A manutenção preventiva dos aquecedores a gás são a revisão geral e a limpeza do equipamento. Como o nome sugere, é um serviço realizado no equipamento para evitar problemas futuros. O que poucas pessoas sabem é que, em alguns casos, a manutenção preventiva também pode corrigir alguns problemas com o aquecedor a gás.

Nessa postagem citaremos alguns desses problemas que a manutenção preventiva pode tanto evitar, quanto corrigir.

 

Manutenção Preventiva em Aquecedores a gás digitais

No caso dos aquecedores a gás digitais é fácil identificar o problema e sua possível solução, pois todos os modelos exibem o autodiagnóstico em seu display na forma de códigos. Chamados de código de erro que podem variar um pouco de acordo com a marca e o modelo do aquecedor a gás.

Muitas vezes esses códigos de erro são confundidos com uma mudança repentina na temperatura. No entanto o indicador de que não se trata da temperatura é o fato desse número ficar piscando.

 

Código 90

Marcas: Rheem (fabricação japonesa); Rinnai; Yume; Bosch e Harman

Esse código está relacionado as seguintes situações:

  • problemas de exaustão;
  • obstrução do trocador de calor;
  • ventoinha e/ou filtro de entrada de ar.

Na prática, a grande maioria desses problemas são causados pelo acúmulo de resíduos no aquecedor. Em outras palavras: sujeira.

Por isso que a manutenção preventiva é recomendada tanto para evitar que seu aquecedor a gás apresente o código 90 quanto para corrigi-lo.

manutencao_preventiva
Aquecedor a Gás Digital parcialmente desmontado

Marcas: Rheem (fabricação japonesa); Rinnai; Bosch e Harman

Este código de erro é bastante similar ao código 90, mas ao invés de acontecer antes de ligar a chama, o código 99 indica um problema depois de ligar a chama.

Também é um problema causado por sujeira. Assim a manutenção preventiva, que consiste na verificação geral e limpeza do aquecedor, costuma resolver a grande maioria dos casos.

 

Código 1L

Marcas: Rheem (fabricação japonesa)

Esse código só é exibido em aquecedores Rheem de fabricação japonesa. Ele diz respeito à obstrução interna da serpentina causado por carbonatos ou outros minerais que acabam diminuindo e/ou restringindo a passagem de água.

Com a limpeza executada na manutenção preventiva esse problema é solucionado.

 

Código 10

Marcas: Rinnai

O código de erro 10 é referente a problemas com a ventoinha ou a obstrução do fluxo.

A manutenção preventiva costuma solucionar problemas envolvendo a ventoinha, já que em sua maioria a causa é sujeira.

 

Código 14

Marcas: Rinnai

O código 14 consiste normalmente em um problema com fusível de temperatura ou termostato. Ocorre especialmente em casos de uso comercial, onde a demanda é muito maior e as aletas, responsáveis pela condução da água através da câmera de combustão, ficam obstruídas e causem um superaquecimento.

Nesse caso específico a manutenção preventiva resolve o problema.

manutencao_preventiva

Código 61

Marcas: Rinnai

Essa ocorrência envolve a ventoinha. Porém dessa vez é referente a um conector solto ou rompido.

A manutenção preventiva corrige e também previne esse problema já que uma revisão geral é feita em todo equipamento, verificando cabos e conectores.

 

Código E5

Marcas: Rheem (fabricação chilena)

Este código alerta para falhas na pressão do vento. Sendo um sinal de problema na ventoinha.

É bem comum que a ventoinha acumule muita sujeira o que acaba comprometendo sua rotação. Se for o caso, a limpeza da manutenção preventiva desobstrui a ventoinha que volta a rotacionar de maneira correta.

manutencao_preventiva
Ventoinha Suja X Limpa

Código E2:

Marcas: Lorenzetti

O problema que esse código acusa é muito parecido com o Código E5 dos aquecedores Rheem. É uma falha na ventoinha, normalmente causada por sujeira.

