Existe sensação melhor do que chegar do trabalho e poder tomar um banho confortável e relaxante para se livrar de toda tensão e cansaço do dia? Sim, se considerarmos que você pode fazer isso de maneira econômica. Para desfrutar desse momento, é essencial escolher a ducha econômica certa.

Veja alguns pontos que você precisa observar na hora de comprar a sua e fazer a escolha ideal.

ducha-economica-aquecenorte

 

 

Na ponta do lápis

Para entender como um banho pode interferir na conta, uma ducha comum costuma ter uma vazão de até 27 litros por minuto, segundo estimativa feita pela SABESP. Ou seja, em um banho de apenas 5 minutos, uma pessoa gasta 135 litros. O que é muito acima do que a ONU recomenda para um dia inteiro, que é 110 litros.

Considerando ainda apenas um banho por dia, nessa situação o gasto seria de 4050 litros por mês. Mas essa conta pode ser ainda maior se somarmos a esse número o uso de água para cozinhar e em outras tarefas do dia a dia. E os números crescem mais em uma residência familiar, ou seja, com várias pessoas consumindo água todo dia.

Conheça sua ducha

Antes de escolher qual o modelo ideal para você, é necessário entender o que é uma ducha e por que ela é diferente de um chuveiro. Duchas costumam apresentar uma grande vazão. Sendo que a água não é aquecida no próprio aparelho, como acontece nos chuveiros elétricos. Logo essa água é aquecida em um aquecedor a gás, elétrico ou solar.

Ou seja, antes de colocar uma ducha, talvez você precise providenciar um sistema de aquecimento de água em sua residência. O aquecedor a gás costuma atender muito bem a demanda residencial e vem ganhando popularidade na casa dos brasileiros. Já os aquecedores elétricos, apesar de eficientes, gastam bastante energia elétrica. O que acaba encarecendo sua conta de luz no final do mês.

E o sistema solar é sem sombra de dúvidas o mais econômico. Gerando custo apenas nos meses mais frios do ano, no entanto seu investimento inicial para aquisição e instalação do sistema pode ser um pouco salgado.
Caso more em um apartamento, verifique se o condomínio já possui algum aparelho do tipo e se existe alguma recomendação prévia para a instalação da sua ducha.

ducha-quadrada-aquecenorte

Os tipos de ducha

Em relação às características, existem no mercado quatro tipos de duchas. As tradicionais apresentam apenas a saída de água principal. E pode variar de tamanho de acordo com o modelo e a marca. Elas podem ser fixadas no teto ou na parede, dependendo do tipo de construção e do projeto arquitetônico. Geralmente seu preço é considerado atraente pelos consumidores.

As duchas com desvio se assemelham aos chuveiros comuns, pois possuem uma mangueira flexível. Ela se conecta à ducha por meio do “chuveirinho”, como é conhecida a ducha manual. É um modelo bastante recomendado para quem possui crianças pequenas, já que a ducha manual oferece praticidade na hora do banho.

Já as duchas com barra são fixadas a uma estrutura fixa na parede. Logo isso permite que a altura do equipamento seja ajustada manualmente pelo usuário, funcionando como uma ducha manual. São modelos um pouco mais caros, porém a praticidade costuma valer a pena.
E as duchas externas são aquelas instaladas em áreas abertas, como decks e piscinas. Geralmente, esses lugares costumam ser utilizados em dias quentes, não sendo necessário ficar ligados ao sistema de aquecimento. No entanto, isso varia de acordo com a sua necessidade e o seu gosto.

Fique de olho

O que levar em conta na hora de escolher uma ducha? De fato o mercado atual oferece uma grande variedade de modelos. Desde os tipos mais simples até aqueles desenvolvidos com sistemas de última geração.

Como o foco é economia, a primeira e mais importante característica a ser observada é a vazão de água. Muitos modelos de duchas disponíveis no mercado, apresentam sistemas de controle de vazão, que podem poupar até 70% de água no banho. Alguns modelos oferecem também diferentes tipos de jato – mais concentrados ou mais abertos.

