Você pode estar com essa dúvida, entre o chuveiro elétrico ou a ducha.

Qual a economia? Qual o grau de conforto? Qual o mais caro?

Diversos fatores devem ser avaliados para chegar a uma conclusão do que é melhor para você e seu uso diário.

Se você está se mudando para um apartamento novo, é provável que você terá que colocar a ducha a gás como norma do prédio. Se você quer trocar seu chuveiro este artigo também pode te ajudar a decidir se continua ou não com o nosso famoso chuveiro elétrico, que está na casa da maioria dos brasileiros.

Chuveiro elétrico – História

 

A história do chuveiro não é muito longa, faz pouco tempo que temos esse hábito.
A história do chuveiro não é muito longa, faz pouco tempo que temos esse hábito.

O chuveiro elétrico entrou no Brasil na era Vargas em 1930. Sua popularização aconteceu após a Segunda Guerra Mundial, pois ao reconstruir as casas na Europa foi incluída a construção do banheiro com chuveiro.

Nos Estados Unidos e Europa, foi implantado a ducha em maior escala ao invés do chuveiro elétrico. Aqui no Brasil o chuveiro se tornou de uso quase geral, hoje são cerca de 75% das residências, devido seu custo de aquisição barato, contudo seu uso pesa muito bolso.

Chuveiro elétrico – Desvantagens

Usamos a muito tempo o chuveiro elétrico, mas será que ele é o mais indicado?
Usamos a muito tempo o chuveiro elétrico, mas será que ele é o mais indicado?

Conta de luz – Consumo de energia elétrica

O chuveiro elétrico é famoso no país por ser o responsável pelo alto consumo de energia elétrica. Isso acaba por impactar na conta de luz de milhares de brasileiros.

Chuveiro elétrico possui uma resistência que aquece água quase instantaneamente, o que exige muito calor para que isso aconteça, então muita energia é puxada e consumida.

Este aparelho que parece tão simples transforma energia elétrica em energia térmica, isso exige muita potência, entre 4kw/h  e  7kw/h. O que aumenta consideravelmente os custos com a energia elétrica.

Para se ter uma ideia, o consumo do chuveiro elétrico supera o uso de chapinha, mesmo que você passe horas usando a chapinha, o chuveiro elétrico supera esse uso em minutos. Essa informação é de espantar, mas é real.

 

Impostos da conta de luz

 

A conta de luz é sempre motivo de muito transtorno na vida do brasileiro, saiba o porquê.
A conta de luz é sempre motivo de muito transtorno na vida do brasileiro, saiba o porquê.

Você paga 30% de impostos na sua conta de luz, é uma das mais caros do mundo, ou seja se você paga R$ 100,00 na conta de luz, R$ 30,00 é apenas de impostos.

Veja o vídeo que explica sobre os impostos e os grandes vilões da conta de luz.

Chuveiro e geladeira são os vilões do consumo de energia elétrica

Agora dê uma olhada na lista dos maiores vilões da conta de luz, o chuveiro elétrico está no topo. Esses são dados que você pode verificar em reportagens e pesquisas e você já deve ter ouvido isso de muitos familiares.

Os maiores vilões da conta de luz

  1. Chuveiro Elétrico 30%;
  2. Geladeira: 20%;
  3. Iluminação: 20%,
  4. Ar Condicionado: 10%;
  5. TV: 10%;
  6. Ferro: 7%.

Se você observar o 2º lugar e 3º lugar são usados durante horas no dia, a geladeira fica ligada durante 24hs, e a iluminação fica por muitas horas. O chuveiro elétrico que fica alguns muitos por pessoa cerca de 10 a 15 minutos supera seus concorrentes, ainda que usados em tempo menor.

Isso nos ajuda a ter uma ideia de como o chuveiro elétrico possui um alto grau de consumo. Mas será que existe outra opção? Essa pode ser a sua pergunta.

Quer saber quanto cada eletrônico gasta de energia na sua casa ou apartamento?

Acesse esse sistema interativo e informe quais equipamentos possui, o tempo de uso por dia ou por mês e a potência de cada item. Desta forma, você tem uma média de qual é o consumo e quanto custa aquele aparelho por mês na conta de luz.

Simulador de consumo

 

Chuveiro Elétrico e a Queda da Energia Elétrica

Ficar sem energia elétrica e tomar banho frio ninguém merece.
Ficar sem energia elétrica e tomar banho frio ninguém merece.
  • Existem casas e apartamentos que se a pessoa ligar 2 chuveiros de uma vez a energia cai e ficam todos sem luz. Isso tem a ver com a estrutura elétrica da casa, que não suporta o uso de dois consumos de energia tão potentes, como o chuveiro.

 

  • Outro caso com mesmo problema. Se você tem torneira da cozinha com energia elétrica, não pode ligar o chuveiro junto, pois a acaba caindo a energia. Pode parecer brincadeira, mas isso acontece sim em muitos lares no Brasil.

 

  • Você está no seu banho quentinho, após um dia cansativo, e de repente a energia acaba. A água passa de quente para fria. E você tem que sair do banho muitas vezes ensaboado, com frio, isso é muito irritante de acontecer.

    A suspensão da energia elétrica tem acontecido com grande frequência, nos últimos anos.

Motivos:

  •         Grande-demanda da rede;
  •         Relâmpagos;
  •         Linhas de energia derrubadas;
  •         Acidentes como batidas em postes;
  •         Apagões;
  •         Catástrofes naturais;

A rede elétrica no Brasil fica exposta a muitos situações de riscos. Ficam em postes, consequentemente expostas ao tempo e ações de pessoas, inclusive com a queda de balões e pipas.

O consumo de energia elétrica tem aumentado a cada ano no país segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e a estrutura para atender não cresce no mesmo ritmo.

Mais interrupções de energia podem acontecer, os famosos apagões, ou como acontece muito em São Paulo, há um revezamento entre bairros, um dia com energia outro sem.

Sem energia elétrica, o chuveiro não funciona. Você pode estar se perguntando existe uma forma de tomar banho sem o uso de energia elétrica e com água quente? Sim existe. E vamos escrever sobre isso.

