Você ainda não se esqueceu daquele incrível banho de hotel da última viagem? A  água em alta temperatura, alta pressão. Um jato de ducha direcionado para o seu corpo. Todo prazer e relaxamento que esses momentos podem proporcionar. Você sabia que o grande responsável por isso é o aquecedor a gás para apartamento.

Talvez você já tenha ouvido falar, ou mesmo conheça amigos e parentes que possuem um aquecedor a gás, e já conhece alguns dos seus benefícios. Além disso faz um bom tempo que você vem namorando a possibilidade de ter o seu aquecedor a gás.

Aquecedor a gás para apartamento, conheça as maiores dúvidas:

  • Eu moro em apartamento, como vou ter um banho desses?
  • Será que o prédio onde eu moro tem estrutura?
  • Será que vai ter espaço no apartamento?
  • Qual é o melhor aquecedor a gás e qual o ideal para o meu apartamento?

 Abaixo tentaremos esclarecer várias delas.

O aquecedor a gás vai caber no meu apartamento?

Se você imaginou um aparelho grande, desengonçado, que ocupa muito espaço fique feliz, você está errado. O aquecedor a gás para apartamento é compacto e com o tamanho médio de 50x30x15cm.

Normalmente é instalado na área de serviço, em local ventilado, próximo a uma janela. Fixado na parede, numa altura que você possa ligar, ou desligar, mudar a temperatura, e acessar outros componentes.

A imagem abaixo mostra a instalação do aquecedor a gás em local adequado.

aquecedor_a_gas_para_apartamento
O Aquecedor a gás não precisa de um grande espaço para sua instalação

Por meio dessa imagem você pode ter uma ideia, que não é necessário ter um espaço grande para o equipamento. Os apartamentos estão cada dia mais compactos, mais isso não vai te impedir de ter um aquecedor, se quiser.

O importante é ter uma equipe treinada e experiente para a instalação, que cumpra as normas de segurança e adequação. Empresas qualificadas nesse ramo tem equipes treinadas para estudar seu projeto e garantir o sucesso da instalação.

 

Super Dica: A instalação do aquecedor a gás para o apartamento

 

Uma dica de ouro, para você não ter dor de cabeça, é adquirir o aquecedor a gás de empresas que ofereçam, além do equipamento, a instalação e a manutenção, como um pacote, com tudo incluso. Dessa forma você se cerca de segurança e tranquilidade.

Muitas pessoas compram o aparelho em lojas que não oferecem a instalação ou manutenção, ou pior, empresas que não são credenciadas para esse trabalho. Isso pode sair bem caro no seu bolso, além de muitos transtornos. O ideal é adquirir um aquecedor a gás em locais que garantem a instalação e manutenção do aparelho de forma adequado, seguindo as normas em lei.

Agora você sabe que o aquecedor a gás pode ser instalado no apartamento. Ufa que alívio. Então é hora de descobrir um pouco sobre esse aparelho que é o mais usado nos Estados Unidos e Europa.

O que é um aquecedor a gás?

É um equipamento que aquece a água por meio de uma serpentina que fica dentro do aparelho. A serpentina (trocador de calor) é o local por onde a água passa e é aquecida na temperatura que você escolheu. O processo leva segundos.

Por isso é também chamado de aquecedor de passagem, ou aquecedor instantâneo. A foto abaixo mostra o aquecedor internamente e externamente.

aquecedor_a_gas_para_apartamento
Os melhores aquecedores são de tecnologia japonesa

O aquecedor a gás é um aparelho de alta tecnologia e segurança. Os melhores equipamentos são feitos por empresas de tecnologia japonesa. Há outras com tecnologia japonesa e americana que se uniram para o desenvolvimento de aquecedores que atendam às exigências internacionais de qualidade e segurança . São empresas que lideram o mercado.

Não se esqueça disso quando for adquirir o seu. Comprar de empresas renomadas garante qualidade, durabilidade e principalmente que funcione corretamente para ter seu banho confortável. Aquele de hotel.

 

Aquecedor a gás para apartamento. Qual o ideal?

Aqui você vai descobrir qual aquecedor a gás é mais adequado ao seu apartamento. Existem muitos modelos de aquecedores a gás, para atender públicos diferentes: famílias pequenas, grandes, recém casados, solteiros e outros.

O aquecedor a gás para apartamento mais adequado deve estar em sintonia com seu estilo de vida, isso vai lhe trazer conforto e tranquilidade. Fique atento as informações abaixo. E acerte na hora de obter o seu:

Para isso é necessário que você levante algumas informações quanto a parte estrutural do seu prédio.

O tipo de gás do seu apartamento vai determinar o tipo de aquecedor.

1. Gás Natural ou Gás de Cozinha?

 

Existem aquecedores a gás tanto para GLP (gás de botijão) quanto para o GN (gás natural), também chamado de gás encanado que em São Paulo, é fornecido pela Comgás.

Essa informação é muito fácil de saber. Pergunte ao seu zelador do seu prédio. Verifique no manual de instruções ou junto a construtora do prédio ou ainda pergunte a um vizinho.

Prédios novos, por norma, são obrigados a usar o GN caso a região tenha disponível. Se você já comprou um aquecedor a gás para GLP, e descobriu que seu prédio fornece GN, não se desespere, empresas especializadas fazem a conversão.

O ideal é saber antes de comprar para evitar custos desnecessários. A conversão pode ser feita tanto de um tipo de gás como para outro.

O tipo de gás do seu prédio vai determinar o modelo adequado de aquecedor a gás para apartamento. Existem aquecedores a gás GLP, e aquecedores a gás GN. Os dois funcionam de forma igual, sem diferenças.

Clique no link abaixo e saiba mais sobre gás GL e gas GLP:

Tipos de gás | GLP ou GN – Qual o mais adequado para meu uso? 

 

 

aquecedor_a_gas_para_apartamento
A vazão de água das torneiras e duchas determinam a vazão ideal do aquecedor a gás

2. Duchas e torneiras

Quantas duchas e torneiras aquecidas você vai quer no seu apartamento? Por que essa informação é importante?

  • Cada ducha e torneira tem uma vazão (volume) de água limite. Há duchas com 10 litros por minuto de vazão, o que é a  mais comum. Existem duchas de 10 a 12 litros, de 12 a 14 litros e outras. É você que escolhe qual a  melhor para você. Quanto maior a vazão, maior o conforto do seu banho.

 

  • Essa vazão de água é o volume, ou quantidade de água liberada pela ducha por minuto.  Além disso há duchas com recursos, como jatos mais fortes, com dispositivos para economizar água, outras simulam a queda de uma cachoeira. É o seu gosto que manda na hora de comprar.

 

  • Basta se informar nas descrições técnicas da ducha ou pedir ao vendedor essa informação. No site das empresas de duchas e torneiras também podem ter essa informação, caso não tenho entre em contato com a empresa para sanar as dúvidas.

 

  • As torneiras também uma vazão limite. Elas podem chegar a 3 litros a 5 litros por minuto.

 

Guarde essa informação ela será útil para a aquisição do seu aquecedor a gás.

 

 

aquecedor_a_gas_para_apartamento
Cada aquecedor a gás tem um volume de água limite por minuto

 

3. O volume de água do Aquecedor a gás

Se você comprou uma ducha de vazão de 10 litros mais uma torneira com vazão de 5 litros por minuto, os dois usados simultaneamente liberam 15 litros de água.

Você vai precisar de um aquecedor a gás com vazão mínimo 15 litros de água por minuto para abastecer sua ducha e torneira com água quente.

Os aquecedores a gás tem uma determinada capacidade de fornecer água quente por minuto. Chamamos isso de vazão. Os equipamentos de menor vazão iniciam em 4 litros de água por minuto. Existem os aquecedores de vazão média de 15, e 18 litros, enquanto que os aquecedores de alta vazão podem chegar até 47 litros. E ainda temos a possibilidade de instalar dois ou mais aquecedores em conjunto para fornecer ainda mais água quente.

Essa variedade da capacidade de vazão de água, se dá de acordo com o uso. Se você vai usar uma ducha, e uma torneira com água quente, não vai precisar de uma aquecedor com alta vazão de água. Isso significa menos consumo de água e gás, e o valor do equipamento também é menor. Quanto mais vazão de água você precisar, maior deve ser a capacidade do aquecedor, e maior será o consumo de água e gás.

Dúvidas?

  • E se você não usa as duchas e as torneiras ao mesmo tempo? Nessa caso você deve levar em consideração o que você vai usar ao mesmo tempo. Se for usar apenas um ducha de 10 litros por minuto, um aquecedor de 12 litros de vazão de água por minuto é o ideal.

 

  • Se você usa apenas duas duchas de 10 litros por minuto sem usar a torneira ao mesmo tempo, a vazão simultâneo é de 20 litros por minuto, o aquecedor a gás ideal nesse caso é de pelo menos 20 litros por minuto.

 

  • Sempre leve em consideração as duchas e torneiras que você vai usar ao mesmo tempo.

Faça você o cálculo, é fácil:

  • 3 duchas (10 Litros/min) + 3 torneiras (4 Litros/min cada)= 42 Litros por minuto. Você vai precisar de um aquecedor a gás de pelo menos 43  litros de vazão de água por minuto.

 

  • 1 ducha (8 Litros/min) + 1 torneira (5 Litros/min)= 13 Litros . Nesse caso você precisa de um aquecedor a gás de 14 a 15 litros de vazão por segundo.