 

Manutenção Preventiva em Aquecedores a gás mecânicos

Apesar de alguns modelos de aquecedores a gás mecânicos possuírem display digital, responsáveis por mostrar limitadas informações como temperatura, diferente dos aquecedores digitais, nenhum deles possui a função de autodiagnóstico.

Por esse motivo a manutenção preventiva é ainda mais importante no caso dos aquecedores mecânicos. Já que seus problemas são mais difíceis de identificar.

Sintomas

Chama alaranjada

Um dos poucos sinais prévios que os aquecedores mecânicos possuem de que não estão funcionando corretamente é a coloração da chama. Por isso praticamente todos os modelos possuem um visor frontal onde você pode verificar isso com facilidade quando o aquecedor estiver em funcionamento.

É importante que a coloração da chama seja sempre azulada. Isso demonstra que a queima está ocorrendo de maneira correta.

Se seu aquecedor tiver uma chama alaranjada é sinal de que algo está errado. Nesses caso a manutenção preventiva costuma resolver.

De qualquer maneira se a chama do seu aquecedor não estiver azulada é importante que você procure uma assistência técnica autorizada para verificar isso.

 

Manutenção Preventiva nas Duchas e torneiras

A manutenção preventiva também pode ajudar no funcionamento correto das duchas e torneiras da sua residência.

Sintomas

A diminuição de vazão em duchas e/ou torneiras específicas.

Esse problema costuma acontecer por conta da sujeira que se acumula nas duchas e torneiras com o uso. A manutenção preventiva,  inclui a limpeza das duchas e torneiras alimentadas pelo aquecedor a gás.

 

A importância da Manutenção Preventiva

Vale frisar que todos os fabricantes de aquecedores a gás recomendam enfaticamente que essa manutenção seja feita a cada ano no caso de uso residencial e a cada seis meses para o uso comercial.

Isso prolonga a vida útil do aquecedor e, como visto nessa postagem, podem evitar vários aborrecimentos que sempre costumam acontecer quando mais precisamos.

Ficou com dúvida sobre o que é exatamente feito nesse tipo de serviço? Nesse artigo listamos tudo que fazemos. Acesse clicando aqui!

E você, a quanto tempo não faz uma manutenção preventiva no seu aquecedor?

 

[pt_view id=”e1df4823k0″]

Diariamente atendemos diversos clientes e uma dúvida bastante comum é “como escolher o aquecedor a gás”.

As dúvidas são muitas na verdade:

  • Qual a capacidade ideal do aquecedor?

  • Qual o tipo de gás?

  • Qual o melhor modelo de aquecedor: digital ou mecânico?

  • Minha residência precisa se pressurizador?

Por esse motivo desenvolvemos esse e-book que te ensinará de maneira bem simples como escolher o melhor aquecedor a gás para suas necessidades.

O que você vai descobrir neste e-book:

  • Dimensionar a capacidade do aquecedor descobrindo quais modelos são os melhores para as suas duchas e torneiras;
  • Identificar o tipo de gás da sua casa;
  • Entender se sua residência já possui estrutura necessária para suportar aquecedores a gás;
  • Dicas sobre as melhores marcas e modelos.
  • Escolhendo o aquecedor ideal para sua casa

como_escolher_o_aquecedor

 

Baixe nosso ebook gratuitamente clicando aqui!

 

[pt_view id=”cf03bf0bmr”]

 

 

Aquecedor a gás, muita gente já ouviu falar das vantagens de ter um casa, mas fica com receio de fazer a instalação do equipamento. As dúvidas são referentes à segurança, gastos, instalação e até mesmo ao próprio funcionamento do aquecedor.

No Brasil, cada vez mais pessoas optam pelo equipamento de aquecimento de água a gás e ficam satisfeitas com a comodidade. O uso desses aparelhos já é comum nos Estados Unidos, Japão e países da Europa. Neste artigo, vamos esclarecer 8 vantagens de se instalar um aquecedor a gás na sua casa. Acompanhe:

1. Você terá um banho quente e relaxante com o aquecedor a gás

Nada mais gostoso do que chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalho e poder tomar um banho de qualidade! Água com bastante pressão, vazão constante e bem quentinha você só consegue com um sistema de aquecedor de água a gás.

aquecedor_a_gas
Garantia de banho quente

Ao contrário do chuveiro elétrico, um banho com ducha aquecida a gás traz muito conforto. Sem exageros, podemos dizer que é um banho de um hotel cinco estrelas! Você e sua família merecem! Você sabia que um banho quente de qualidade faz bem para a saúde? Relaxa os músculos, além de regenerar a nossa pele, eliminando as células mortas.