Alguns modelos ainda apresentam um sistema de entrada de ar, em que a água da ducha se mistura com o ar por meio de um dispositivo próximo à saída do fluxo. Essa combinação proporciona uma sensação de maior volume e redução no consumo, que pode chegar a até 50%.

Outro ponto a ser considerado é o material da ducha. Modelos de plástico costumam ser mais simples e baratos. Mas sua vida útil também é mais curta devido à deterioração sofrida pela ação do tempo e pela pressão da água. Os tipos mais modernos são mais resistentes e duráveis. Por conta disso, essas duchas também são mais bonitas e dão um ar de modernidade e sofisticação ao ambiente.

A pressão da água também é um fator importante. Muitas pessoas preferem a ducha justamente pelo grande fluxo. No entanto, alguns fatores, como a altura da caixa d’água, podem interferir diretamente nisso e causar o efeito contrário. Nesse caso, pode ser necessária a instalação de um pressurizador, que garante o volume desejado.

E vale também seguir algumas recomendações básicas. Como tomar banhos curtos, fechar o registro no momento em que estiver se ensaboando e verificar se não há vazamento ou gotejamento quando a ducha não estiver sendo utilizada.

ducha-economica-aquecenorte

Qual a vazão ideal?

A vazão ideal da sua ducha vai depender muito das suas preferências pessoais. E também de quanto está disposto a gastar com contas de água e gás (caso seu aquecedor seja a gás) ou eletricidade (caso seu aquecedor seja elétrico).

Tem quem prefira um banho com mais volume de água, como uma cachoeira por exemplo. Mas também existem quem não ligue tanto para o volume de água e prefira um jato mais forte e concentrado.

Estilos de Duchas

Duchas de vazão média: As duchas com vazão de 10 a 15 litros de água por minuto são consideradas intermediaria. São também as mais comuns de achar no mercado.

Duchas de alta vazão: A partir de 20 litros de água por minuto já classifica a ducha como de alta vazão. Algumas podem chegar a incríveis 60 litros de água por minuto. São duchas com um grande volume de água que por sua vez podem proporcionar um grande prazer no banho, mas também encarecer sua conta no fim do mês. Vale frisar que em alguns países duchas desse tipo são proibidas.

Duchas econômicas: As duchas mais econômicas têm sua vazão média girando em torno de 6 a 8 litros de água por minuto. Muita gente acha que por conta de sua pouca vazão o banho não vai ser tão legal. Mas esse tipo de ducha costuma possuir um jato de água bem concentrado, proporcionando um banho massageador.

ducha econômica

Restritores de vazão

Uma opção para baratear seu banho é a instalação de restritores de vazão. São peças que podem ser instaladas dentro da ducha e que restringem a quantidade de água que a ducha é capaz de soltar.

Em alguns casos esse tipo de peça pode comprometer um pouco a qualidade do jato da ducha, mas sua economia costuma valer bastante a pena.

São componentes fáceis de achar, mas que costumam ser exclusivos para cada modelo de ducha. Então a melhor pedida para encontra-los é procurar no fabricante da sua ducha.

 

Quer receber mais conteúdo sobre duchas econômicas, além de novidades sobre aquecedor a gás, chuveiros e outras dicas sobre o assunto? Assine nossa newsletter e tenha a comodidade de receber tudo isso diretamente em seu e-mail ou entre em contato conosco aqui.

 

Você pode estar com essa dúvida, entre o chuveiro elétrico ou a ducha.

Qual a economia? Qual o grau de conforto? Qual o mais caro?

Diversos fatores devem ser avaliados para chegar a uma conclusão do que é melhor para você e seu uso diário.

Se você está se mudando para um apartamento novo, é provável que você terá que colocar a ducha a gás como norma do prédio. Se você quer trocar seu chuveiro este artigo também pode te ajudar a decidir se continua ou não com o nosso famoso chuveiro elétrico, que está na casa da maioria dos brasileiros.

Chuveiro elétrico – História

 

A história do chuveiro não é muito longa, faz pouco tempo que temos esse hábito.
A história do chuveiro não é muito longa, faz pouco tempo que temos esse hábito.