 

  • 1 ducha (10 litros)= 10 litros. Aqui é para suprir apenas a ducha, pode ser que você não queira a torneira quente. O aquecedor a gás ideal é de 10 a 12 livros de vazão.

Clique no link e descubra mais sobre a vazão de água:

A vazão de água influencia na escolha do aquecedor a gás?

 

Comprei o aquecedor antes de comprar as duchas. O que fazer?

Agora vamos inverter, e se você comprou o aquecedor a gás primeiro. Um aquecedor de 15 litros de vazão, isso quer dizer que o máximo de água liberada para não comprometer a temperatura da água que sai do seu aquecedor para suprir a ducha e a  torneira é de 15 litros.

Quando você for comprar a ducha e a torneira elas não podem ultrapassar os 15 litros de vazão quando usadas simultaneamente. Passe essa informação ao vendedor. O ideal é comprar as duchas no mesmo local que comprou o aquecedor, para ter uma garantia maior de funcionamento.

Ter um aquecedor a gás é sinônimo de conforto. O que você deve avaliar é o quanto você quer de conforto e custo benefício. Quanto maior a vazão do aquecedor e das duchas maior o conforto e maior o custo de água, e de gás. É você que vai escolher o melhor para seu uso diário. No mercado existem opções para todos o gostos.

 

aquecedor_a_gas_para_apartamento
Aquecedor a gás digital ou mecânico, duas opções para escolher.

4. Aquecedor a gás digital e Aquecedor a gás mecânico

O aquecedor a gás para apartamento ideal pode ser mecânico ou digital. Aqui é uma luta injusta, porque o aquecedor a gás digital é muito superior, em recursos. Mas o importante é avaliar o melhor para o seu conforto.

Veja o vídeo abaixo:

aquecedor_a_gas_para_apartamento
É necessário ter uma pressão da água mínima para ativar o aquecedor a gás

5. Aquecedor a gás e a pressão mínima de água

Outro fator que você precisa saber sobre os requisitos para a instalação do aquecedor a gás, é quanto a pressão da água. Ela influencia no desempenho da ducha e aquecedores. Quanto maior a pressão maior a vazão.

Existe uma pressão mínima para o acionamento dos aquecedores a gás. Normalmente os prédios que possuem estruturas para instalação dos aquecedores já possuem a pressão adequada.

Existe uma exceção muito importante, caso você more no último ou penúltimo andar é quase certo que você vai precisar de um pressurizador para aumentar a pressão da água que chega ao seu apartamento. Por isso é tão importante que você não se esqueça dessa informação ao comprar seu aquecedor a gás. Priorize empresas que façam a venda do pressurizador, com sua instalação e manutenção.

Se quiser saber mais sobre pressão da água, clique no link abaixo:

Pressão da Água | A qualidade e o conforto do seu banho depende dela

Check List: aquecedor a gás para apartamento

Para facilitar sua escolha, veja o check list abaixo com tudo que você precisa saber para escolher o aquecedor a gás ideal para o o seu apartamento.

aquecedor_a_gas_para_apartamento

 

Guia para escolher o aquecedor a gás

Para facilitar ainda mais sua vida também produzimos um Ebook que funciona como um guia rápido e descomplicado de como escolher o aquecedor a gás ideal para sua residência. Para acessá-lo bastar clicar na imagem abaixo:

aquecedor_a_gas_para_apartamento
Clique e baixe gratuitamente o ebook como escolher o aquecedor ideal para sua casa

 

[pt_view id=”52ce646f9a”]

Muitas pessoas se esquecem que o momento de um banho confortável. É nesse ambiente, neste que é um dos menores lugares da casa, que você pode ter momentos de relaxamento.

Está em suas mãos ter um banho único que te proporcione bem-estar e descanso. Depois de um dia duro de trabalho, de cuidar da casa, dos filhos, da volta da faculdade ou mesmo da academia, é o que você merece, um banho confortável.

Confira algumas dicas, e crie você mesmo seu banho confortável.

 

banho_confortavel
Um banheiro bem decorado proporciona bem-estar

1. Banheiro aconchegante para um banho confortável

O banheiro nem sempre tem sua devida atenção, quanto a decoração e a arquitetura. Por ser de uso corriqueiro e prático poucos se importam em deixá-lo mais elegante e confortável em relação a outros ambientes da casa.

Por isso escolha elementos de conforto que tenha a ver com sua identidade. Em outras palavras, deixe o banheiro com a sua cara e da sua família:

Banho confortável pede uma decoração personalizada:

  • Se você gosta de plantas, adicione vasinhos
  • Se gosta de pintura, grafite ou desenho adicione alguns
  • Papel parede com temas leves
  • Adesivos modernos feitos especialmente para este espaço
  • Móveis com cores mais quentes:

Impulsionam a decoração permitindo ao ambiente um toque mais vivo. Unidos a uma iluminação pontual, fornece ao espaço cores, sombras e luzes que permitem a sensação de tranquilidade.

Cuidado não abuse das cores quentes (amarelo – vermelho- laranja) ou seu banheiro pode virar um circo.

  • Pequenos objetos decorativos:

Essa é a dica de ouro da decoração. Os detalhes podem transformar o ambiente com sua particularidade. Divirta-se nesse momento, peça para cada membro da família trazer algo pessoal para dispor no banheiro.

Dessa forma cada um cria um vínculo com o ambiente, proporcionando bem-estar e aconchego. Cuidado pense sempre na uniformidade do espaço, e no objetivo que é conforto visual.

Atenção, tudo com muito critério. Não se esqueça da máxima da decoração: menos é mais.

 

banho_confortavel
Luzes e sombras fornecem uma atmosfera mais tranquila e relaxante

2. Banho confortável está aliado a Iluminação intimista:

Este tipo de iluminação é indireta, a lâmpada não fica evidenciada. É uma luminosidade insinuante e calma.

  • Velas:

Fornecem ao ambiente a sensação de conforto e tranquilidade. Usar iluminação pontual com velas, ajudam a criar um ambiente mais tranquilo.

Servem também como peça decorativa. Duas ou três velas de cores quentes são ideias para deixar o ambiente sofisticado.

  • Leds ou lâmpadas amarelas de baixa potência:

Uma única iluminação branca completa no ambiente vai te deixar em alerta. Este tipo de iluminação serve para outros momentos como fazer a barba, escovar os dentes, maquiagem etc. Para criar um clima de conforto adicione alternativas de iluminação intimista em pontos estratégicos, como espelhos e armários.

O que tem a ver um banheiro bem decorado com o ato de tomar banho? Simples, estamos falando de sensações, de sentir-se bem. Um ambiente agradável que inspire descanso pode lhe preparar para o momento de relaxamento.

 

banho_confortavel
Nada melhor que um bom banho após um dia cansativo de trabalho

3. A hora do banho confortável

Vamos lá, seu banheiro está bem decorado, a iluminação intimista bem disposta. Você está pronto para aproveitar esses poucos minutos e fazer valer a pena.

Então o que esperar de um banho confortável? 

Bom acredito que você quer uma água bem quentinha, com uma grande vazão de água para proporcionar um banho terapêutico. Os chuveiros convencionais pouco podem te ajudar a obter estes recursos, eles possuem vazão de água de 4 a 5 litros por minuto.

As duchas no entanto são qualificadas para assegurar um banho com conforto. Sua vazão de água é maior e ampla. E o jato de água é mais direcionado para o seu corpo. Além disso por terem um design moderno, deixam a decoração do banheiro ainda mais elegante e sofisticada.

Existem diversas duchas com diferentes vazões de água. Duchas de 6 a 60 litros por minuto. A vazão é o volume de água liberada por minuto. Falando em banho confortável, é mais água caindo sobre seu corpo, como uma massagem. Alivia o stress e as dores do corpo. Produz relaxamento.

É o famoso banho de hotel. Você sabe como é gostoso viajar e tomar aquele banho relaxante no hotel. Com muita vazão e pressão que deixam esse momento sempre incrível, ainda mais se for acompanhado.

Os melhores hotéis utilizam duchas para garantir ao seus hóspedes muito conforto e comodidade, exatamente o que se espera de um lugar assim. Mas fique tranquilo com uma ducha, você pode levar esse benefício para sua casa também.

É por isso vamos revelar, mais um segredo para um banho confortável. Segredo que também é usado pelos hotéis. É um complemento para sua ducha.

banho_confortavel
A temperatura ideal da água pode trazer muito conforto para banho

4. Aquecimento da água

Quando você toma um banho confortável no hotel, você pode perceber que a água tem uma temperatura mais quente do que a temperatura do banho diário em casa com o chuveiro. Isso acontece porque a ducha, diferente do chuveiro, recebe a água já aquecida e distribui amplamente.

O chuveiro tem uma resistência para aquecer a água, isso faz com que tenha uma vazão menor de água e temperaturas de aquecimento limitadas. Na ducha você pode, se quiser, regular a temperatura de acordo com seu gosto, o que deixa o banho mais prazeroso e personalizado.

Como a ducha recebe a água aquecida?

Isso acontece por meio do aquecedor a gás. Este equipamento é um recurso tecnológico usado em grande escala tanto na Europa como nos Estados Unidos.  A água passa por um sistema de serpentina, entrando em processo de aquecimento. Se você está imaginando um aparelho enorme, está enganado. São compactos e ficam bem escondidos na lavanderia do apartamento.

No aquecedor a gás digital você pode decidir a temperatura ideal. É você que personaliza seu banho. Além disso você pode mudar diretamente na ducha, acrescendo água fria caso queira diminuir a temperatura.