O aquecimento a gás permite que a água da sua ducha atinja temperaturas mais altas e em grande volume em comparação com o chuveiro elétrico. Esse é um fator que deve ser considerado nos dias mais frios de inverno em que o desempenho do chuveiro elétrico é bastante ruim!

Aposto que você já vivenciou a experiência de ter que tomar banho com uma vazão pequena para conseguir a água na temperatura mais quente em dias mais frios. Não é nada agradável!

Banho quente sempre

Outro benefício do aquecimento a gás é a garantia de ter sempre um banho quente, mesmo se a sua casa ficar sem energia, como em dias de temporal, por exemplo.

E você não precisa se preocupar com o funcionamento do equipamento: ele aciona sozinho, de forma automática, na hora que você quiser a água quente.

2. Você terá água quente também nas torneiras

Ao instalar um aquecedor a gás na sua casa, não é só a sua ducha que terá água quentinha! Você pode ter água quente nas torneiras também, para lavar o rosto logo cedo é um conforto e tanto! De manhã ainda está frio e ninguém merece ter que lavar o rosto com água gelada, não é mesmo?

Na torneira da cozinha, ter água quente ajuda e muito na limpeza da louça porque fica bem mais fácil a remoção de gordura de seus utensílios. Além disso, nos dias frios ninguém vai ter que por a mão na água fria na hora de lavar pratos e panelas!

Aparelho atende vários pontos da sua residência

Se você tiver vários pontos de água quente, como torneiras, banheira e até mais de um chuveiro, a tecnologia do aquecedor a gás consegue atender toda a sua demanda. Dessa forma, ninguém precisa ficar esperando outra pessoa terminar o banho para poder ligar seu chuveiro.

aquecedor_a_gas
Água quente em vários pontos da sua casa

O único cuidado é procurar uma revenda especializada antes de comprar, escolhendo um equipamento com a capacidade para todos os pontos da sua casa ou apartamento!

3. Sua conta de energia vai diminuir usando o aquecedor a gás

Todo mundo sabe que o vilão da sua conta de energia é o chuveiro elétrico. O aparelho responde por um quarto do total de gastos de energia da sua casa!

Com um aquecedor a gás você pode tomar banho sem se preocupar com a conta de luz no final do mês.  O preço do gás é barato no Brasil em comparação com a energia elétrica. Em uma família com quatro pessoas, por exemplo, a economia com o aquecimento de água a gás é grande.

O gasto é mínimo

A energia que você vai consumir com o aquecedor a gás é somente para o acionamento e dispositivos de segurança, ou seja, o gasto é muito pequeno.

Então, mesmo que você ainda considere alto o custo com a instalação, saiba que você terá contas de energia mais baratas com um aquecedor a gás. Faça os cálculos e verá a economia que vai fazer, além de trazer mais conforto para sua vida!

4. Fique tranquilo: não é necessário ter um espaço grande para a instalação do aquecedor a gás!

Os aquecedores de água a gás podem ser instalados em casa ou apartamentos, mesmo os menores, já que o equipamento não vai ocupar muito espaço. Os aparelhos não são grandes, possuem um design moderno e seu peso não ultrapassa os 20 kg.

O lugar de instalação geralmente é na parede da sua lavanderia, ou seja, um local mais escondido da sua casa. Em caso de manutenção, o aquecedor de água a gás pode ser retirado com facilidade.

Ao decidir comprar um aquecedor a gás, escolha uma empresa especializada. Você receberá a orientação necessária para saber o que precisará ser feito na hidráulica da sua casa, já que o aquecedor de água a gás precisa ter uma tubulação para a água fria e outra para a água quente, além da tubulação para o gás. Em condomínios de apartamentos mais novos, certamente já terá toda essa infraestrutura para a passagem de gás.