Chuveiro Elétrico e o Choque Elétrico

O perigo de choque elétrico é real.
O perigo de choque elétrico é real.

Muitas pessoas reclamam que ao tentar fechar a torneira do banheiro, recebe um choque, isso acontece porque na casa ou no prédio não tem aterramento elétrico, para conectar o fio terra do chuveiro, que é normalmente de cor verde ou laranja.

Nos últimos anos alguns lugares tem colocado a rede elétrica subterrânea, o que é mais seguro, e com isso o aterramento elétrico já acontece, mas o custo é alto e está na velocidade de tartaruga no país.

O chuveiro elétrico é uma mistura de energia elétrica e água que é um grande condutor de energia elétrica, potencializando seus efeitos. Por isso todo cuidado é pouco. Alguns eletricistas e instaladores de chuveiro elétrico gostam de fazer uma comparação bem assustadora:

Com o chuveiro elétrico você toma banho com uma resistência de 5 mil volts sobre a sua cabeça, todo molhado e descalço. Isso é muito perigoso.

No Brasil os índices com acidentes domésticos são altíssimos segundo o Ministério da Saúde, atingindo milhares de crianças, uma das causas são choques elétricos e produtos elétricos em contato com água.

Chuveiro elétrico – Durabilidade Comprometida

O chuveiro elétrico tem sua vida útil bem curta. Quem já não teve que trocar o chuveiro duas vezes no ano? Ou devido a queima da resistência do aparelho?  É sempre trabalhoso fazer essa operação de troca do aparelho, além dos custos.

Devido ao uso constante, peças baratas, estrutura de plástico, quedas de energia, o chuveiro poder ter sua vida útil encurtada. A qualidade do chuveiro deve ser um fator importante para se adquirir um.

Chuveiro Elétrico – Temperatura Limitada

O chuveiro elétrico tem poucos opções de temperatura.
O chuveiro elétrico tem poucos opções de temperatura.

A maioria dos chuveiros não oferecem a opção de temperatura personalidade, ou seja você não consegue colocar o grau de temperatura que você deseja, como 38º ou 39º. Isso é mais uma questão de conforto.

Alguns chuveiros possuem a opção verão, o que deixa água morna, a outra opção é inverno quando água fica quente e a opção frio, ou desligado, onde a água fica fria.

O que acontece muitas vezes é que tanto no verão quanto no inferno, a água ou fica muito quente, ou fica morna quase fria.  Na época do verão a água morna fica super quente, na época do inverno a água quente fica morna. Quem já não passou por isso no chuveiro em algum momento da vida? É muito chato e incômodo.

Outra informação importante: nunca troque de chave de temperatura do chuveiro se ele estiver ligado, há um risco real de choque, pois você está molhado.

Existem chuveiros eletrônicos que possuem mais possibilidade de alteração na temperatura, mas são extremamente caros, exigem mão de obra qualificada para sua instalação o que encarece os custos.

 

Chuveiro elétrico – Instalação

 

A instalação adequada do chuveiro é garantia de segurança.
A instalação adequada do chuveiro é garantia de segurança.

Quanto mais recursos um chuveiro tiver mais sua instalação pode ser complexa. Chuveiros com pressurizador, com jatos mais fortes, turbo, ajuste de temperatura necessitam de mão de obra especializada para instalar. Além de serem mais caros, você ainda terá custo da instalação que é diferente de uma chuveiro comum.

Além disso como já foi visto, a má instalação coloca a todos que usam o chuveiro em risco de choque elétrico.

Design Simples

 

Muitas pessoas tem se preocupado com a decoração do banheiro, e o chuveiro deixa a desejar.
Muitas pessoas tem se preocupado com a decoração do banheiro, e o chuveiro deixa a desejar.

Os chuveiros elétricos tem sua estrutura feita de plástico branco. Quase todos seguem o mesmo padrão e formatos. A decoração do banheiro tem recebido cada vez mais atenção pelos brasileiros.

No Mercado Livre, o segundo maior Marketplace (e-commerce) da América Latina, o 2º item de venda mais procurado para compra são artigos de decoração, isso prova o quanto estamos atentos em ter uma casa bonita e com design arrojado. O chuveiro não proporciona essa possibilidade.

Ele apenas supre a necessidade de banho, e foi criado para isso, mas os tempos mudam e hoje queremos praticidade, funcionalidade e beleza nas peças que compõem nossas casas. O chuveiro elétrico fica desqualificado nesse quesito. Ainda bem que existem outras opções.

Claro que para muitos esse não é um fator decisivo, mas para outras pessoas que curtem decoração esse pode ser um item de grande importância.

Agora que falamos tanto de chuveiro elétrico, que tal você descobrir tudo sobre a ducha, será que ela é realmente melhor que o chuveiro elétrico? Quer saber?

Clique e confira. Assim você pode decidir o que é melhor para você.

Ducha. Quem disse que você não pode ter um banho de hotel?

 

Você ainda não se esqueceu daquele incrível banho de hotel da última viagem? A  água em alta temperatura, alta pressão. Um jato de ducha direcionado para o seu corpo. Todo prazer e relaxamento que esses momentos podem proporcionar. Você sabia que o grande responsável por isso é o aquecedor a gás para apartamento.

Talvez você já tenha ouvido falar, ou mesmo conheça amigos e parentes que possuem um aquecedor a gás, e já conhece alguns dos seus benefícios. Além disso faz um bom tempo que você vem namorando a possibilidade de ter o seu aquecedor a gás.

Aquecedor a gás para apartamento, conheça as maiores dúvidas:

  • Eu moro em apartamento, como vou ter um banho desses?
  • Será que o prédio onde eu moro tem estrutura?
  • Será que vai ter espaço no apartamento?
  • Qual é o melhor aquecedor a gás e qual o ideal para o meu apartamento?

 Abaixo tentaremos esclarecer várias delas.

O aquecedor a gás vai caber no meu apartamento?

Se você imaginou um aparelho grande, desengonçado, que ocupa muito espaço fique feliz, você está errado. O aquecedor a gás para apartamento é compacto e com o tamanho médio de 50x30x15cm.

Normalmente é instalado na área de serviço, em local ventilado, próximo a uma janela. Fixado na parede, numa altura que você possa ligar, ou desligar, mudar a temperatura, e acessar outros componentes.