O Aquecedor a gás pode aquecer as torneiras da casa, e claro a do banheiro também. Acordar cedo num dia frio com água quente é sinônimo de muito conforto e comodidade. Existem diversos tipos de aquecedores a gás, para residências, casas de campo e chácaras. Para ambientes com mais de dois chuveiros, assim como apartamentos. Nesse caso é importante lembrar que os apartamentos novos já  possuem toda infraestrutura para instalação.

Espero que este artigo possa te dar ideias e sugestões de como ter uma banho mais agradável.

Se você interessou pelo aquecedor a gás descubra mais neste artigo:

Aquecedor a gás para Apartamento: Tudo que você precisa saber para ter um

 

 

[pt_view id=”e1df4823k0″]

 

Tomar banho. Aquele momento tão esperado do dia. Você chegou na sua casa ou apartamento após ter dado um duro o dia todo. Ter matado o leão como dizem por aí. Caiu no sofá da sala, e a única coisa que veio a sua mente foi: – quero tomar um bom banho.

Tomar banho para os egípcios, há mais de 2000 anos, era um ato sagrado. Uma forma de purificar o espírito. A ideia de tomar banho apenas como uso higiênico limita a oportunidade de fazer desse momento algo terapêutico e revigorante para o corpo e a alma.

Você já parou para pensar se realmente está tomando um bom banho? Esse momento tem sido de bem-estar na sua vida? Seu banho lhe proporciona conforto e alívio?

Confira agora se você está deixando esse momento tão importante do seu dia de lado.

 

Banheiro com o visual desinteressante e sem decoração

tomar_banho
Um banheiro mal decorado não estimula a sensação de bem-estar

Muitas pessoas, deixam a decoração do banheiro em último lugar. Escolhem um bonitinho piso para o banheiro, vasos e pias que combinem e pronto.  Tratam o banheiro como um momento corriqueiro do dia a dia, sem muita importância.

O ambiente favorece ou perturba nossa sensação de conforto. Pode transformar o seu humor, seu bem-estar e proporcionar satisfação ou não.

Quando o banheiro não tem vida, você quer sair e entrar rapidamente. Banheiros com aspectos frios, possuem uma decoração excessivamente clean.  Não existem componentes pessoais no banheiro, como quadros, flores, objetivos de arquitetura. Iluminação intimista ou mesmo adesivos decorativos com temas de identidade pessoal, temas que você gosta.

 

Tomar banho em Banheiros tumultuados

 

tomar_banho
A bagunça no banheiro passa uma sensação de desconforto

Esses são transformados em depósitos. Você encontra de tudo. A desorganização é total. Você também quer entrar e sair rapidamente. O piso tem cores diversas, misturadas e gritantes, como marrom, rosa e vermelho. Tapetes em excesso. Shampoos, condicionadores e cremes espalhadas no box, muitos até vazios. Isso causa incômodo, e torna o banho desconfortável. Imagine tomar banho neste bagunça.

 

 Tomar banho em Banheiro com iluminação excessiva

 

tomar_banho
Banheiro com iluminação forte não permite a sensação de descanso na hora do banho

Banheiro com Iluminação direta e intensa causa stress. Deixa o corpo em alerta. É exatamente o contrário do que deve proporcionar o momento do banho. Além de estimular a irritação e o desconforto visual. Um banheiro com uma única iluminação no teto, não irá proporcionar um ambiente agradável na hora do banho.

 

Uso de sabonetes, shampoos e condicionadores comuns na hora de tomar banho

 

tomar_banho
Produtos de beleza que servem apenas para a higienização não trazem conforto no banho

Como assim? Não devo usar sabonetes, shampoos e condicionadores? Se você deseja tomar banho com conforto, esse não é o melhor caminho. Esses produtos comuns podem até servir para sua higienização, mas não despertam seus sentidos por meio do cheiro, da textura. Não cuidam da pele, dos pelos, cabelos, de forma a proporcionar frescor, aroma, e o aconchego tão importante para um bom banho.

 

Tomar banho de chuveiro elétrico

 

tomar_banho
O chuveiro elétrico tem vazão de água limitada

Este é o grande vilão na hora de tomar banho. Pode parecer que não, mas o chuveiro elétrico não foi feito para quem deseja ter um banho confortável.

Sua vazão de água reduzida não oferece a sensação de massagem por meio da queda d´água. Isso porque a pressão do chuveiro é baixa. Além disso a maioria dos chuveiros não possuem inclinação regulável. Seu cano fica preso na parede e por isso a água cai em pé, ou seja, o chuveiro não fica virado para quem está tomando banho.

Você já teve aquela sensação que apenas uma parte do seu corpo está recebendo água e outra não, uma parte está quente outra fria. E tem mais, o chuveiro é limitado quanto a temperatura, são apenas três: quente, morno e frio, ou seja, você não consegue personalizar a temperatura da água como você deseja, de acordo com seu gosto.

A maioria dos chuveiros não possuem pressão da água. Fator que determina o conforto e a qualidade do seu banho e o quanto vai proporcionar de descanso e relaxamento. Se o seu banho não fornece a possibilidade de pressão forte, temperatura e queda d’água personalizadas a sua preferência, o seu conforto no banho está infelizmente comprometido.

Em busca do banho ideal  

Na correria do dia-a-dia muitas vezes acabamos negligenciando nosso conforto e isso acaba impactando na nossa qualidade de vida. Viver bem muitas vezes é uma escolha pessoal de boas práticas. De escolher o melhor para você e sua família.

Se você ao ler este artigo se identificou, não perca tempo e descubra como ter um banho confortável lendo esse artigo que separamos para você.  

Banho confortável: 4 dicas para transformar completamente seu banho

tomar_banho
Saiba como ter um banho confortável na sua casa ou apartamento

 

[pt_view id=”cf03bf0bmr”]

Aqui na Aquecenorte temos um canal aberto com nossos clientes para que possam sanar dúvidas ou relatar qualquer dificuldade com seus aquecedores. Como já dissemos antes, os aquecedores a gás (em especial os digitais) são equipamentos muito confiáveis e a maioria dessas dificuldades acontecem simplesmente por falta de conhecimento.

Na maior parte dos casos conseguimos resolver os problemas com uma simples orientação por telefone. Por isso resolvemos escrever esse artigo para te ajudar com alguma eventualidade.

Confira abaixo a lista com os erros mais comuns e saiba o que fazer:

1. Aquecedores a gás desligam no meio do banho

Aquecedores_a_gas

Não exibe código de erro

Esse é o problema mais recorrente que recebemos. E talvez o mais desagradável. Ninguém merece receber aquela água fria no meio do banho.

Não se trata de um defeito no aquecedor em si e sim com a hidráulico. Na verdade um desequilíbrio hidráulico.

  • Causa: Desequilíbrio hidráulico – a água fica frio ou morna. Temperatura desconfortável

Em alguns casos o aquecedor não chega a desligar durante o banho. A temperatura fica variando bastante, com ondas de água morna ou fria, tornando o banho bastante desconfortável.

Como dito anteriormente, a causa é um desequilíbrio hidráulico. O que acontece é o seguinte: a água fria, que naturalmente possui uma pressão maior que a água quente, acaba dominando o encanamento e bloqueando a passagem da água quente que vem do aquecedor.

Como o aquecedor a gás aciona somente com a passagem da água (por isso seu nome oficial é aquecedor de passagem) ele entende que o registro foi fechado e desliga.

Nos casos, onde ao invés de desligar completamente a temperatura fica oscilando. A única diferença é que a água fria não bloqueou completamente a passagem da água quente. Ora passa mais água quente, ora menos. Isso causa aquela variação repentina no banho.

Ok, mas como corrigir?

É bem comum as pessoas configurarem seu aquecedor a gás com uma temperatura mais alta que a confortável (ás vezes muito mais alta mesmo, algo em torno de 50, 60 graus) e depois acertarem a temperatura confortável do banho abrindo o registro da água fria.

Essa não é a melhor forma de utilizar o aquecedor. Quanto maior a temperatura configurada no aquecedor, mais água fria será necessário para esfriá-la.

O ideal é regular no próprio aquecedor uma temperatura confortável pro seu banho, assim você não vai precisar misturar água fria, em especial no caso dos aquecedores digitais que possuem um display eletrônico onde é possível colocar a temperatura exata.

É bem comum que cada morador da residência prefira seu banho com uma temperatura diferente. Nesses casos, pra você não ter que ficar mexendo no aquecedor a cada banho, deixe a temperatura apenas 1 ou 2 graus acima da ideal. Assim misture apenas um pouco de água fria e cada pessoa atingirá a temperatura de preferência sem causar esse desequilíbrio hidráulico que tanto citamos.

Isso costuma ocorrer em especial com os aquecedores mecânicos, que são mais trabalhosos de regular a temperatura. Sempre que possível procure usar pouca mistura de água fria. Além de evitar problemas você vai poupar na conta de gás e água.

Mas e se você, já não mistura água fria e mesmo assim isso está ocorrendo?

Outra situação bastante comum que também causa o desequilíbrio hidráulico que faz seu aquecedor desligar é se o registro da ducha higiênica (aquele chuveirinho que fica do lado do vaso sanitário) estiver aberto.

  • Causa: Desequilíbrio hidráulico – registro aberto

A maioria das pessoas não costuma fechar o registro em si, apenas deixa o gatilho fechado. Não vai sair água, mas como o registro está aberto a água fria (que compartilha a mesma tubulação) impedirá a água quente de passar do mesmo jeito.

Isso também pode ocorrer com registros gerais abertos de banheiros desativados. Talvez você tenha aquele banheiro de empregada que ninguém usa. Em ambos os casos é só manter o registro fechado.