Mas não se preocupe: uma equipe especializada realiza todas as mudanças para você desfrutar desse sistema de aquecimento de água.

5. Aquecedor a gás possui um funcionamento simples

A tecnologia torna muito fácil o manuseio do aquecedor a gás. No mercado, as versões mais atuais são digitais, ou seja, possuem um display com todas as informações sobre seu funcionamento.

Mesmo quem não tem muita facilidade com aparatos tecnológicos, se sentirá bastante à vontade com um modelo digital. No display, torna-se fácil monitorar a temperatura da água, vazão, número de vezes em que o equipamento foi acionado, dentre outras funções.

Você sabia que o display aponta até algum problema com o aparelho? Isso mesmo: caso algo não esteja funcionando bem, ele mostra um código de erro, tornando fácil a solução.  Vamos reforçar aqui que somente um técnico especializado pode fazer a manutenção.

6. Você estará adquirindo um equipamento durável

Os aquecedores de água a gás têm uma alta durabilidade! As versões digitais podem durar de 15 a 30 anos! Os modelos de funcionamento mecânico têm vida útil de 8 a 10 anos.

Porém, para aproveitar ao máximo a durabilidade do seu equipamento, é necessário realizar a manutenção todos os anos. É uma ação preventiva em que um técnico especializado realiza a limpeza do seu aquecedor a gás e faz a verificação minuciosa de todos os componentes, como os sensores de segurança.

Quando se pensa no chuveiro, por exemplo, você não precisará se preocupar com a troca periódica da resistência como acontece no chuveiro elétrico.

7. Os aquecedores a gás são bastante seguros

Muitas pessoas têm medo do sistema de aquecimento a gás por conta de vazamentos e intoxicações por monóxido de carbono. Fique tranquilo: a tecnologia desses equipamentos garante a sua segurança, visto que eles possuem um sensor corta gás, caso seja necessário.

Você tem receio do choque elétrico com o chuveiro que funciona com a energia elétrica? Pois bem, com o aquecedor a gás você não corre mais esse risco.

Tecnologia de ponta

Como dissemos acima, os aquecedores a gás são amplamente utilizados no exterior. Os consumidores brasileiros podem ficar tranquilos porque a tecnologia daqui é similar a dos equipamentos utilizados nos Estados Unidos, Europa e Japão.

A dica é escolher um aparelho que atenda todos os pontos de água quente da sua casa. Uma revenda especializada em aquecedores a gás vai fornecer as orientações necessárias para que você adquira o melhor produto.

Ao decidir pela compra do seu equipamento, escolha um de marcas consagradas no mercado e de revendedores especializados, que realizam a venda com garantia para que você fique tranquilo.

Aquecedor a gás digital

Os equipamentos mais modernos de aquecimento de água a gás são digitais, trazendo bastante comodidade para o consumidor. Apresentam display digital e alguns são operados por controle remoto, ou seja, você pode controlar a temperatura da água a uma certa distância. Faça uma pesquisa entre as marcas e descubra os diferenciais de cada uma.

Certificação do Inmetro

aquecedor_a_gas
aquecedor-a-gas-aquece-norte

Todos os aquecedores a gás vendidos no mercado nacional possuem a certificação do Inmetro, o que atesta sua segurança. Por isso, só adquira aparelhos certificados! O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) coloca ainda um selo de eficiência energética que vai de A a G, sendo o “A” considerado como mais eficiente. Você compra o equipamento já sabendo que o gasto com energia será pequeno!

Segundo a ABAGAS, Associação Brasileira de Aquecimento a Gás, para garantir a segurança do aparelho de aquecimento a gás, a instalação e manutenção regular dos equipamentos devem ser feitas por profissionais habilitados e credenciados e de acordo com as normas técnicas.

8. Você estará cuidando do meio ambiente

Ao optar por um equipamento que reduz o consumo de energia elétrica, você automaticamente passa a ter uma atitude sustentável. Sabemos o quanto a geração de energia por usina hidrelétrica e principalmente termelétrica causa danos ao meio ambiente!