O chuveiro elétrico entrou no Brasil na era Vargas em 1930. Sua popularização aconteceu após a Segunda Guerra Mundial, pois ao reconstruir as casas na Europa foi incluída a construção do banheiro com chuveiro.

Nos Estados Unidos e Europa, foi implantado a ducha em maior escala ao invés do chuveiro elétrico. Aqui no Brasil o chuveiro se tornou de uso quase geral, hoje são cerca de 75% das residências, devido seu custo de aquisição barato, contudo seu uso pesa muito bolso.

Chuveiro elétrico – Desvantagens

Usamos a muito tempo o chuveiro elétrico, mas será que ele é o mais indicado?
Usamos a muito tempo o chuveiro elétrico, mas será que ele é o mais indicado?

Conta de luz – Consumo de energia elétrica

O chuveiro elétrico é famoso no país por ser o responsável pelo alto consumo de energia elétrica. Isso acaba por impactar na conta de luz de milhares de brasileiros.

Chuveiro elétrico possui uma resistência que aquece água quase instantaneamente, o que exige muito calor para que isso aconteça, então muita energia é puxada e consumida.

Este aparelho que parece tão simples transforma energia elétrica em energia térmica, isso exige muita potência, entre 4kw/h  e  7kw/h. O que aumenta consideravelmente os custos com a energia elétrica.

Para se ter uma ideia, o consumo do chuveiro elétrico supera o uso de chapinha, mesmo que você passe horas usando a chapinha, o chuveiro elétrico supera esse uso em minutos. Essa informação é de espantar, mas é real.

 

Impostos da conta de luz

 

A conta de luz é sempre motivo de muito transtorno na vida do brasileiro, saiba o porquê.
A conta de luz é sempre motivo de muito transtorno na vida do brasileiro, saiba o porquê.

Você paga 30% de impostos na sua conta de luz, é uma das mais caros do mundo, ou seja se você paga R$ 100,00 na conta de luz, R$ 30,00 é apenas de impostos.

Veja o vídeo que explica sobre os impostos e os grandes vilões da conta de luz.

Chuveiro e geladeira são os vilões do consumo de energia elétrica

Agora dê uma olhada na lista dos maiores vilões da conta de luz, o chuveiro elétrico está no topo. Esses são dados que você pode verificar em reportagens e pesquisas e você já deve ter ouvido isso de muitos familiares.

Os maiores vilões da conta de luz

  1. Chuveiro Elétrico 30%;
  2. Geladeira: 20%;
  3. Iluminação: 20%,
  4. Ar Condicionado: 10%;
  5. TV: 10%;
  6. Ferro: 7%.

Se você observar o 2º lugar e 3º lugar são usados durante horas no dia, a geladeira fica ligada durante 24hs, e a iluminação fica por muitas horas. O chuveiro elétrico que fica alguns muitos por pessoa cerca de 10 a 15 minutos supera seus concorrentes, ainda que usados em tempo menor.

Isso nos ajuda a ter uma ideia de como o chuveiro elétrico possui um alto grau de consumo. Mas será que existe outra opção? Essa pode ser a sua pergunta.

Quer saber quanto cada eletrônico gasta de energia na sua casa ou apartamento?

Acesse esse sistema interativo e informe quais equipamentos possui, o tempo de uso por dia ou por mês e a potência de cada item. Desta forma, você tem uma média de qual é o consumo e quanto custa aquele aparelho por mês na conta de luz.

Simulador de consumo

 

Chuveiro Elétrico e a Queda da Energia Elétrica

Ficar sem energia elétrica e tomar banho frio ninguém merece.
Ficar sem energia elétrica e tomar banho frio ninguém merece.
  • Existem casas e apartamentos que se a pessoa ligar 2 chuveiros de uma vez a energia cai e ficam todos sem luz. Isso tem a ver com a estrutura elétrica da casa, que não suporta o uso de dois consumos de energia tão potentes, como o chuveiro.

 

  • Outro caso com mesmo problema. Se você tem torneira da cozinha com energia elétrica, não pode ligar o chuveiro junto, pois a acaba caindo a energia. Pode parecer brincadeira, mas isso acontece sim em muitos lares no Brasil.