Então não custa você verificar se todos os registros estão fechados. Assim você economiza na visita técnica onde o profissional vai até o local só pra fechar o registro. Acredite, isso acontece muito.

Esse problema é tão comum que fizemos um artigo somente para ele, aprofundando mais em suas causas e possíveis soluções. Você pode acessa-lo clicando aqui!

2. Aquecedor a gás não liga: Falta de Gás

Abaixo os códigos que aparecem no painel do seu aquecedor digital quando ocorrer falta de gás:

Código 11: Rinnai, Bosch, Harman, Yume e Rheem (fabricação japonesa)

Código E1: Lorenzetti, Sakura, Komeco, Orbis e Rheem (fabricação chilena)

 

Talvez você não acredite, mas falta de gás também é um problema bem comum. Como você já deve ter notado esse é mais um daqueles problemas que não é do aquecedor em si.

  • Causa: Registro de gás fechado

Na maioria das vezes se resume a um simples registro fechado, mas suas causas podem variar. Às vezes é só um problema de fornecimento da empresa de gás (aqui em São Paulo a Comgás) ou pode ser uma falha na estrutura do prédio, com o registro geral fechado.

Caso seu aquecedor apresente o código 11 ou E1 comece verificando o registro de gás do próprio aquecedor, depois verifique o registro geral do apartamento (se tiver). Se os dois estiverem abertos é hora de checar os registros do prédio, entre em contato com seu zelador.

Um jeito prático e descomplicado de verificar se o gás tá chegando na sua residência é tentar ligar seu fogão.

Fique atento para o fato que não é incomum as empresas fornecedoras de gás selarem os registros individuais de gás de apartamentos novos ou que ficaram algum tempo parados, sem moradores.

Nesse caso é só entrar em contato com a empresa para reabertura do registro. Aqui em São Paulo a empresa responsável pelo fornecimento de gás é a Comgás.

Aquecedores_a_gas
Aquecedores a Gás

3. Aquecedor desliga depois de um tempo: Insuficiência de Gás

Abaixo os códigos que aparecem no painel do seu aquecedor digital quando ocorrer insuficiência de gás:

Código 12: Rinnai, Bosch, Harman, Yume e Rheem (fabricação japonesa)

Código E1: Lorenzetti, Sakura, Komeco, Orbis e Rheem (fabricação chilena)

 

É um problema similar ao anterior, a diferença é que nesse caso o gás chega até o aquecedor, em uma quantidade inferior ao necessário para seu funcionamento.

  • Causa: fornecimento do gás limitado

Nas versões GLP (gás de botijão) acontece quando o gás está no final ou se o medidor de gás instalado não estiver bem dimensionado. Se o botijão de gás estiver cheio então é certeza que o problema está no dimensionamento dos registros e medidores.

Se for o seu caso entre em contato com profissionais qualificados para fazer o redimensionamento correto da sua casa.

Em aquecedores GN (gás natural) o problema pode ser com a baixa pressão do gás. Nesses casos somente a empresa fornecedora de gás pode te ajudar. Verifique quais são as empresas responsáveis pela sua região e entre em contato.

Caso você tenha dúvidas a respeito de tipos de gás temos um artigo que pode te ajudar. Você pode acessa-lo clicando aqui!

 

4. Aquecedor aciona depois desliga: Problema na Rotação da Ventoinha

Abaixo os códigos que aparecem no painel do seu aquecedor digital quando ocorrer problemas de rotação de ventoinha.

Código 90: Rinnai, Bosch, Harman, Yume e Rheem (fabricação japonesa)

Código E8: Lorenzetti, Sakura, Komeco, Orbis e Rheem (fabricação chilena)

 

Esse problema ocorre quando a ventoinha, responsável pela expulsão do monóxido de carbono, começa a ter mais esforço para girar, perdendo eficiência. Assim, o monóxido que não é expulso acaba se acumulando no aquecedor e causa um superaquecimento. Por segurança o aquecedor desliga.

  • Causa: falha na ventoinha que gera acúmulo de monóxido de carbono

A origem mais comum dessa falha é a sujeira, que se acumula na ventoinha e dificulta sua rotação. Dependendo do tempo do aquecedor e a intensidade com que é usado pode ocorrer também pelo desgaste natural da peça.

No primeiro caso somente a manutenção preventiva elimina o problema, já no segundo é necessária a substituição do componente. Independentemente da situação é importante contratar apenas empresas autorizadas para realizar a manutenção do seu aquecedor a gás.

Vale ressaltar uma curiosidade sobre essa dificuldade com a ventoinha: é mais comum ocorrer durante o inverno. As temperaturas estão mais baixas e o aquecedor tem que se esforçar muito mais pra entregar a temperatura desejada (que no frio já costuma ser um pouco mais alta).

Agora uma dica se você tiver uma secadora de roupa no mesmo ambiente que o aquecedor a gás:

  • Causa: películas de roupas

A secadora solta muita das películas da roupa. Essas películas por sua vez invadem o aquecedor causando o problema que descrevemos acima. Uma maneira bastante simples de resolver essa dificuldade é instalar um filtro na secadora. Esse filtro pode ser feito com uma meia-calça e uma braçadeira.

Simples, barato e evita muita dor de cabeça.

Outros códigos relacionados a problemas com a ventoinha:

Código 61 – Conector solto ou problema com a ventoinha:

Marcas: Rinnai, Bosch, Harman, Yume e Rheem (fabricação japonesa)

Código 99 – Ventoinha com torque elevado ou sujeira no circuito de ar:

Marcas: Rinnai, Bosch, Harman, Yume e Rheem (fabricação japonesa)

Aquecedores_a_gas
Aquecedores a Gás

Aquecedores a Gás: Equipamentos Confiáveis

Como você deve ter notado lendo a lista acima a maioria dos problemas não são do equipamento em si. E uma boa parte deles é causado pelo acúmulo natural de sujeira.

Isso demonstra que os aquecedores a gás, em especial as versões digitais que são as mais atuais e sofisticadas, possuem uma durabilidade muito alta. E um baixo índice de manutenção, se forem usadas de maneira correta.

Caso você tenha tentado alguma solução demonstrada acima e mesmo assim seu equipamento continue apresentando problemas de funcionamento é indicado que você entre em contato com uma empresa autorizada pelo fabricante do seu aquecedor. Não tente limpa-lo ou substituir peças por conta própria. Além de sacrificar sua garantia de fábrica você pode estar colocando a sua saúde e da sua família em risco.

Assistência Técnica Autorizada em São Paulo para Aquecedores a gás

Escrevemos esse artigo com o objetivo de ajudar as pessoas com problemas bem comuns (e muitas vezes simples) em seus aquecedores a gás. Mas talvez o problema do seu aquecedor a gás seja mais complexo que isso e necessite da visita de um técnico especializado.

Caso esteja em São Paulo ou arredores, como Guarulhos ou ABC Paulista, podemos te ajudar. Somos assistência técnica autorizada dos aquecedores a gás das marcas Rinnai, Rheem, Bosch e Orbis!

Para solicitar nossa assistência técnica autorizada é só preencher o formulário abaixo que um dos nossos técnicos entrará em contato para entender melhor seu caso e marcar uma visita!

Comentários sobre Aquecedores a Gás

Recebemos muitos comentários com dúvidas a respeito de problemas com aquecedores a gás. E sempre tentamos ajudar nossos leitores da melhor forma que conseguimos. Mas para fazer isso de maneira assertiva precisamos do máximo de informação possível.

Então quando for deixar seu comentário com uma dúvida sobre o problema que está tendo com o aquecedor a gás, além de descrever os sintomas, escreva também a marca, modelo e tipo de gás do aquecedor a gás, e quaisquer informações adicionais que achar relevante.

Via de regra você encontrará informações como marca e modelo em um adesivo na lateral direita dos aquecedores a gás.

A manutenção preventiva dos aquecedores a gás são a revisão geral e a limpeza do equipamento. Como o nome sugere, é um serviço realizado no equipamento para evitar problemas futuros. O que poucas pessoas sabem é que, em alguns casos, a manutenção preventiva também pode corrigir alguns problemas com o aquecedor a gás.

Nessa postagem citaremos alguns desses problemas que a manutenção preventiva pode tanto evitar, quanto corrigir.

 

Manutenção Preventiva em Aquecedores a gás digitais

No caso dos aquecedores a gás digitais é fácil identificar o problema e sua possível solução, pois todos os modelos exibem o autodiagnóstico em seu display na forma de códigos. Chamados de código de erro que podem variar um pouco de acordo com a marca e o modelo do aquecedor a gás.

Muitas vezes esses códigos de erro são confundidos com uma mudança repentina na temperatura. No entanto o indicador de que não se trata da temperatura é o fato desse número ficar piscando.

 

Código 90

Marcas: Rheem (fabricação japonesa); Rinnai; Yume; Bosch e Harman

Esse código está relacionado as seguintes situações:

  • problemas de exaustão;
  • obstrução do trocador de calor;
  • ventoinha e/ou filtro de entrada de ar.

Na prática, a grande maioria desses problemas são causados pelo acúmulo de resíduos no aquecedor. Em outras palavras: sujeira.

Por isso que a manutenção preventiva é recomendada tanto para evitar que seu aquecedor a gás apresente o código 90 quanto para corrigi-lo.

manutencao_preventiva
Aquecedor a Gás Digital parcialmente desmontado

Marcas: Rheem (fabricação japonesa); Rinnai; Bosch e Harman

Este código de erro é bastante similar ao código 90, mas ao invés de acontecer antes de ligar a chama, o código 99 indica um problema depois de ligar a chama.