A imagem abaixo mostra a instalação do aquecedor a gás em local adequado.

aquecedor a gás para apartamento
O Aquecedor a gás não precisa de um grande espaço para sua instalação

Por meio dessa imagem você pode ter uma ideia, que não é necessário ter um espaço grande para o equipamento. Os apartamentos estão cada dia mais compactos, mais isso não vai te impedir de ter um aquecedor, se quiser.

O importante é ter uma equipe treinada e experiente para a instalação, que cumpra as normas de segurança e adequação. Empresas qualificadas nesse ramo tem equipes treinadas para estudar seu projeto e garantir o sucesso da instalação.

 

Super Dica: A instalação do aquecedor a gás para o apartamento

 

Uma dica de ouro, para você não ter dor de cabeça, é adquirir o aquecedor a gás de empresas que ofereçam, além do equipamento, a instalação e a manutenção, como um pacote, com tudo incluso. Dessa forma você se cerca de segurança e tranquilidade.

Muitas pessoas compram o aparelho em lojas que não oferecem a instalação ou manutenção, ou pior, empresas que não são credenciadas para esse trabalho. Isso pode sair bem caro no seu bolso, além de muitos transtornos. O ideal é adquirir um aquecedor a gás em locais que garantem a instalação e manutenção do aparelho de forma adequado, seguindo as normas em lei.

Agora você sabe que o aquecedor a gás pode ser instalado no apartamento. Ufa que alívio. Então é hora de descobrir um pouco sobre esse aparelho que é o mais usado nos Estados Unidos e Europa.

O que é um aquecedor a gás?

É um equipamento que aquece a água por meio de uma serpentina que fica dentro do aparelho. A serpentina (trocador de calor) é o local por onde a água passa e é aquecida na temperatura que você escolheu. O processo leva segundos.

Por isso é também chamado de aquecedor de passagem, ou aquecedor instantâneo. A foto abaixo mostra o aquecedor internamente e externamente.

Os melhores aquecedores são de tecnologia japonesa

O aquecedor a gás é um aparelho de alta tecnologia e segurança. Os melhores equipamentos são feitos por empresas de tecnologia japonesa. Há outras com tecnologia japonesa e americana que se uniram para o desenvolvimento de aquecedores que atendam às exigências internacionais de qualidade e segurança . São empresas que lideram o mercado.

Não se esqueça disso quando for adquirir o seu. Comprar de empresas renomadas garante qualidade, durabilidade e principalmente que funcione corretamente para ter seu banho confortável. Aquele de hotel.

 

Aquecedor a gás para apartamento. Qual o ideal?

Aqui você vai descobrir qual aquecedor a gás é mais adequado ao seu apartamento. Existem muitos modelos de aquecedores a gás, para atender públicos diferentes: famílias pequenas, grandes, recém casados, solteiros e outros.

O aquecedor a gás para apartamento mais adequado deve estar em sintonia com seu estilo de vida, isso vai lhe trazer conforto e tranquilidade. Fique atento as informações abaixo. E acerte na hora de obter o seu:

Para isso é necessário que você levante algumas informações quanto a parte estrutural do seu prédio.

O tipo de gás do seu apartamento vai determinar o tipo de aquecedor.

1. Gás Natural ou Gás de Cozinha?

 

Existem aquecedores a gás tanto para GLP (gás de botijão) quanto para o GN (gás natural), também chamado de gás encanado que em São Paulo, é fornecido pela Comgás.

Essa informação é muito fácil de saber. Pergunte ao seu zelador do seu prédio. Verifique no manual de instruções ou junto a construtora do prédio ou ainda pergunte a um vizinho.

Prédios novos, por norma, são obrigados a usar o GN caso a região tenha disponível. Se você já comprou um aquecedor a gás para GLP, e descobriu que seu prédio fornece GN, não se desespere, empresas especializadas fazem a conversão.

O ideal é saber antes de comprar para evitar custos desnecessários. A conversão pode ser feita tanto de um tipo de gás como para outro.

O tipo de gás do seu prédio vai determinar o modelo adequado de aquecedor a gás para apartamento. Existem aquecedores a gás GLP, e aquecedores a gás GN. Os dois funcionam de forma igual, sem diferenças.

Clique no link abaixo e saiba mais sobre gás GL e gas GLP:

Tipos de gás | GLP ou GN – Qual o mais adequado para meu uso? 

 

 

aqeucedor a gás para apartamento
A vazão de água das torneiras e duchas determinam a vazão ideal do aquecedor a gás

2. Duchas e torneiras

Quantas duchas e torneiras aquecidas você vai quer no seu apartamento? Por que essa informação é importante?

  • Cada ducha e torneira tem uma vazão (volume) de água limite. Há duchas com 10 litros por minuto de vazão, o que é a  mais comum. Existem duchas de 10 a 12 litros, de 12 a 14 litros e outras. É você que escolhe qual a  melhor para você. Quanto maior a vazão, maior o conforto do seu banho.

 

  • Essa vazão de água é o volume, ou quantidade de água liberada pela ducha por minuto.  Além disso há duchas com recursos, como jatos mais fortes, com dispositivos para economizar água, outras simulam a queda de uma cachoeira. É o seu gosto que manda na hora de comprar.

 

  • Basta se informar nas descrições técnicas da ducha ou pedir ao vendedor essa informação. No site das empresas de duchas e torneiras também podem ter essa informação, caso não tenho entre em contato com a empresa para sanar as dúvidas.

 

  • As torneiras também uma vazão limite. Elas podem chegar a 3 litros a 5 litros por minuto.

 

Guarde essa informação ela será útil para a aquisição do seu aquecedor a gás.

 

 

banho de aquecedor a gás
Cada aquecedor a gás tem um volume de água limite por minuto

 

3. O volume de água do Aquecedor a gás

Se você comprou uma ducha de vazão de 10 litros mais uma torneira com vazão de 5 litros por minuto, os dois usados simultaneamente liberam 15 litros de água.

Você vai precisar de um aquecedor a gás com vazão mínimo 15 litros de água por minuto para abastecer sua ducha e torneira com água quente.