 

  • Você está no seu banho quentinho, após um dia cansativo, e de repente a energia acaba. A água passa de quente para fria. E você tem que sair do banho muitas vezes ensaboado, com frio, isso é muito irritante de acontecer.

    A suspensão da energia elétrica tem acontecido com grande frequência, nos últimos anos.

Motivos:

  •         Grande-demanda da rede;
  •         Relâmpagos;
  •         Linhas de energia derrubadas;
  •         Acidentes como batidas em postes;
  •         Apagões;
  •         Catástrofes naturais;

A rede elétrica no Brasil fica exposta a muitos situações de riscos. Ficam em postes, consequentemente expostas ao tempo e ações de pessoas, inclusive com a queda de balões e pipas.

O consumo de energia elétrica tem aumentado a cada ano no país segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e a estrutura para atender não cresce no mesmo ritmo.

Mais interrupções de energia podem acontecer, os famosos apagões, ou como acontece muito em São Paulo, há um revezamento entre bairros, um dia com energia outro sem.

Sem energia elétrica, o chuveiro não funciona. Você pode estar se perguntando existe uma forma de tomar banho sem o uso de energia elétrica e com água quente? Sim existe. E vamos escrever sobre isso.

Chuveiro Elétrico e o Choque Elétrico

O perigo de choque elétrico é real.
O perigo de choque elétrico é real.

Muitas pessoas reclamam que ao tentar fechar a torneira do banheiro, recebe um choque, isso acontece porque na casa ou no prédio não tem aterramento elétrico, para conectar o fio terra do chuveiro, que é normalmente de cor verde ou laranja.

Nos últimos anos alguns lugares tem colocado a rede elétrica subterrânea, o que é mais seguro, e com isso o aterramento elétrico já acontece, mas o custo é alto e está na velocidade de tartaruga no país.

O chuveiro elétrico é uma mistura de energia elétrica e água que é um grande condutor de energia elétrica, potencializando seus efeitos. Por isso todo cuidado é pouco. Alguns eletricistas e instaladores de chuveiro elétrico gostam de fazer uma comparação bem assustadora:

Com o chuveiro elétrico você toma banho com uma resistência de 5 mil volts sobre a sua cabeça, todo molhado e descalço. Isso é muito perigoso.

No Brasil os índices com acidentes domésticos são altíssimos segundo o Ministério da Saúde, atingindo milhares de crianças, uma das causas são choques elétricos e produtos elétricos em contato com água.

Chuveiro elétrico – Durabilidade Comprometida

O chuveiro elétrico tem sua vida útil bem curta. Quem já não teve que trocar o chuveiro duas vezes no ano? Ou devido a queima da resistência do aparelho?  É sempre trabalhoso fazer essa operação de troca do aparelho, além dos custos.

Devido ao uso constante, peças baratas, estrutura de plástico, quedas de energia, o chuveiro poder ter sua vida útil encurtada. A qualidade do chuveiro deve ser um fator importante para se adquirir um.

Chuveiro Elétrico – Temperatura Limitada

O chuveiro elétrico tem poucos opções de temperatura.
O chuveiro elétrico tem poucos opções de temperatura.

A maioria dos chuveiros não oferecem a opção de temperatura personalidade, ou seja você não consegue colocar o grau de temperatura que você deseja, como 38º ou 39º. Isso é mais uma questão de conforto.

Alguns chuveiros possuem a opção verão, o que deixa água morna, a outra opção é inverno quando água fica quente e a opção frio, ou desligado, onde a água fica fria.

O que acontece muitas vezes é que tanto no verão quanto no inferno, a água ou fica muito quente, ou fica morna quase fria.  Na época do verão a água morna fica super quente, na época do inverno a água quente fica morna. Quem já não passou por isso no chuveiro em algum momento da vida? É muito chato e incômodo.

Outra informação importante: nunca troque de chave de temperatura do chuveiro se ele estiver ligado, há um risco real de choque, pois você está molhado.

Existem chuveiros eletrônicos que possuem mais possibilidade de alteração na temperatura, mas são extremamente caros, exigem mão de obra qualificada para sua instalação o que encarece os custos.