Você pode questionar quanto ao gasto de água para o aquecimento de água. É uma dúvida pertinente quando se trata de aquecedores a gás. Porém, de acordo com a ABAGAS, Associação Brasileira de Aquecimento a Gás, para evitar o desperdício de água é só optar por duchas de menor vazão. Além disso, realize o ajuste correto da temperatura da água de acordo com o clima. Assim, você evita o uso de muita água fria para diminuir a temperatura de um banho que está quente demais.

Está construindo ou deseja fazer modificações na sua residência, escolha instalar um sistema de aquecimento a gás. O conforto de um banho quente e relaxante em qualquer situação, bem como água quente nas torneiras faz toda diferença no seu dia a dia e da sua família. Além de reduzir os gastos na sua conta de energia!

Para você não esquecer listamos aqui as oitos vantagens:

  • Banho quente e relaxante
  • água quente nas torneiras
  • reduz os gastos com conta de energia
  • pequeno espaço para instalação do equipamento
  • fácil de operar
  • alta durabilidade
  • alta segurança
  • reduz impactos no meio ambiente

Entre em contato com a Aquecenorte e conheça os tipos de aquecedores a gás. A empresa trabalha com as melhores marcas e uma equipe especializada! Faça um orçamento sem compromisso!

Esclarecemos todos os pontos sobre os aquecedores de água a gás? Se tiver outras dúvidas em relação a esses equipamentos, deixe abaixo seu comentário no post!

 

[pt_view id=”52ce646f9a”]

 

Vazão de água é o primeiro fator que devemos analisar na hora de adquirir um aquecedor a gás. Ela diz respeito a capacidade do equipamento em fornecer água quente, ou seja, quantos litros de água quente por minuto o equipamento consegue fornecer. Esse valor pode variar bastante dependendo do tipo, modelo e marca.

Os modelos de aquecedores mecânicos costumam variar de 7 a 20 litros de vazão de água por minuto. Já os aquecedores digitais variam de 12 a 46 litros por minuto. Abaixo explicaremos como você pode dimensionar a capacidade certa de um aquecedor a gás para sua casa:

 

Dimensionamento

vazao_de_agua
É importante saber a quantidade de torneiras com água quente

Vazão de água, você sabe qual a ideal para você?

Isso vai depender do tipo e da quantidade de pontos de água quente você tem na sua casa. E quando estamos falando de residências, os tipos de pontos de água basicamente se resumem a duchas e torneiras.

Para simplificar, costumamos começar pela quantidade de banheiros, já que o aquecedor a gás é usado principalmente para o aquecimento da água de banho. Assim sabemos a quantidade de duchas.

Uma ducha costuma ter em média 10 litros de vazão de água por minuto. Como muitas residências também possuem torneiras de lavabos e pias com água quente, também precisamos calcular a vazão das torneiras. Torneiras padrões costumam ter cerca de 4 litros por minuto de vazão.

Conclusão: sabendo a quantidade de pontos de água e sua vazão correspondente fica fácil saber qual a capacidade do aquecedor a gás ideal para sua casa.

 

Exemplo:

Um apartamento com 1 banheiro + 1 lavabo com água quente vai precisar de um aquecedor com pelo menos 14L/min de vazão de água.

  • 1 ducha (10 l/min) + 1 torneira (4 l/min cada) = 14 litros por minuto.

Simples, não?

 

Simultaneidade

vazao_de_agua
É preciso saber a vazão de cada ducha usadas simultaneamente

Na fase de dimensionamento (quando você está calculando qual a capacidade correta para seu aquecedor a gás) é muito importante levar em conta qual será o uso simultâneo dos pontos de água quente.

Será que na sua casa as duas duchas serão usadas ao mesmo tempo? E as torneiras? Será que enquanto alguém toma banho uma segunda pessoa vai lavar louça com água quentinha?