Os aquecedores a gás tem uma determinada capacidade de fornecer água quente por minuto. Chamamos isso de vazão. Os equipamentos de menor vazão iniciam em 4 litros de água por minuto. Existem os aquecedores de vazão média de 15, e 18 litros, enquanto que os aquecedores de alta vazão podem chegar até 47 litros. E ainda temos a possibilidade de instalar dois ou mais aquecedores em conjunto para fornecer ainda mais água quente.

Essa variedade da capacidade de vazão de água, se dá de acordo com o uso. Se você vai usar uma ducha, e uma torneira com água quente, não vai precisar de uma aquecedor com alta vazão de água. Isso significa menos consumo de água e gás, e o valor do equipamento também é menor. Quanto mais vazão de água você precisar, maior deve ser a capacidade do aquecedor, e maior será o consumo de água e gás.

Dúvidas?

  • E se você não usa as duchas e as torneiras ao mesmo tempo? Nessa caso você deve levar em consideração o que você vai usar ao mesmo tempo. Se for usar apenas um ducha de 10 litros por minuto, um aquecedor de 12 litros de vazão de água por minuto é o ideal.

 

  • Se você usa apenas duas duchas de 10 litros por minuto sem usar a torneira ao mesmo tempo, a vazão simultâneo é de 20 litros por minuto, o aquecedor a gás ideal nesse caso é de pelo menos 20 litros por minuto.

 

  • Sempre leve em consideração as duchas e torneiras que você vai usar ao mesmo tempo.

Faça você o cálculo, é fácil:

  • 3 duchas (10 Litros/min) + 3 torneiras (4 Litros/min cada)= 42 Litros por minuto. Você vai precisar de um aquecedor a gás de pelo menos 43  litros de vazão de água por minuto.

 

  • 1 ducha (8 Litros/min) + 1 torneira (5 Litros/min)= 13 Litros . Nesse caso você precisa de um aquecedor a gás de 14 a 15 litros de vazão por segundo.

 

  • 1 ducha (10 litros)= 10 litros. Aqui é para suprir apenas a ducha, pode ser que você não queira a torneira quente. O aquecedor a gás ideal é de 10 a 12 livros de vazão.

Clique no link e descubra mais sobre a vazão de água:

A vazão de água influencia na escolha do aquecedor a gás?

 

Comprei o aquecedor antes de comprar as duchas. O que fazer?

Agora vamos inverter, e se você comprou o aquecedor a gás primeiro. Um aquecedor de 15 litros de vazão, isso quer dizer que o máximo de água liberada para não comprometer a temperatura da água que sai do seu aquecedor para suprir a ducha e a  torneira é de 15 litros.

Quando você for comprar a ducha e a torneira elas não podem ultrapassar os 15 litros de vazão quando usadas simultaneamente. Passe essa informação ao vendedor. O ideal é comprar as duchas no mesmo local que comprou o aquecedor, para ter uma garantia maior de funcionamento.

Ter um aquecedor a gás é sinônimo de conforto. O que você deve avaliar é o quanto você quer de conforto e custo benefício. Quanto maior a vazão do aquecedor e das duchas maior o conforto e maior o custo de água, e de gás. É você que vai escolher o melhor para seu uso diário. No mercado existem opções para todos o gostos.

 

Aquecedor a gás digital ou mecânico, duas opções para escolher.
Aquecedor a gás digital ou mecânico, duas opções para escolher.

4. Aquecedor a gás digital e Aquecedor a gás mecânico

O aquecedor a gás para apartamento ideal pode ser mecânico ou digital. Aqui é uma luta injusta, porque o aquecedor a gás digital é muito superior, em recursos. Mas o importante é avaliar o melhor para o seu conforto.

Veja o vídeo abaixo:

aquecedor a gás para apartamento
É necessário ter uma pressão da água mínima para ativar o aquecedor a gás

5. Aquecedor a gás e a pressão mínima de água

Outro fator que você precisa saber sobre os requisitos para a instalação do aquecedor a gás, é quanto a pressão da água. Ela influencia no desempenho da ducha e aquecedores. Quanto maior a pressão maior a vazão.

Existe uma pressão mínima para o acionamento dos aquecedores a gás. Normalmente os prédios que possuem estruturas para instalação dos aquecedores já possuem a pressão adequada.

Existe uma exceção muito importante, caso você more no último ou penúltimo andar é quase certo que você vai precisar de um pressurizador para aumentar a pressão da água que chega ao seu apartamento. Por isso é tão importante que você não se esqueça dessa informação ao comprar seu aquecedor a gás. Priorize empresas que façam a venda do pressurizador, com sua instalação e manutenção.

Se quiser saber mais sobre pressão da água, clique no link abaixo:

Pressão da Água | A qualidade e o conforto do seu banho depende dela

Check List: aquecedor a gás para apartamento

Para facilitar sua escolha, veja o check list abaixo com tudo que você precisa saber para escolher o aquecedor a gás ideal para o o seu apartamento.

 

Guia para escolher o aquecedor a gás

Para facilitar ainda mais sua vida também produzimos um Ebook que funciona como um guia rápido e descomplicado de como escolher o aquecedor a gás ideal para sua residência. Para acessá-lo bastar clicar na imagem abaixo:

Ebook Como escolher aquecedor a gás.
Clique e baixe gratuitamente o ebook como escolher o aquecedor ideal para sua casa

 

Muitas pessoas se esquecem que o momento do banho está além da higiene pessoal. É nesse ambiente, neste que é um dos menores lugares da casa, que você pode ter momentos de relaxamento.

Está em suas mãos ter um banho único que te proporcione bem-estar e descanso. Depois de um dia duro de trabalho, de cuidar da casa, dos filhos, da volta da faculdade ou mesmo da academia, é o que você merece, um banho confortável.

Confira algumas dicas, e crie você mesmo seu banho confortável.

 

Um banheiro bem decorado proporciona bem-estar
Um banheiro bem decorado proporciona bem-estar

1. Banheiro aconchegante para um banho confortável

O banheiro nem sempre tem sua devida atenção, quanto a decoração e a arquitetura. Por ser de uso corriqueiro e prático poucos se importam em deixá-lo mais elegante e confortável em relação a outros ambientes da casa.

