água fria sai do boiler e retorna quente sem o auxílio de uma bomba? A resposta está na física: Isso ocorre devido ao sistema termossifão, ou circulação natural, onde a água mais quente, ou seja, menos densa fica por cima do boiler, e a água mais fria e mais densa “empurra” a água mais quente, gerando assim uma circulação natural de forma que toda a água fica igualmente aquecida.

Há também sistemas que possuem um sistema de circulação diferente da circulação natural. Nesses casos, a circulação acontece através do funcionamento de uma bomba de circulação.

É também importante haver um sistema auxiliar mantendo a água aquecida mesmo em casos de dias sem luz solar intensa. Ou em casos em que uma grande quantidade de água aquecida é utilizada em um curto período de tempo. Isso costuma ocorrer quando há muitas pessoas para tomar banho em uma residência.

Esse sistema auxiliar é composto por uma resistência ligada à energia elétrica que aquecerá a água de dentro do boiler. Apesar de o sistema elétrico ser o padrão, há alternativa, como o sistema auxiliar a gás. Assim, nunca faltará água quente na sua casa, faça dias nublados ou frios. Apesar de que somos um país privilegiado com uma boa quantidade de Sol durante o ano todo.

 

As vantagens de instalar um Sistema de Aquecimento Solar

Dentre as inúmeras vantagens de utilizar um sistema de aquecimento solar em sua casa, prédio, ou comércio, podemos listar:

  • Fonte de energia limpa e sustentável, acarretando em muitos benefícios para o meio ambiente;
  • Fonte de energia gratuita, lhe garantindo uma significativa economia no final do mês. De forma que o próprio sistema “se paga” em determinado tempo. Em alguns casos há uma economia de até 30% na conta de luz.
  • Conforto: você poderá instalar chuveiros, duchas e torneiras aquecidas a vontade. Sem ter que se preocupar com instalações elétricas, ou com a conta de luz. Garantindo-lhe assim maior conforto e qualidade de vida.
  • Economia com compra de novos chuveiros elétricos (que convenientemente costumam queimar com frequência no inverno, quando mais queremos água quente!).

Manutenção

Ressaltamos que todo o sistema necessita da devida manutenção para um funcionamento pleno. Para que seu equipamento sempre se conserve em um estado de qualidade, é imprescindível que seja feita uma limpeza e verificação dos componentes no mínimo uma vez por ano.

Tanto para a instalação do sistema de aquecimento solar quanto para a sua manutenção, recomendamos que o cliente tenha o cuidado de contratar uma equipe profissional altamente capacitada e confiável para a tarefa.

 

Ficou interessado?

Ficou curioso para saber mais sobre os sistemas de aquecimento e seus inúmeros benefícios? Leia outros artigos sobre o assunto disponíveis em nosso site!

Mas se você já chegou a uma conclusão e está convencido que o sistema de aquecimento solar é a melhor solução para quem quer conforto, qualidade de vida e economia, e deseja fazer esse incrível investimento para seu imóvel, não hesite em entrar em contato conosco, tirar todas as suas dúvidas e fazer um orçamento sem compromisso! Para isso basta preencher o formulário abaixo!


Precisando de
ORÇAMENTO DE AQUECEDORES?
Preencha abaixo e receba um orçamento personalizado agora!
Scroll Up