Também é um problema causado por sujeira. Assim a manutenção preventiva, que consiste na verificação geral e limpeza do aquecedor, costuma resolver a grande maioria dos casos.

 

Código 1L

Marcas: Rheem (fabricação japonesa)

Esse código só é exibido em aquecedores Rheem de fabricação japonesa. Ele diz respeito à obstrução interna da serpentina causado por carbonatos ou outros minerais que acabam diminuindo e/ou restringindo a passagem de água.

Com a limpeza executada na manutenção preventiva esse problema é solucionado.

 

Código 10

Marcas: Rinnai

O código de erro 10 é referente a problemas com a ventoinha ou a obstrução do fluxo.

A manutenção preventiva costuma solucionar problemas envolvendo a ventoinha, já que em sua maioria a causa é sujeira.

 

Código 14

Marcas: Rinnai

O código 14 consiste normalmente em um problema com fusível de temperatura ou termostato. Ocorre especialmente em casos de uso comercial, onde a demanda é muito maior e as aletas, responsáveis pela condução da água através da câmera de combustão, ficam obstruídas e causem um superaquecimento.

Nesse caso específico a manutenção preventiva resolve o problema.

manutencao_preventiva

Código 61

Marcas: Rinnai

Essa ocorrência envolve a ventoinha. Porém dessa vez é referente a um conector solto ou rompido.

A manutenção preventiva corrige e também previne esse problema já que uma revisão geral é feita em todo equipamento, verificando cabos e conectores.

 

Código E5

Marcas: Rheem (fabricação chilena)

Este código alerta para falhas na pressão do vento. Sendo um sinal de problema na ventoinha.

É bem comum que a ventoinha acumule muita sujeira o que acaba comprometendo sua rotação. Se for o caso, a limpeza da manutenção preventiva desobstrui a ventoinha que volta a rotacionar de maneira correta.

manutencao_preventiva
Ventoinha Suja X Limpa

Código E2:

Marcas: Lorenzetti

O problema que esse código acusa é muito parecido com o Código E5 dos aquecedores Rheem. É uma falha na ventoinha, normalmente causada por sujeira.

 

Manutenção Preventiva em Aquecedores a gás mecânicos

Apesar de alguns modelos de aquecedores a gás mecânicos possuírem display digital, responsáveis por mostrar limitadas informações como temperatura, diferente dos aquecedores digitais, nenhum deles possui a função de autodiagnóstico.

Por esse motivo a manutenção preventiva é ainda mais importante no caso dos aquecedores mecânicos. Já que seus problemas são mais difíceis de identificar.

Sintomas

Chama alaranjada

Um dos poucos sinais prévios que os aquecedores mecânicos possuem de que não estão funcionando corretamente é a coloração da chama. Por isso praticamente todos os modelos possuem um visor frontal onde você pode verificar isso com facilidade quando o aquecedor estiver em funcionamento.

É importante que a coloração da chama seja sempre azulada. Isso demonstra que a queima está ocorrendo de maneira correta.

Se seu aquecedor tiver uma chama alaranjada é sinal de que algo está errado. Nesses caso a manutenção preventiva costuma resolver.

De qualquer maneira se a chama do seu aquecedor não estiver azulada é importante que você procure uma assistência técnica autorizada para verificar isso.

 

Manutenção Preventiva nas Duchas e torneiras

A manutenção preventiva também pode ajudar no funcionamento correto das duchas e torneiras da sua residência.

Sintomas

A diminuição de vazão em duchas e/ou torneiras específicas.

Esse problema costuma acontecer por conta da sujeira que se acumula nas duchas e torneiras com o uso. A manutenção preventiva,  inclui a limpeza das duchas e torneiras alimentadas pelo aquecedor a gás.

 

A importância da Manutenção Preventiva

Vale frisar que todos os fabricantes de aquecedores a gás recomendam enfaticamente que essa manutenção seja feita a cada ano no caso de uso residencial e a cada seis meses para o uso comercial.

Isso prolonga a vida útil do aquecedor e, como visto nessa postagem, podem evitar vários aborrecimentos que sempre costumam acontecer quando mais precisamos.

Ficou com dúvida sobre o que é exatamente feito nesse tipo de serviço? Nesse artigo listamos tudo que fazemos. Acesse clicando aqui!

E você, a quanto tempo não faz uma manutenção preventiva no seu aquecedor?

 

[pt_view id=”e1df4823k0″]

 

Aquecedor a gás, muita gente já ouviu falar das vantagens de ter um casa, mas fica com receio de fazer a instalação do equipamento. As dúvidas são referentes à segurança, gastos, instalação e até mesmo ao próprio funcionamento do aquecedor.

No Brasil, cada vez mais pessoas optam pelo equipamento de aquecimento de água a gás e ficam satisfeitas com a comodidade. O uso desses aparelhos já é comum nos Estados Unidos, Japão e países da Europa. Neste artigo, vamos esclarecer 8 vantagens de se instalar um aquecedor a gás na sua casa. Acompanhe:

1. Você terá um banho quente e relaxante com o aquecedor a gás

Nada mais gostoso do que chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalho e poder tomar um banho de qualidade! Água com bastante pressão, vazão constante e bem quentinha você só consegue com um sistema de aquecedor de água a gás.

aquecedor_a_gas
Garantia de banho quente

Ao contrário do chuveiro elétrico, um banho com ducha aquecida a gás traz muito conforto. Sem exageros, podemos dizer que é um banho de um hotel cinco estrelas! Você e sua família merecem! Você sabia que um banho quente de qualidade faz bem para a saúde? Relaxa os músculos, além de regenerar a nossa pele, eliminando as células mortas.

O aquecimento a gás permite que a água da sua ducha atinja temperaturas mais altas e em grande volume em comparação com o chuveiro elétrico. Esse é um fator que deve ser considerado nos dias mais frios de inverno em que o desempenho do chuveiro elétrico é bastante ruim!

Aposto que você já vivenciou a experiência de ter que tomar banho com uma vazão pequena para conseguir a água na temperatura mais quente em dias mais frios. Não é nada agradável!

Banho quente sempre

Outro benefício do aquecimento a gás é a garantia de ter sempre um banho quente, mesmo se a sua casa ficar sem energia, como em dias de temporal, por exemplo.

E você não precisa se preocupar com o funcionamento do equipamento: ele aciona sozinho, de forma automática, na hora que você quiser a água quente.

2. Você terá água quente também nas torneiras

Ao instalar um aquecedor a gás na sua casa, não é só a sua ducha que terá água quentinha! Você pode ter água quente nas torneiras também, para lavar o rosto logo cedo é um conforto e tanto! De manhã ainda está frio e ninguém merece ter que lavar o rosto com água gelada, não é mesmo?

Na torneira da cozinha, ter água quente ajuda e muito na limpeza da louça porque fica bem mais fácil a remoção de gordura de seus utensílios. Além disso, nos dias frios ninguém vai ter que por a mão na água fria na hora de lavar pratos e panelas!

Aparelho atende vários pontos da sua residência

Se você tiver vários pontos de água quente, como torneiras, banheira e até mais de um chuveiro, a tecnologia do aquecedor a gás consegue atender toda a sua demanda. Dessa forma, ninguém precisa ficar esperando outra pessoa terminar o banho para poder ligar seu chuveiro.

aquecedor_a_gas
Água quente em vários pontos da sua casa

O único cuidado é procurar uma revenda especializada antes de comprar, escolhendo um equipamento com a capacidade para todos os pontos da sua casa ou apartamento!

3. Sua conta de energia vai diminuir usando o aquecedor a gás

Todo mundo sabe que o vilão da sua conta de energia é o chuveiro elétrico. O aparelho responde por um quarto do total de gastos de energia da sua casa!

Com um aquecedor a gás você pode tomar banho sem se preocupar com a conta de luz no final do mês.  O preço do gás é barato no Brasil em comparação com a energia elétrica. Em uma família com quatro pessoas, por exemplo, a economia com o aquecimento de água a gás é grande.

O gasto é mínimo

A energia que você vai consumir com o aquecedor a gás é somente para o acionamento e dispositivos de segurança, ou seja, o gasto é muito pequeno.

Então, mesmo que você ainda considere alto o custo com a instalação, saiba que você terá contas de energia mais baratas com um aquecedor a gás. Faça os cálculos e verá a economia que vai fazer, além de trazer mais conforto para sua vida!

4. Fique tranquilo: não é necessário ter um espaço grande para a instalação do aquecedor a gás!

Os aquecedores de água a gás podem ser instalados em casa ou apartamentos, mesmo os menores, já que o equipamento não vai ocupar muito espaço. Os aparelhos não são grandes, possuem um design moderno e seu peso não ultrapassa os 20 kg.

O lugar de instalação geralmente é na parede da sua lavanderia, ou seja, um local mais escondido da sua casa. Em caso de manutenção, o aquecedor de água a gás pode ser retirado com facilidade.

Ao decidir comprar um aquecedor a gás, escolha uma empresa especializada. Você receberá a orientação necessária para saber o que precisará ser feito na hidráulica da sua casa, já que o aquecedor de água a gás precisa ter uma tubulação para a água fria e outra para a água quente, além da tubulação para o gás. Em condomínios de apartamentos mais novos, certamente já terá toda essa infraestrutura para a passagem de gás.

Mas não se preocupe: uma equipe especializada realiza todas as mudanças para você desfrutar desse sistema de aquecimento de água.