Por isso escolha elementos de conforto que tenha a ver com sua identidade. Em outras palavras, deixe o banheiro com a sua cara e da sua família:

Banho confortável pede uma decoração personalizada:

  • Se você gosta de plantas, adicione vasinhos
  • Se gosta de pintura, grafite ou desenho adicione alguns
  • Papel parede com temas leves
  • Adesivos modernos feitos especialmente para este espaço
  • Móveis com cores mais quentes:

Impulsionam a decoração permitindo ao ambiente um toque mais vivo. Unidos a uma iluminação pontual, fornece ao espaço cores, sombras e luzes que permitem a sensação de tranquilidade.

Cuidado não abuse das cores quentes (amarelo – vermelho- laranja) ou seu banheiro pode virar um circo.

  • Pequenos objetos decorativos:

Essa é a dica de ouro da decoração. Os detalhes podem transformar o ambiente com sua particularidade. Divirta-se nesse momento, peça para cada membro da família trazer algo pessoal para dispor no banheiro.

Dessa forma cada um cria um vínculo com o ambiente, proporcionando bem-estar e aconchego. Cuidado pense sempre na uniformidade do espaço, e no objetivo que é conforto visual.

Atenção, tudo com muito critério. Não se esqueça da máxima da decoração: menos é mais.

 

Luzes e sombras fornecem uma atmosfera mais tranquila e relaxante

2. Banho confortável está aliado a Iluminação intimista:

Este tipo de iluminação é indireta, a lâmpada não fica evidenciada. É uma luminosidade insinuante e calma.

  • Velas:

Fornecem ao ambiente a sensação de conforto e tranquilidade. Usar iluminação pontual com velas, ajudam a criar um ambiente mais tranquilo.

Servem também como peça decorativa. Duas ou três velas de cores quentes são ideias para deixar o ambiente sofisticado.

  • Leds ou lâmpadas amarelas de baixa potência:

Uma única iluminação branca completa no ambiente vai te deixar em alerta. Este tipo de iluminação serve para outros momentos como fazer a barba, escovar os dentes, maquiagem etc. Para criar um clima de conforto adicione alternativas de iluminação intimista em pontos estratégicos, como espelhos e armários.

O que tem a ver um banheiro bem decorado com o ato de tomar banho? Simples, estamos falando de sensações, de sentir-se bem. Um ambiente agradável que inspire descanso pode lhe preparar para o momento de relaxamento.

 

Nada melhor que um bom banho após um dia cansativo de trabalho

3. A hora do banho confortável

Vamos lá, seu banheiro está bem decorado, a iluminação intimista bem disposta. Você está pronto para aproveitar esses poucos minutos e fazer valer a pena.

Então o que esperar de um banho confortável? 

Bom acredito que você quer uma água bem quentinha, com uma grande vazão de água para proporcionar um banho terapêutico. Os chuveiros convencionais pouco podem te ajudar a obter estes recursos, eles possuem vazão de água de 4 a 5 litros por minuto.

As duchas no entanto são qualificadas para assegurar um banho com conforto. Sua vazão de água é maior e ampla. E o jato de água é mais direcionado para o seu corpo. Além disso por terem um design moderno, deixam a decoração do banheiro ainda mais elegante e sofisticada.

Existem diversas duchas com diferentes vazões de água. Duchas de 6 a 60 litros por minuto. A vazão é o volume de água liberada por minuto. Falando em banho confortável, é mais água caindo sobre seu corpo, como uma massagem. Alivia o stress e as dores do corpo. Produz relaxamento.

É o famoso banho de hotel. Você sabe como é gostoso viajar e tomar aquele banho relaxante no hotel. Com muita vazão e pressão que deixam esse momento sempre incrível, ainda mais se for acompanhado.

Os melhores hotéis utilizam duchas para garantir ao seus hóspedes muito conforto e comodidade, exatamente o que se espera de um lugar assim. Mas fique tranquilo com uma ducha, você pode levar esse benefício para sua casa também.

É por isso vamos revelar, mais um segredo para um banho confortável. Segredo que também é usado pelos hotéis. É um complemento para sua ducha.

A temperatura ideal da água pode trazer muito conforto para banho

4. Aquecimento da água

Quando você toma um banho confortável no hotel, você pode perceber que a água tem uma temperatura mais quente do que a temperatura do banho diário em casa com o chuveiro. Isso acontece porque a ducha, diferente do chuveiro, recebe a água já aquecida e distribui amplamente.

O chuveiro tem uma resistência para aquecer a água, isso faz com que tenha uma vazão menor de água e temperaturas de aquecimento limitadas. Na ducha você pode, se quiser, regular a temperatura de acordo com seu gosto, o que deixa o banho mais prazeroso e personalizado.

Como a ducha recebe a água aquecida?

Isso acontece por meio do aquecedor a gás. Este equipamento é um recurso tecnológico usado em grande escala tanto na Europa como nos Estados Unidos.  A água passa por um sistema de serpentina, entrando em processo de aquecimento. Se você está imaginando um aparelho enorme, está enganado. São compactos e ficam bem escondidos na lavanderia do apartamento.

No aquecedor a gás digital você pode decidir a temperatura ideal. É você que personaliza seu banho. Além disso você pode mudar diretamente na ducha, acrescendo água fria caso queira diminuir a temperatura.

O Aquecedor a gás pode aquecer as torneiras da casa, e claro a do banheiro também. Acordar cedo num dia frio com água quente é sinônimo de muito conforto e comodidade. Existem diversos tipos de aquecedores a gás, para residências, casas de campo e chácaras. Para ambientes com mais de dois chuveiros, assim como apartamentos. Nesse caso é importante lembrar que os apartamentos novos já  possuem toda infraestrutura para instalação.

Espero que este artigo possa te dar ideias e sugestões de como ter uma banho mais agradável.

Se você interessou pelo aquecedor a gás descubra mais neste artigo:

Aquecedor a gás para Apartamento: Tudo que você precisa saber para ter um

 

 

Tomar banho. Aquele momento tão esperado do dia. Você chegou na sua casa ou apartamento após ter dado um duro o dia todo. Ter matado o leão como dizem por aí. Caiu no sofá da sala, e a única coisa que veio a sua mente foi: – quero tomar um bom banho.