 

Chuveiro elétrico – Instalação

 

A instalação adequada do chuveiro é garantia de segurança.
A instalação adequada do chuveiro é garantia de segurança.

Quanto mais recursos um chuveiro tiver mais sua instalação pode ser complexa. Chuveiros com pressurizador, com jatos mais fortes, turbo, ajuste de temperatura necessitam de mão de obra especializada para instalar. Além de serem mais caros, você ainda terá custo da instalação que é diferente de uma chuveiro comum.

Além disso como já foi visto, a má instalação coloca a todos que usam o chuveiro em risco de choque elétrico.

Design Simples

 

Muitas pessoas tem se preocupado com a decoração do banheiro, e o chuveiro deixa a desejar.
Muitas pessoas tem se preocupado com a decoração do banheiro, e o chuveiro deixa a desejar.

Os chuveiros elétricos tem sua estrutura feita de plástico branco. Quase todos seguem o mesmo padrão e formatos. A decoração do banheiro tem recebido cada vez mais atenção pelos brasileiros.

No Mercado Livre, o segundo maior Marketplace (e-commerce) da América Latina, o 2º item de venda mais procurado para compra são artigos de decoração, isso prova o quanto estamos atentos em ter uma casa bonita e com design arrojado. O chuveiro não proporciona essa possibilidade.

Ele apenas supre a necessidade de banho, e foi criado para isso, mas os tempos mudam e hoje queremos praticidade, funcionalidade e beleza nas peças que compõem nossas casas. O chuveiro elétrico fica desqualificado nesse quesito. Ainda bem que existem outras opções.

Claro que para muitos esse não é um fator decisivo, mas para outras pessoas que curtem decoração esse pode ser um item de grande importância.

Agora que falamos tanto de chuveiro elétrico, que tal você descobrir tudo sobre a ducha, será que ela é realmente melhor que o chuveiro elétrico? Quer saber?

Clique e confira. Assim você pode decidir o que é melhor para você.

Ducha. Quem disse que você não pode ter um banho de hotel?

 

 

Aquecedor a gás, muita gente já ouviu falar das vantagens de ter um casa, mas fica com receio de fazer a instalação do equipamento. As dúvidas são referentes à segurança, gastos, instalação e até mesmo ao próprio funcionamento do aquecedor.

No Brasil, cada vez mais pessoas optam pelo equipamento de aquecimento de água a gás e ficam satisfeitas com a comodidade. O uso desses aparelhos já é comum nos Estados Unidos, Japão e países da Europa. Neste artigo, vamos esclarecer 8 vantagens de se instalar um aquecedor a gás na sua casa. Acompanhe:

1. Você terá um banho quente e relaxante

Nada mais gostoso do que chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalho e poder tomar um banho de qualidade! Água com bastante pressão, vazão constante e bem quentinha você só consegue com um sistema de aquecedor de água a gás.

aquecedor-a-gas-aquece-norte
Garantia de banho quente

Ao contrário do chuveiro elétrico, um banho com ducha aquecida a gás traz muito conforto. Sem exageros, podemos dizer que é um banho de um hotel cinco estrelas! Você e sua família merecem! Você sabia que um banho quente de qualidade faz bem para a saúde? Relaxa os músculos, além de regenerar a nossa pele, eliminando as células mortas.

O aquecimento a gás permite que a água da sua ducha atinja temperaturas mais altas e em grande volume em comparação com o chuveiro elétrico. Esse é um fator que deve ser considerado nos dias mais frios de inverno em que o desempenho do chuveiro elétrico é bastante ruim!

Aposto que você já vivenciou a experiência de ter que tomar banho com uma vazão pequena para conseguir a água na temperatura mais quente em dias mais frios. Não é nada agradável!

Banho quente sempre

Outro benefício do aquecimento a gás é a garantia de ter sempre um banho quente, mesmo se a sua casa ficar sem energia, como em dias de temporal, por exemplo.

E você não precisa se preocupar com o funcionamento do equipamento: ele aciona sozinho, de forma automática, na hora que você quiser a água quente.

2. Você terá água quente também nas torneiras

Ao instalar um aquecedor a gás na sua casa, não é só a sua ducha que terá água quentinha! Você pode ter água quente nas torneiras também, para lavar o rosto logo cedo é um conforto e tanto! De manhã ainda está frio e ninguém merece ter que lavar o rosto com água gelada, não é mesmo?