5. Aquecedor a gás possui um funcionamento simples

A tecnologia torna muito fácil o manuseio do aquecedor a gás. No mercado, as versões mais atuais são digitais, ou seja, possuem um display com todas as informações sobre seu funcionamento.

Mesmo quem não tem muita facilidade com aparatos tecnológicos, se sentirá bastante à vontade com um modelo digital. No display, torna-se fácil monitorar a temperatura da água, vazão, número de vezes em que o equipamento foi acionado, dentre outras funções.

Você sabia que o display aponta até algum problema com o aparelho? Isso mesmo: caso algo não esteja funcionando bem, ele mostra um código de erro, tornando fácil a solução.  Vamos reforçar aqui que somente um técnico especializado pode fazer a manutenção.

6. Você estará adquirindo um equipamento durável

Os aquecedores de água a gás têm uma alta durabilidade! As versões digitais podem durar de 15 a 30 anos! Os modelos de funcionamento mecânico têm vida útil de 8 a 10 anos.

Porém, para aproveitar ao máximo a durabilidade do seu equipamento, é necessário realizar a manutenção todos os anos. É uma ação preventiva em que um técnico especializado realiza a limpeza do seu aquecedor a gás e faz a verificação minuciosa de todos os componentes, como os sensores de segurança.

Quando se pensa no chuveiro, por exemplo, você não precisará se preocupar com a troca periódica da resistência como acontece no chuveiro elétrico.

7. Os aquecedores a gás são bastante seguros

Muitas pessoas têm medo do sistema de aquecimento a gás por conta de vazamentos e intoxicações por monóxido de carbono. Fique tranquilo: a tecnologia desses equipamentos garante a sua segurança, visto que eles possuem um sensor corta gás, caso seja necessário.

Você tem receio do choque elétrico com o chuveiro que funciona com a energia elétrica? Pois bem, com o aquecedor a gás você não corre mais esse risco.

Tecnologia de ponta

Como dissemos acima, os aquecedores a gás são amplamente utilizados no exterior. Os consumidores brasileiros podem ficar tranquilos porque a tecnologia daqui é similar a dos equipamentos utilizados nos Estados Unidos, Europa e Japão.

A dica é escolher um aparelho que atenda todos os pontos de água quente da sua casa. Uma revenda especializada em aquecedores a gás vai fornecer as orientações necessárias para que você adquira o melhor produto.

Ao decidir pela compra do seu equipamento, escolha um de marcas consagradas no mercado e de revendedores especializados, que realizam a venda com garantia para que você fique tranquilo.

Aquecedor a gás digital

Os equipamentos mais modernos de aquecimento de água a gás são digitais, trazendo bastante comodidade para o consumidor. Apresentam display digital e alguns são operados por controle remoto, ou seja, você pode controlar a temperatura da água a uma certa distância. Faça uma pesquisa entre as marcas e descubra os diferenciais de cada uma.

Certificação do Inmetro

aquecedor_a_gas
aquecedor-a-gas-aquece-norte

Todos os aquecedores a gás vendidos no mercado nacional possuem a certificação do Inmetro, o que atesta sua segurança. Por isso, só adquira aparelhos certificados! O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) coloca ainda um selo de eficiência energética que vai de A a G, sendo o “A” considerado como mais eficiente. Você compra o equipamento já sabendo que o gasto com energia será pequeno!

Segundo a ABAGAS, Associação Brasileira de Aquecimento a Gás, para garantir a segurança do aparelho de aquecimento a gás, a instalação e manutenção regular dos equipamentos devem ser feitas por profissionais habilitados e credenciados e de acordo com as normas técnicas.

8. Você estará cuidando do meio ambiente

Ao optar por um equipamento que reduz o consumo de energia elétrica, você automaticamente passa a ter uma atitude sustentável. Sabemos o quanto a geração de energia por usina hidrelétrica e principalmente termelétrica causa danos ao meio ambiente!

Você pode questionar quanto ao gasto de água para o aquecimento de água. É uma dúvida pertinente quando se trata de aquecedores a gás. Porém, de acordo com a ABAGAS, Associação Brasileira de Aquecimento a Gás, para evitar o desperdício de água é só optar por duchas de menor vazão. Além disso, realize o ajuste correto da temperatura da água de acordo com o clima. Assim, você evita o uso de muita água fria para diminuir a temperatura de um banho que está quente demais.

Está construindo ou deseja fazer modificações na sua residência, escolha instalar um sistema de aquecimento a gás. O conforto de um banho quente e relaxante em qualquer situação, bem como água quente nas torneiras faz toda diferença no seu dia a dia e da sua família. Além de reduzir os gastos na sua conta de energia!

Para você não esquecer listamos aqui as oitos vantagens:

  • Banho quente e relaxante
  • água quente nas torneiras
  • reduz os gastos com conta de energia
  • pequeno espaço para instalação do equipamento
  • fácil de operar
  • alta durabilidade
  • alta segurança
  • reduz impactos no meio ambiente

Entre em contato com a Aquecenorte e conheça os tipos de aquecedores a gás. A empresa trabalha com as melhores marcas e uma equipe especializada! Faça um orçamento sem compromisso!

Esclarecemos todos os pontos sobre os aquecedores de água a gás? Se tiver outras dúvidas em relação a esses equipamentos, deixe abaixo seu comentário no post!

 

[pt_view id=”52ce646f9a”]

 

Vazão de água é o primeiro fator que devemos analisar na hora de adquirir um aquecedor a gás. Ela diz respeito a capacidade do equipamento em fornecer água quente, ou seja, quantos litros de água quente por minuto o equipamento consegue fornecer. Esse valor pode variar bastante dependendo do tipo, modelo e marca.

Os modelos de aquecedores mecânicos costumam variar de 7 a 20 litros de vazão de água por minuto. Já os aquecedores digitais variam de 12 a 46 litros por minuto. Abaixo explicaremos como você pode dimensionar a capacidade certa de um aquecedor a gás para sua casa:

 

Dimensionamento

vazao_de_agua
É importante saber a quantidade de torneiras com água quente

Vazão de água, você sabe qual a ideal para você?

Isso vai depender do tipo e da quantidade de pontos de água quente você tem na sua casa. E quando estamos falando de residências, os tipos de pontos de água basicamente se resumem a duchas e torneiras.

Para simplificar, costumamos começar pela quantidade de banheiros, já que o aquecedor a gás é usado principalmente para o aquecimento da água de banho. Assim sabemos a quantidade de duchas.

Uma ducha costuma ter em média 10 litros de vazão de água por minuto. Como muitas residências também possuem torneiras de lavabos e pias com água quente, também precisamos calcular a vazão das torneiras. Torneiras padrões costumam ter cerca de 4 litros por minuto de vazão.

Conclusão: sabendo a quantidade de pontos de água e sua vazão correspondente fica fácil saber qual a capacidade do aquecedor a gás ideal para sua casa.

 

Exemplo:

Um apartamento com 1 banheiro + 1 lavabo com água quente vai precisar de um aquecedor com pelo menos 14L/min de vazão de água.

  • 1 ducha (10 l/min) + 1 torneira (4 l/min cada) = 14 litros por minuto.

Simples, não?

 

Simultaneidade

vazao_de_agua
É preciso saber a vazão de cada ducha usadas simultaneamente

Na fase de dimensionamento (quando você está calculando qual a capacidade correta para seu aquecedor a gás) é muito importante levar em conta qual será o uso simultâneo dos pontos de água quente.

Será que na sua casa as duas duchas serão usadas ao mesmo tempo? E as torneiras? Será que enquanto alguém toma banho uma segunda pessoa vai lavar louça com água quentinha?

Se a sua casa possui 3 banheiros, mas só 2 serão usados simultaneamente, não tem porque investir em um aquecedor que suporte os 3. A não ser, é claro, que futuramente você preveja o uso do terceiro banheiro simultaneamente com os outros dois.

Calcule apenas o que de fato você e sua família vão usar pode te poupar dinheiro. Afinal, quanto maior a capacidade de vazão do aquecedor, maior também o seu custo.

 

Exemplo:

Sua residência possui 3 banheiros. Em cada banheiro além da ducha você também tem água quente nas torneiras do lavabo. Se formos dimensionar o volume total de água quente com todos os pontos, a conta ficaria assim:

  • 3 duchas (10 l/min) + 3 torneiras (4 l/min cada) = 42 litros por minuto.

Mas vamos considerar que nessa residência, somente 2 pessoas tomarão banho ao mesmo tempo e ninguém usará nenhum dos lavabos. Nossa conta fica assim:

  • 2 duchas (10 l/min) = 20 litros por minuto.

Nesse caso, nossa demanda real é por um aquecedor com menos da metade da capacidade que dimensionamos inicialmente. Na prática, economizamos aqui, uma média maior que 4 mil reais.

Bastante, não é? Por isso é importante dimensionar corretamente de acordo com sua necessidade.

 

Vazão de água da ducha

vazao_de_agua
Cada tipo de ducha tem sua vazão máxima

Acima, usamos 10 litros por minuto como base para calcular a vazão das duchas. No entanto, temos uma variedade de modelos de duchas que podem variar consideravelmente essa vazão.

Alguns modelos bem comuns possuem entre 12 e 15 litros de vazão de água. E, atualmente, devido à crise hídrica, também encontramos no mercado, versões econômicas de até 8 litros por minuto.

A crise hídrica também popularizou os redutores de vazão: pequenas peças, instaladas dentro da ducha, responsáveis por diminuir consideravelmente a vazão final. Nesses casos, uma ducha com 10, 12 litros pode ficar com 7 ou 8 litros por minuto.