Tomar banho para os egípcios, há mais de 2000 anos, era um ato sagrado. Uma forma de purificar o espírito. A ideia de tomar banho apenas como uso higiênico limita a oportunidade de fazer desse momento algo terapêutico e revigorante para o corpo e a alma.

Você já parou para pensar se realmente está tomando um bom banho? Esse momento tem sido de bem-estar na sua vida? Seu banho lhe proporciona conforto e alívio?

Confira agora se você está deixando esse momento tão importante do seu dia de lado.

 

Banheiro com o visual desinteressante e sem decoração

Um banheiro mal decorado não estimula a sensação de bem-estar

Muitas pessoas, deixam a decoração do banheiro em último lugar. Escolhem um bonitinho piso para o banheiro, vasos e pias que combinem e pronto.  Tratam o banheiro como um momento corriqueiro do dia a dia, sem muita importância.

O ambiente favorece ou perturba nossa sensação de conforto. Pode transformar o seu humor, seu bem-estar e proporcionar satisfação ou não.

Quando o banheiro não tem vida, você quer sair e entrar rapidamente. Banheiros com aspectos frios, possuem uma decoração excessivamente clean.  Não existem componentes pessoais no banheiro, como quadros, flores, objetivos de arquitetura. Iluminação intimista ou mesmo adesivos decorativos com temas de identidade pessoal, temas que você gosta.

 

Banheiros tumultuados

 

A bagunça no banheiro passa uma sensação de desconforto

Esses são transformados em depósitos. Você encontra de tudo. A desorganização é total. Você também quer entrar e sair rapidamente. O piso tem cores diversas, misturadas e gritantes, como marrom, rosa e vermelho. Tapetes em excesso. Shampoos, condicionadores e cremes espalhadas no box, muitos até vazios. Isso causa incômodo, e torna o banho desconfortável. Imagine tomar banho neste bagunça.

 

Banheiro com iluminação excessiva

 

Banheiro com iluminação forte não permite a sensação de descanso na hora do banho

Banheiro com Iluminação direta e intensa causa stress. Deixa o corpo em alerta. É exatamente o contrário do que deve proporcionar o momento do banho. Além de estimular a irritação e o desconforto visual. Um banheiro com uma única iluminação no teto, não irá proporcionar um ambiente agradável na hora do banho.

 

Uso de sabonetes, shampoos e condicionadores comuns

 

Produtos de beleza que servem apenas para a higienização não trazem conforto no banho

Como assim? Não devo usar sabonetes, shampoos e condicionadores? Se você deseja tomar banho com conforto, esse não é o melhor caminho. Esses produtos comuns podem até servir para sua higienização, mas não despertam seus sentidos por meio do cheiro, da textura. Não cuidam da pele, dos pelos, cabelos, de forma a proporcionar frescor, aroma, e o aconchego tão importante para um bom banho.

 

Tomar banho de chuveiro elétrico

 

O chuveiro elétrico tem vazão de água limitada

Este é o grande vilão na hora de tomar banho. Pode parecer que não, mas o chuveiro elétrico não foi feito para quem deseja ter um banho confortável.

Sua vazão de água reduzida não oferece a sensação de massagem por meio da queda d´água. Isso porque a pressão do chuveiro é baixa. Além disso a maioria dos chuveiros não possuem inclinação regulável. Seu cano fica preso na parede e por isso a água cai em pé, ou seja, o chuveiro não fica virado para quem está tomando banho.

Você já teve aquela sensação que apenas uma parte do seu corpo está recebendo água e outra não, uma parte está quente outra fria. E tem mais, o chuveiro é limitado quanto a temperatura, são apenas três: quente, morno e frio, ou seja, você não consegue personalizar a temperatura da água como você deseja, de acordo com seu gosto.

A maioria dos chuveiros não possuem pressão da água. Fator que determina o conforto e a qualidade do seu banho e o quanto vai proporcionar de descanso e relaxamento. Se o seu banho não fornece a possibilidade de pressão forte, temperatura e queda d’água personalizadas a sua preferência, o seu conforto no banho está infelizmente comprometido.

Em busca do banho ideal  

Na correria do dia-a-dia muitas vezes acabamos negligenciando nosso conforto e isso acaba impactando na nossa qualidade de vida. Viver bem muitas vezes é uma escolha pessoal de boas práticas. De escolher o melhor para você e sua família.

Se você ao ler este artigo se identificou, não perca tempo e descubra como ter um banho confortável lendo esse artigo que separamos para você.  

Banho confortável: 4 dicas para transformar completamente seu banho

tomar-banho-ducha-aquecenorte
Saiba como ter um banho confortável na sua casa ou apartamento

Vazão de água é o primeiro fator que devemos analisar na hora de adquirir um aquecedor a gás. Ela diz respeito a capacidade do equipamento em fornecer água quente, ou seja, quantos litros de água quente por minuto o equipamento consegue fornecer. Esse valor pode variar bastante dependendo do tipo, modelo e marca.

Os modelos de aquecedores mecânicos costumam variar de 7 a 20 litros de vazão de água por minuto. Já os aquecedores digitais variam de 12 a 46 litros por minuto. Abaixo explicaremos como você pode dimensionar a capacidade certa de um aquecedor a gás para sua casa:

 

Dimensionamento

vazao-de-agua-aquece-norte
É importante saber a quantidade de torneiras com água quente

Vazão de água, você sabe qual a ideal para você?

Isso vai depender do tipo e da quantidade de pontos de água quente você tem na sua casa. E quando estamos falando de residências, os tipos de pontos de água basicamente se resumem a duchas e torneiras.

Para simplificar, costumamos começar pela quantidade de banheiros, já que o aquecedor a gás é usado principalmente para o aquecimento da água de banho. Assim sabemos a quantidade de duchas.

Uma ducha costuma ter em média 10 litros de vazão de água por minuto. Como muitas residências também possuem torneiras de lavabos e pias com água quente, também precisamos calcular a vazão das torneiras. Torneiras padrões costumam ter cerca de 4 litros por minuto de vazão.