Na torneira da cozinha, ter água quente ajuda e muito na limpeza da louça porque fica bem mais fácil a remoção de gordura de seus utensílios. Além disso, nos dias frios ninguém vai ter que por a mão na água fria na hora de lavar pratos e panelas!

Aparelho atende vários pontos da sua residência

Se você tiver vários pontos de água quente, como torneiras, banheira e até mais de um chuveiro, a tecnologia do aquecedor a gás consegue atender toda a sua demanda. Dessa forma, ninguém precisa ficar esperando outra pessoa terminar o banho para poder ligar seu chuveiro.

aquecedor-a-gas-aquece-norte
Água quente em vários pontos da sua casa

O único cuidado é procurar uma revenda especializada antes de comprar, escolhendo um equipamento com a capacidade para todos os pontos da sua casa ou apartamento!

3. Sua conta de energia vai diminuir

Todo mundo sabe que o vilão da sua conta de energia é o chuveiro elétrico. O aparelho responde por um quarto do total de gastos de energia da sua casa!

Com um aquecedor a gás você pode tomar banho sem se preocupar com a conta de luz no final do mês.  O preço do gás é barato no Brasil em comparação com a energia elétrica. Em uma família com quatro pessoas, por exemplo, a economia com o aquecimento de água a gás é grande.

O gasto é mínimo

A energia que você vai consumir com o aquecedor a gás é somente para o acionamento e dispositivos de segurança, ou seja, o gasto é muito pequeno.

Então, mesmo que você ainda considere alto o custo com a instalação, saiba que você terá contas de energia mais baratas com um aquecedor a gás. Faça os cálculos e verá a economia que vai fazer, além de trazer mais conforto para sua vida!

4. Fique tranquilo: não é necessário ter um espaço grande para a instalação!

Os aquecedores de água a gás podem ser instalados em casa ou apartamentos, mesmo os menores, já que o equipamento não vai ocupar muito espaço. Os aparelhos não são grandes, possuem um design moderno e seu peso não ultrapassa os 20 kg.

O lugar de instalação geralmente é na parede da sua lavanderia, ou seja, um local mais escondido da sua casa. Em caso de manutenção, o aquecedor de água a gás pode ser retirado com facilidade.

Ao decidir comprar um aquecedor a gás, escolha uma empresa especializada. Você receberá a orientação necessária para saber o que precisará ser feito na hidráulica da sua casa, já que o aquecedor de água a gás precisa ter uma tubulação para a água fria e outra para a água quente, além da tubulação para o gás. Em condomínios de apartamentos mais novos, certamente já terá toda essa infraestrutura para a passagem de gás.

Mas não se preocupe: uma equipe especializada realiza todas as mudanças para você desfrutar desse sistema de aquecimento de água.

5. Aquecedores a gás possuem funcionamento simples

A tecnologia torna muito fácil o manuseio do aquecedor a gás. No mercado, as versões mais atuais são digitais, ou seja, possuem um display com todas as informações sobre seu funcionamento.

Mesmo quem não tem muita facilidade com aparatos tecnológicos, se sentirá bastante à vontade com um modelo digital. No display, torna-se fácil monitorar a temperatura da água, vazão, número de vezes em que o equipamento foi acionado, dentre outras funções.

Você sabia que o display aponta até algum problema com o aparelho? Isso mesmo: caso algo não esteja funcionando bem, ele mostra um código de erro, tornando fácil a solução.  Vamos reforçar aqui que somente um técnico especializado pode fazer a manutenção.

6. Você estará adquirindo um equipamento durável

Os aquecedores de água a gás têm uma alta durabilidade! As versões digitais podem durar de 15 a 30 anos! Os modelos de funcionamento mecânico têm vida útil de 8 a 10 anos.

Porém, para aproveitar ao máximo a durabilidade do seu equipamento, é necessário realizar a manutenção todos os anos. É uma ação preventiva em que um técnico especializado realiza a limpeza do seu aquecedor a gás e faz a verificação minuciosa de todos os componentes, como os sensores de segurança.