Seja na hora de comprar uma ducha nova, seja o caso de você já ter alguma instalada na sua casa, é importante saber exatamente sua vazão. Caso contrário seu dimensionamento pode ficar incorreto. Em caso de dúvidas, consulte o fabricante da sua ducha.

 

Vazão de água do ralo

vazao_de_agua
O ralo do banheiro deve ser capaz de drenar a vazão de água

Algo que muita gente costuma esquecer de levar em conta é a vazão de água do ralo do boxe. Do que adianta você investir em um bom aquecedor com uma boa ducha, mas seu boxe transbordar e inundar seu banheiro a cada banho? E isso é mais comum do que parece, principalmente no caso de duchas de alta-vazão.

Uma ducha muito popular hoje em dia é a Acqua Plus, fabricada pela Deca. Essa ducha possui em média 20 l/min, mas dependendo da pressão da água, pode chegar até incríveis 60 l/min. Isso é mais água do que muitos ralos dão conta de drenar.

Por isso, na hora de investir em uma ducha de alta-vazão, fique bastante atento à vazão do seu ralo. Em especial, com ralos lineares.

Muitas vezes você encontrará o valor de vazão do ralo medido em litros por segundos. Nesse caso, para comparar com a vazão da sua ducha, basta multiplicar por 60.

 

O que acontece se você usar mais água do que seu aquecedor suporta?

Ok, você dimensionou seu aquecedor de acordo com a vazão das duchas e torneiras assim como seu uso simultâneo. Mas o que acontece se você usar mais água do que seu aquecedor suporta?

Simples. A água vai sair mais fria do que o configurado no aparelho. Essa queda de temperatura será proporcional ao volume de água além do limite de vazão do aquecedor, ou seja, quanto mais água você exigir do equipamento além de sua capacidade, mais fria ela fica.

Uma maneira bem simples de visualizar o problema é imaginar uma chaleira de água. Considerando uma mesma boca do seu fogão, será muito mais rápido ferver 200 ml de água do que 1 litro, não é?

Pois é. O princípio no aquecedor é o mesmo. Quanto mais água passar pelo equipamento (daí o nome real do equipamento: aquecedor de passagem) mais dificuldade ele terá para aquecer a água.

 

Servo-válvula

Alguns aquecedores digitais são equipados com uma servo-válvula, uma peça responsável pelo controle de fluxo de água. Nesse caso, o equipamento divide sua capacidade total de vazão entre os pontos de água abertos. Isso significa que mesmo que você abra mais pontos de água quente do que normalmente, o aquecedor suporta. Ele mantém a temperatura configurada no equipamento; então, ao invés da temperatura da água cair, é o seu volume de água que vai diminuir.

Por exemplo, se você possui um aquecedor a gás com 12 l/min de vazão de água e abrir 2 duchas de 10 l/min cada, será enviado somente 6 litros por minuto de água quente para cada ducha. Então, mesmo que você abra todo o registro das duchas, ambas terão pouco volume de água (quase a metade de sua capacidade total), mas permanece a temperatura estipulada no display digital do aquecedor.

Dessa forma, o aquecedor garante a entrega da temperatura, mesmo que isso comprometa a pressão e a volume de água.

Assim como já foi relatado no artigo como escolher o aquecedor ideal, o tipo de aquecedor escolhido impacta diretamente no seu conforto e segurança. Esse investimento depende muito de quantas pessoas usam o chuveiro. Ou da quantidade de pontos usados ao mesmo tempo. E, principalmente, se você tem espaço para a instalação segura de um aquecedor mecânico ou digital.

Depois de fazer a aquisição, você vai precisar pensar em como deixar sua família com mais segurança. Sem falar de como manter o seu novo aquecedor em perfeitas condições de uso. Confira aqui algumas dicas que vão te ajudar a ter um lar com o menor risco possível de acidentes.

Seguranca
Um banho quente no fim do dia é tudo que se quer, não é mesmo?

Instalação autorizada garante profissionalismo

Em hipótese alguma solicite a instalação do seu novo aquecedor de uma empresa que não seja especialista nesse trabalho. Afinal, os aquecedores, tanto mecânicos como digitais, exigem técnicas específicas para que sejam instalados de maneira correta e com total segurança. Consequentemente, esse tipo de equipamento exige que o profissional saiba realizar esse tipo de serviço. E, se feito incorretamente, pode gerar problemas futuros do seu aparelho.

No manual de usuário do seu novo aquecedor estão especificados parceiros autorizados a trabalhar com esse tipo de instalação. Isso ajuda a garantir que o equipamento não sofra danos e continue com a sua garantia dada pela fábrica. Você deve ter em mente que qualquer instalação realizada sem as condições necessárias pode gerar a perda do direito à manutenção de um produto novo.

Pressão da água correta proporciona qualidade no banho

Para garantir o conforto do seu lar, é muito importante que o aquecedor escolhido tenha condições de suprir a demanda da sua casa. Como todos os pontos de água quente requerem aquecimento e estrutura para funcionarem corretamente, preste atenção nas dicas que o seu revendedor pode dar no momento da escolha do tamanho e tipo de aquecedor a gás ideal para o seu lar. Isso impacta diretamente na temperatura e volume de água das duchas e torneiras, assim como seu conforto no banho.

Manutenção preventiva mantém o equipamento em boas condições

Quando se compra um aquecedor, é necessário prever manutenções que limpem filtros e que aumentem a vida útil das conexões internas. Esse tipo de controle é preventivo e serve para evitar que o equipamento chegue até o fim da sua capacidade. Afinal, essa é uma forma de manter a segurança da sua família e do seu aquecedor sempre em dia.

Confira aqui algumas dicas de como manter seu equipamento sempre em dia.

Seguranca
Um equipamento em boas condições evita acidentes.

Deixar o aparelho na regulagem correta evita problemas

O ideal é sempre manter a regulagem da temperatura do seu aquecedor conforme o seu uso e necessidade. Escolha a temperatura mais confortável e agradável.

Não se recomenda que o equipamento seja colocado numa temperatura alta e que depois você misture água fria em seu banho até chegar na temperatura desejada. Isso acaba causando um desiquilíbrio hidráulico.

Área ventiladas são obrigatórias para o seu aquecedor e para a sua segurança

O local onde o seu aquecedor vai ser instalado influência diretamente na segurança da sua casa. Esse tipo de aparelho precisa estar em locais de boa ventilação para que tenha bastante oxigênio a ser consumido na queima do gás.

É muito importante também, deixar a área superior do seu aquecedor livre, sem nenhum tipo de obstáculo. Isso é recomendado já que os canos pelos quais o gás quente passa gera calor e pode causar acidentes se estiver em contato com materiais inflamáveis.  A Norma de segurança que prevê estas características é a NBR: 13.103.

Seguranca
Uma área ventilada é essencial para o bom funcionamento do seu aquecedor.

Como identificar a presença do monóxido de carbono dentro de casa

Diversos fatores podem ocasionar o escapamento de gás do seu aquecedor. Má instalação, mangueiras ultrapassadas ou até problemas no aparelho são possibilidades que causam riscos a saúde da sua família. Por isso, identificar a presença do monóxido de carbono dentro da sua casa é uma tarefa que exige atenção.

Naturalmente o gás não tem nenhum tipo de odor, porém, os representantes do produto adicionam um odorante que ajuda a caracterizar a presença do gás. Tecnicamente, o gás em si não é tóxico, porém a presença dele “rouba” o oxigênio do espaço em que ele está causando dificuldade para respirar.

Para ter certeza de que os aparelhos que usam gás na sua casa estejam funcionando corretamente, preste atenção:

  • Para o fogão, a chama deve ser azul. Se estiver laranja ou amarela, isso pode ser um problema no equipamento;
  • Aparecimento de manchas ao redor do seu aparelho de gás, como fuligem, troque o bujão;
  • Se a sua casa tem apresentado maior condensação nas janelas, isso pode ser que alguns ambientes não estejam ventilando da maneira ideal.

Entender melhor o que é o monóxido de carbono e tenha mais segurança

Se a sua família vier a entrar em contato com o monóxido de carbono do gás natural por muito tempo, alguns sintomas podem indicar que o ambiente está sendo intoxicado.

  • dores de cabeça
  • náusea
  • falta de ar
  • perda de consciência
  • tontura
  • sonolência

Alguns desses sintomas podem vir a desaparecer quando a pessoa sair daquele ambiente, mas podem retornar quando ela volta para casa. Se isso estiver acontecendo, a sua família pode estar se intoxicando sem perceber.

Caso sua casa esteja com vazamento de gás é necessário tomar algumas medidas de segurança: desligue o aquecedor imediatamente, abra as portas e as janelas para escoamento do gás queimado e entre em contato o mais rápido possível com a assistência técnica do seu aquecedor.

Dica de segurança para fazer o teste de vazamento de gás:

  • passe uma esponja com sabão nas conexões entre o registro, a mangueira e o aquecedor ou fogão. Depois, observe se aparecem bolhas. Se sim, aí está o seu foco de vazamento, mas se não, você deve dar uma verificada no próprio aquecedor em busca de peças mal conectadas.

Se o vazamento ocorre somente quando o aquecedor a gás está ligado, é porque o gás queimado está retornando para o ambiente por algum motivo.

Seguranca
Um banho quente só tem valor se tiver segurança.