Conclusão: sabendo a quantidade de pontos de água e sua vazão correspondente fica fácil saber qual a capacidade do aquecedor a gás ideal para sua casa.

 

Exemplo:

Um apartamento com 1 banheiro + 1 lavabo com água quente vai precisar de um aquecedor com pelo menos 14L/min de vazão de água .

  • 1 ducha (10 l/min) + 1 torneira (4 l/min cada) = 14 litros por minuto.

Simples, não?

 

Simultaneidade

vazao-de-agua-ducha-aquece-norte
É preciso saber a vazão de cada ducha usadas simultaneamente

Na fase de dimensionamento (quando você está calculando qual a capacidade correta para seu aquecedor a gás) é muito importante levar em conta qual será o uso simultâneo dos pontos de água quente.

Será que na sua casa as duas duchas serão usadas ao mesmo tempo? E as torneiras? Será que enquanto alguém toma banho uma segunda pessoa vai lavar louça com água quentinha?

Se a sua casa possui 3 banheiros, mas só 2 serão usados simultaneamente, não tem porque investir em um aquecedor que suporte os 3. A não ser, é claro, que futuramente você preveja o uso do terceiro banheiro simultaneamente com os outros dois.

Calcule apenas o que de fato você e sua família vão usar pode te poupar dinheiro. Afinal, quanto maior a capacidade de vazão do aquecedor, maior também o seu custo.

 

Exemplo:

Sua residência possui 3 banheiros. Em cada banheiro além da ducha você também tem água quente nas torneiras do lavabo. Se formos dimensionar o volume total de água quente com todos os pontos, a conta ficaria assim:

  • 3 duchas (10 l/min) + 3 torneiras (4 l/min cada) = 42 litros por minuto.

Mas vamos considerar que nessa residência, somente 2 pessoas tomarão banho ao mesmo tempo e ninguém usará nenhum dos lavabos. Nossa conta fica assim:

  • 2 duchas (10 l/min) = 20 litros por minuto.

Nesse caso, nossa demanda real é por um aquecedor com menos da metade da capacidade que dimensionamos inicialmente. Na prática, economizamos aqui, uma média maior que 4 mil reais.

Bastante, não é? Por isso é importante dimensionar corretamente de acordo com sua necessidade.

 

Vazão da ducha

vazao-de-agua-ducha-torneira-aquece-norte
Cada tipo de ducha tem sua vazão máxima

Acima, usamos 10 litros por minuto como base para calcular a vazão das duchas. No entanto, temos uma variedade de modelos de duchas que podem variar consideravelmente essa vazão.

Alguns modelos bem comuns possuem entre 12 e 15 litros de vazão de água. E, atualmente, devido à crise hídrica, também encontramos no mercado, versões econômicas de até 8 litros por minuto.

A crise hídrica também popularizou os redutores de vazão: pequenas peças, instaladas dentro da ducha, responsáveis por diminuir consideravelmente a vazão final. Nesses casos, uma ducha com 10, 12 litros pode ficar com 7 ou 8 litros por minuto.

Seja na hora de comprar uma ducha nova, seja o caso de você já ter alguma instalada na sua casa, é importante saber exatamente sua vazão. Caso contrário seu dimensionamento pode ficar incorreto. Em caso de dúvidas, consulte o fabricante da sua ducha.

 

Vazão do ralo

vazao-de-agua-ducha-torneira-banheira-aquece-norte
O ralo do banheiro deve ser capaz de drenar a vazão de água

Algo que muita gente costuma esquecer de levar em conta é a vazão de água do ralo do boxe. Do que adianta você investir em um bom aquecedor com uma boa ducha, mas seu boxe transbordar e inundar seu banheiro a cada banho? E isso é mais comum do que parece, principalmente no caso de duchas de alta-vazão.

Uma ducha muito popular hoje em dia é a Acqua Plus, fabricada pela Deca. Essa ducha possui em média 20 l/min, mas dependendo da pressão da água, pode chegar até incríveis 60 l/min. Isso é mais água do que muitos ralos dão conta de drenar.

Por isso, na hora de investir em uma ducha de alta-vazão, fique bastante atento à vazão do seu ralo. Em especial, com ralos lineares.

Muitas vezes você encontrará o valor de vazão do ralo medido em litros por segundos. Nesse caso, para comparar com a vazão da sua ducha, basta multiplicar por 60.

 

O que acontece se você usar mais água do que seu aquecedor suporta?

Ok, você dimensionou seu aquecedor de acordo com a vazão das duchas e torneiras assim como seu uso simultâneo. Mas o que acontece se você usar mais água do que seu aquecedor suporta?

Simples. A água vai sair mais fria do que o configurado no aparelho. Essa queda de temperatura será proporcional ao volume de água além do limite de vazão do aquecedor, ou seja, quanto mais água você exigir do equipamento além de sua capacidade, mais fria ela fica.

Uma maneira bem simples de visualizar o problema é imaginar uma chaleira de água. Considerando uma mesma boca do seu fogão, será muito mais rápido ferver 200 ml de água do que 1 litro, não é?

Pois é. O princípio no aquecedor é o mesmo. Quanto mais água passar pelo equipamento (daí o nome real do equipamento: aquecedor de passagem) mais dificuldade ele terá para aquecer a água.

 

Servo-válvula

Alguns aquecedores digitais são equipados com uma servo-válvula, uma peça responsável pelo controle de fluxo de água. Nesse caso, o equipamento divide sua capacidade total de vazão entre os pontos de água abertos. Isso significa que mesmo que você abra mais pontos de água quente do que normalmente, o aquecedor suporta. Ele mantém a temperatura configurada no equipamento; então, ao invés da temperatura da água cair, é o seu volume de água que vai diminuir.

Por exemplo, se você possui um aquecedor a gás com 12 l/min de vazão de água e abrir 2 duchas de 10 l/min cada, será enviado somente 6 litros por minuto de água quente para cada ducha. Então, mesmo que você abra todo o registro das duchas, ambas terão pouco volume de água (quase a metade de sua capacidade total), mas permanece a temperatura estipulada no display digital do aquecedor.