Quando se pensa no chuveiro, por exemplo, você não precisará se preocupar com a troca periódica da resistência como acontece no chuveiro elétrico.

7. Os aquecedores a gás são bastante seguros

Muitas pessoas têm medo do sistema de aquecimento a gás por conta de vazamentos e intoxicações por monóxido de carbono. Fique tranquilo: a tecnologia desses equipamentos garante a sua segurança, visto que eles possuem um sensor corta gás, caso seja necessário.

Você tem receio do choque elétrico com o chuveiro que funciona com a energia elétrica? Pois bem, com o aquecedor a gás você não corre mais esse risco.

Tecnologia de ponta

Como dissemos acima, os aquecedores a gás são amplamente utilizados no exterior. Os consumidores brasileiros podem ficar tranquilos porque a tecnologia daqui é similar a dos equipamentos utilizados nos Estados Unidos, Europa e Japão.

A dica é escolher um aparelho que atenda todos os pontos de água quente da sua casa. Uma revenda especializada em aquecedores a gás vai fornecer as orientações necessárias para que você adquira o melhor produto.

Ao decidir pela compra do seu equipamento, escolha um de marcas consagradas no mercado e de revendedores especializados, que realizam a venda com garantia para que você fique tranquilo.

Aquecedor a gás digital

Os equipamentos mais modernos de aquecimento de água a gás são digitais, trazendo bastante comodidade para o consumidor. Apresentam display digital e alguns são operados por controle remoto, ou seja, você pode controlar a temperatura da água a uma certa distância. Faça uma pesquisa entre as marcas e descubra os diferenciais de cada uma.

Certificação do Inmetro

aquecedor-a-gas-aquece-norte
aquecedor-a-gas-aquece-norte

Todos os aquecedores a gás vendidos no mercado nacional possuem a certificação do Inmetro, o que atesta sua segurança. Por isso, só adquira aparelhos certificados! O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) coloca ainda um selo de eficiência energética que vai de A a G, sendo o “A” considerado como mais eficiente. Você compra o equipamento já sabendo que o gasto com energia será pequeno!

Segundo a ABAGAS, Associação Brasileira de Aquecimento a Gás, para garantir a segurança do aparelho de aquecimento a gás, a instalação e manutenção regular dos equipamentos devem ser feitas por profissionais habilitados e credenciados e de acordo com as normas técnicas.

8. Você estará cuidando do meio ambiente

Ao optar por um equipamento que reduz o consumo de energia elétrica, você automaticamente passa a ter uma atitude sustentável. Sabemos o quanto a geração de energia por usina hidrelétrica e principalmente termelétrica causa danos ao meio ambiente!

Você pode questionar quanto ao gasto de água para o aquecimento de água. É uma dúvida pertinente quando se trata de aquecedores a gás. Porém, de acordo com a ABAGAS, Associação Brasileira de Aquecimento a Gás, para evitar o desperdício de água é só optar por duchas de menor vazão. Além disso, realize o ajuste correto da temperatura da água de acordo com o clima. Assim, você evita o uso de muita água fria para diminuir a temperatura de um banho que está quente demais.

Está construindo ou deseja fazer modificações na sua residência, escolha instalar um sistema de aquecimento a gás. O conforto de um banho quente e relaxante em qualquer situação, bem como água quente nas torneiras faz toda diferença no seu dia a dia e da sua família. Além de reduzir os gastos na sua conta de energia!

Para você não esquecer listamos aqui as oitos vantagens:

  • Banho quente e relaxante
  • água quente nas torneiras
  • reduz os gastos com conta de energia
  • pequeno espaço para instalação do equipamento
  • fácil de operar
  • alta durabilidade
  • alta segurança
  • reduz impactos no meio ambiente

Entre em contato com a Aquecenorte e conheça os tipos de aquecedores a gás. A empresa trabalha com as melhores marcas e uma equipe especializada! Faça um orçamento sem compromisso!

Esclarecemos todos os pontos sobre os aquecedores de água a gás? Se tiver outras dúvidas em relação a esses equipamentos, deixe abaixo seu comentário no post!