Medidas de segurança sempre garantem mais conforto a família

Por mais que o gás natural não seja um risco em si para a sua casa, é sempre indicado fechar as válvulas do aquecedor quando você estiver fora de casa por algum tempo. Essa medida de segurança evita qualquer possível vazamento e deixa a sua família mais segura no retorno para casa.

Quando chegar, abra as janelas e mantenha o ambiente bem ventilado antes de ligar novamente as válvulas do gás.

Quanto mais economia, melhor!

Para gerar ainda menos custos na sua conta de gás, a dica é ajustar a temperatura do seu aquecedor conforme o clima. Afinal, não tem porquê a água estar muito quente em pleno verão.

Ajuste, também, a quantidade de vazão de água que você precisa conforme a quantidade de pontos que estão sendo usados frequentemente. Isso vai ajudar na regulagem do aquecedor ao conseguir separar quantidades de água para cada um dos pontos disponíveis na casa.

Resumindo as medidas de segurança…

  • escolha um aquecedor de gás que atenda a quantidade de pontos de vazão que sua casa necessita;
  • a instalação e a regulagem do aparelho deve ser feita por profissionais qualificados;
  • manutenções anuais;
  • cuidados de segurança dentro de casa;

Pronto, é muito fácil ter uma vida cheia de qualidade e segura. Portanto, não hesite em investir no melhor para a sua família!

Seguranca

 

 

[pt_view id=”cf03bf0bmr”]

Vamos falar sobre uma das partes mais gostosas do dia? O banho!

O brasileiro tem o costume de tomar banho todos os dias; no calor, mais de uma vez ao dia. Isso é mais que uma questão de higiene: é também cultural, pois nem todos os povos são vaidosos como a gente. Na Europa, por exemplo, não é raro pular um dia de banho.

É mais que uma questão de saúde: além de limpar os poros da pele, seus efeitos são aliviar as tensões, relaxar os músculos, ou o contrário: dar disposição para enfrentar o começo de um dia.

O banho pode até ser parte de um ritual! Mas isso a gente vai falar mais tarde. Confira abaixo tudo o que você queria saber sobre o banho e algumas dicas e curiosidades para a próxima vez que entrar debaixo d’água.

banho

Banho frio e banho quente: energia e relaxamento

O objetivo de um banho nem sempre é apenas fazer a limpeza diária. Aqueles momentos debaixo do chuveiro podem trazer vitalidade, energia e disposição; jatos de ducha fria são boas para isso! Muita gente não sai de casa sem antes se banhar.

Por outro lado, um banho quente é a pedida certa para relaxar por completo e se ver livre do nervosismo e stress acumulados do dia. Parece até que as impurezas da rotina se diluem na água e vão embora ralo abaixo, junto com a sujeira da pele…

Se você gosta de banho escaldando, é bom saber que temperaturas acima de 40° C são mais recomendadas logo antes de dormir, porque a musculatura vai ficar cansada.

O aquecimento da água deve garantir uma temperatura entre 27°C e 36°C, e há variações de efeito dependendo das variações de calor. Por exemplo, com 24°C (fresca) você se sentirá tonificado, enquanto acima de 30° já é possível ficar relaxado.

Banho em excesso faz mal?

banho

A ideia da higiene é manter o equilíbrio e a harmonia do corpo. E a harmonia não permite excessos de nenhum lado. Portanto, sim, o excesso de banho pode fazer mal à saúde. Entenda:

A pele é o maior órgão do corpo humano, e o mais exposto a microorganismos externos. Parte da flora bacteriana encontrada nos óleos produzidos pelas células cutâneas estão lá justamente para combater as bactérias nocivas à saúde.

Se você toma muitos banhos ao dia, você elimina pouco a pouco o óleo natural da pele e, com ele, as bactérias defensoras de nossa pele. O resultado pode ser o oposto: sem defesa, até mesmo alguns segundos de exposição pode ser o bastante para uma nova infecção.

É a mesma lógica que acontece quando um bebê cresce sem ter contato com sujeira: seus mecanismos de defesa não se desenvolvem, tornando a criança mais vulnerável a alergias.

Outro motivo é a quantidade de químicos agressores encontrados no kit básico de higiene, que são os sabonetes industriais e shampoos. Muitos contém parabeno e substâncias derivadas do petróleo. Se por um lado elas limpam, por outro elas levam junto uma série de propriedades naturais no nosso organismo.

Você deve estar se perguntando:

“O que fazer então quando o calor aperta?”

“E se eu gosto mesmo de tomar mais de um banho por dia?”

Você pode amenizar os efeitos com algumas dicas, como:

  • não fique tempo demais no banho com temperaturas elevadas;
  • procurar sabonetes mais suaves, pois possuem componentes químicos naturais, menos agressivos;
  • a partir do segundo banho, use sabonete somente nas “áreas de risco”, como axilas, genitais, pés, glúteos e outras dobras do corpo onde acumule suor.

Dicas de rituais para o banho

No dia-a-dia, manter a higiene já é motivo o bastante para ficar debaixo do chuveiro. Mas é muito bom premiar-se com momentos de prazer e atitudes dignas de reis ou de rainhas.

Banhar-se pode ser muito mais que água, shampoo e sabonete. As brasileiras já têm costume de ter dentro do box do banheiro diversos itens de beleza e cuidados pessoais de pele. Mas muitos homens também já estão se permitindo tipos diferentes de produtos e curtindo o conforto de um banho especial – nem que seja de vez em quando.

Experimente algumas das dicas de nosso blog e sinta-se bem melhor!

banho

  • Produtos: experimente adicionar numa das etapas do banho óleos naturais, sais de banho e cremes esfoliantes;
  • Aromas no banho quente: respirar o vapor do banho quente faz o cérebro captar a essência da substância mais rapidamente;
  • Antiestressantes: aposte nos aromas de baunilha, lima, laranja, manjericão, patchuli;
  • Estimulantes: vá de gengibre, bergamota, menta ou eucalipto, capim-limão;
  • Afrodisíacos: sálvia, sândalo, rosa, jasmim, ilangue-ilangue;
  • No escuro: apague as luzes para estimular os seus sentidos;

É claro que o melhor banho terapêutico é o de banheira, pois você pode despejar as substâncias da água e deixar o tempo passar enquanto elas penetram na pele.

Existe uma saída para quem não tem banheira e quer fazer um banho terapêutico com chuveiro. Pingue as gotas de óleo em uma gaze e envolva este pedaço com outra gaze (uma espécie de trouxinha). Amarre esse kit no chuveiro usando um barbante. A ideia é que a água passe pela trouxinha e o óleo chegue diluído ao seu corpo. Não é tão romântico, mas o efeito prático é o mesmo.

Dica: aprecie com moderação. Cuidado com a conta de energia e água!

Tem banheira? Aproveite!

Quem tem banheira pode aproveitar outras vantagens, pois o banho de imersão provoca efeitos diferentes no corpo do que o banho de ducha.

banho

Nem todas as banheiras cabem o corpo estendido. As banheiras tradicionais do ofurô, por exemplo, fazem com que o corpo repouse na posição que lembra a fetal. Isso indiretamente nos proporciona calma e relaxamento, pois ativa as memórias inconscientes de quando estávamos em desenvolvimento na barriga de nossa mãe. A intenção no ofurô é justamente provocar esse efeito.

Por causa do efeito de imersão, a pressão sanguínea abaixa. Por um lado, ajuda a dormir e ter serenidade. Mergulhar o corpo em águas calmas e confortáveis naturalmente relaxam a mente.

No caso de esportistas e praticantes de atividade física ajuda a finalizar o treino e acelerar a recuperação para o próximo dia de ação.

O efeito na pressão do sangue em alguns tipos de dor de cabeça são amenizados. Mas se você tem problemas de pressão, consulte um médico antes de adotar este hábito.

A pele também é beneficiada, pois a imersão na água quente dilata os poros e ajuda eliminar as impurezas microscópicas. A única questão é que o banho de banheira não é tão eficiente na limpeza geral da pele quanto a água corrente do chuveiro.

Outro bônus para a pele: se você aliar a imersão em água quente com loções hidratantes, o calor proporcionado nas células da pele aceleram o processo de hidratação. Típico banho de beleza!

Por fim, quem ganha com isso é o pulmão, pois o vapor da água aquecida alivia a tosse e humidifica as vias respiratórias. Perfeito para cidades e locais que passam por climas secos.

banho

Algumas dicas para você aproveitar o melhor da imersão em água quente:

  • O tempo ideal é de 15 a 20 minutos; mais que isso a água pode ter outros efeitos no organismo;
  • Aqueça a água para ficar entre 37 e 38° C, ou seja, um pouco acima da temperatura do corpo humano;
  • Se quiser água mais quente (acima de 40°C) o recomendado é finalizar a sessão com uma ducha fria – que é o que muitos locais de banho recomendam, tanto para dar o choque revitalizador na musculatura quanto para fechar os poros excessivamente dilatados;
  • Ou deixar para tomar esse banho antes de dormir, por causa do extremo relaxamento que a água acima de 40° C proporciona – como na tradição milenar japonesa, os banhos de ofurô
  • Quer relaxar por mais tempo? Então deixe à mão uma garrafa com água fresca ou gelada, para amenizar a possível desidratação causada pelo calor da água.
  • Se você tem problemas cardíacos, antes consulte um médico.
banho
Fala a verdade: até deu vontade de correr para o chuveiro, não deu?

Fontes:
http://www.minhavida.com.br/
https://melhorcomsaude.com/
http://observador.pt/
http://www.tudoporemail.com.br/

 

[pt_view id=”e1df4823k0″]