Dessa forma, o aquecedor garante a entrega da temperatura, mesmo que isso comprometa a pressão e a volume de água.

Saber qual tipo de gás é utilizado em um equipamento é fundamental para sua segurança. Explicamos agora os tipos de gás e qual é mais adequado para você!

Antes de adquirir um aquecedor a gás, fogão ou secadora de roupa a gás é importante saber qual tipo de gás você tem disponível na sua residência.

Caso você não saiba pode acabar comprando um equipamento incorreto e tendo que gastar dinheiro com uma conversão depois.

Esses equipamentos trabalham basicamente com dois tipos de gás: Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) e Gás Natural (GN).

Abaixo falaremos um pouco de cada um com suas vantagens e desvantagens e te ajudamos a identificar qual é o tipo usado na sua residência.

Cada tipo de gás pede um aquecedor diferente
Cada tipo de gás pede um aquecedor diferente

Tipos de Gás | GLP – Gás Liquefeito de Petróleo

Também conhecido como gás de cozinha ou gás de botijão, é o tipo de gás mais comum no Brasil e está presente na grande maioria das residências.

Consiste de uma mistura gasosa obtida do processo de refino de petróleo cru (daí o nome).

Essa mistura gasosa possui uma característica especial que facilita sua transformação em líquido. Depois é acondicionado dentro de cilindros ou botijões. O resultado é um gás mais pesado que o natural, pois ele é mais denso que o ar.

Tanto o GLP quanto o GN, não possuem cheiro em sua forma primária. Por segurança e para que qualquer vazamento seja percebido rapidamente, ambos são odorizados. Cada um com suas substâncias, justamente para que passem a ter cheiros bem característicos.

Detalhes do GLP

Seu valor costuma ser um pouco mais em conta que o gás natural, já que recebe um subsídio da Petrobras. Seu uso pode ser limitado, principalmente em apartamentos. É ilegal armazenar botijões de gás dentro de apartamentos. Isso pode colocar você e sua família em risco.

De acordo com o Decreto 24.714/1987 o armazenamento de botijões e cilindros em edificações do município de São Paulo deverá ocorrer em área exclusiva destinada. Que deve possuir uma boa ventilação permanente. Situada em um local externo à edificação. Precisam estar a pelo menos 1,5m de distância de tomadas e instalações elétricas.

Para garantir a segurança todos esses procedimentos devem ser estritamente seguidos, de preferência por uma equipe especializada no manuseio de gás.

Quando se usa GLP, há de se levar em conta fatores que são fundamentais para o bom funcionamento do sistema e dos equipamentos, como:

  • Dimensionamento da demanda de consumo de acordo com os equipamentos a serem utilizados (aquecedores a gás, fogão, forno, cooktop, sauna lareira, secadora a gás);
  • Dimensionamento de quantos cilindros são necessários, para que haja a correta vaporização do gás. Isso evita o congelamento e eventual saída de oleína;
  • Tipo e modelos de regulador de gás (Alta ou baixa pressão);
  • Modelo de medidor de gás (quando se faz necessário);
  • Dimensionamento da tubulação de gás;
    Gás GLP
    Gás GLP

Tipos de Gás | GN – Gás Natural

Também conhecido como gás encanado, é fornecido por empresas distribuidoras. Variam de estado para estado. Em São Paulo por exemplo, a empresa distribuidora é a Comgás.  

O gás natural é um combustível fóssil encontrado na natureza. A chama costuma ser estável devido sua distribuição ser feita através de uma rede de tubulação de forma direta e ininterrupta. A regulagem é feita dentro de cada imóvel.

Apesar da sua instalação inicial ser mais complexa, depois de instalado seu uso é mais prático. Sem a necessidade de se preocupar com trocas ou reabastecimento de botijões e cilindros.

Por esse motivo a grande maioria dos edifícios novos já são construído com toda a infraestrutura necessária para utilização de gás natural.Tipos de gás

Ainda não sabe qual dos tipos de gás utilizar?

Se mesmo com essas informações você ainda não souber qual o tipo de gás do seu apartamento entre em contato com seu síndico ou zelador. Essa informação também pode ser encontrada normalmente no manual da construtora.  

Você não conseguiu obter a informação? Entre em contato com a fornecedora de gás da sua cidade para verificar se o seu imóvel é abastecido pela empresa. Em São Paulo, por exemplo, a Comgás atende através do seu telefone 24 horas: 0800 110 197

Conversão de Gás

Talvez lendo esse artigo você tenha descoberto que adquiriu o equipamento errado para seu tipo de gás. Ou ainda esteja se mudando para um lugar que usa o outro tipo de gás. Pode ser que seu condomínio inteiro vai trocar todo o sistema.

Seja como for, não se desespere. É possível converter um equipamento originalmente de um tipo de gás para o outro. E em ambos os casos: de GLP para GN ou de GN para GLP. A conversão depende de cada equipamento, mas normalmente exige a troca de alguns componentes e uma nova regulagem.

Aquecedores a gás mecânicos

Em aquecedores a gás mecânicos geralmente são trocados os bicos injetores. A quantidade de bicos varia de acordo com a marca, o modelo, a capacidade e o manípulo de gás.Tipos de gás

Aquecedores a gás digitais

Já em aquecedores a gás digitais o processo é mais complexo e exige profissionais extremamente competentes.

Geralmente é necessária a troca do manifold, que consiste em um monobloco de metal que já possui os bicos injetores integrados formando uma única peça. O restritor de vazão de ar. A reconfiguração da placa eletrônica e a regulagem da válvula de gás com manômetro de coluna d’água.

Em ambos os casos uma etiqueta de identificação da conversão é adicionada ao equipamento. Assim numa futura manutenção qualquer técnico fica devidamente informado que o equipamento originalmente era de um tipo de gás e foi convertido para outro.

É extremamente importante que esse tipo de serviço seja sempre executado por empresas especializadas e autorizadas pela própria marca do seu equipamento.

Caso contrário, além de perder a garantia do seu aquecedor a gás, você também pode estar colocando sua família em risco.

O que você achou de saber mais sobre os tipos de gás disponíveis no mercado e qual é mais adequado para seu uso? Tem alguma dica, dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário abaixo!