Se a sua casa possui 3 banheiros, mas só 2 serão usados simultaneamente, não tem porque investir em um aquecedor que suporte os 3. A não ser, é claro, que futuramente você preveja o uso do terceiro banheiro simultaneamente com os outros dois.

Calcule apenas o que de fato você e sua família vão usar pode te poupar dinheiro. Afinal, quanto maior a capacidade de vazão do aquecedor, maior também o seu custo.

 

Exemplo:

Sua residência possui 3 banheiros. Em cada banheiro além da ducha você também tem água quente nas torneiras do lavabo. Se formos dimensionar o volume total de água quente com todos os pontos, a conta ficaria assim:

  • 3 duchas (10 l/min) + 3 torneiras (4 l/min cada) = 42 litros por minuto.

Mas vamos considerar que nessa residência, somente 2 pessoas tomarão banho ao mesmo tempo e ninguém usará nenhum dos lavabos. Nossa conta fica assim:

  • 2 duchas (10 l/min) = 20 litros por minuto.

Nesse caso, nossa demanda real é por um aquecedor com menos da metade da capacidade que dimensionamos inicialmente. Na prática, economizamos aqui, uma média maior que 4 mil reais.

Bastante, não é? Por isso é importante dimensionar corretamente de acordo com sua necessidade.

 

Vazão de água da ducha

vazao_de_agua
Cada tipo de ducha tem sua vazão máxima

Acima, usamos 10 litros por minuto como base para calcular a vazão das duchas. No entanto, temos uma variedade de modelos de duchas que podem variar consideravelmente essa vazão.

Alguns modelos bem comuns possuem entre 12 e 15 litros de vazão de água. E, atualmente, devido à crise hídrica, também encontramos no mercado, versões econômicas de até 8 litros por minuto.

A crise hídrica também popularizou os redutores de vazão: pequenas peças, instaladas dentro da ducha, responsáveis por diminuir consideravelmente a vazão final. Nesses casos, uma ducha com 10, 12 litros pode ficar com 7 ou 8 litros por minuto.

Seja na hora de comprar uma ducha nova, seja o caso de você já ter alguma instalada na sua casa, é importante saber exatamente sua vazão. Caso contrário seu dimensionamento pode ficar incorreto. Em caso de dúvidas, consulte o fabricante da sua ducha.

 

Vazão de água do ralo

vazao_de_agua
O ralo do banheiro deve ser capaz de drenar a vazão de água

Algo que muita gente costuma esquecer de levar em conta é a vazão de água do ralo do boxe. Do que adianta você investir em um bom aquecedor com uma boa ducha, mas seu boxe transbordar e inundar seu banheiro a cada banho? E isso é mais comum do que parece, principalmente no caso de duchas de alta-vazão.

Uma ducha muito popular hoje em dia é a Acqua Plus, fabricada pela Deca. Essa ducha possui em média 20 l/min, mas dependendo da pressão da água, pode chegar até incríveis 60 l/min. Isso é mais água do que muitos ralos dão conta de drenar.

Por isso, na hora de investir em uma ducha de alta-vazão, fique bastante atento à vazão do seu ralo. Em especial, com ralos lineares.

Muitas vezes você encontrará o valor de vazão do ralo medido em litros por segundos. Nesse caso, para comparar com a vazão da sua ducha, basta multiplicar por 60.

 

O que acontece se você usar mais água do que seu aquecedor suporta?

Ok, você dimensionou seu aquecedor de acordo com a vazão das duchas e torneiras assim como seu uso simultâneo. Mas o que acontece se você usar mais água do que seu aquecedor suporta?

Simples. A água vai sair mais fria do que o configurado no aparelho. Essa queda de temperatura será proporcional ao volume de água além do limite de vazão do aquecedor, ou seja, quanto mais água você exigir do equipamento além de sua capacidade, mais fria ela fica.

Uma maneira bem simples de visualizar o problema é imaginar uma chaleira de água. Considerando uma mesma boca do seu fogão, será muito mais rápido ferver 200 ml de água do que 1 litro, não é?

Pois é. O princípio no aquecedor é o mesmo. Quanto mais água passar pelo equipamento (daí o nome real do equipamento: aquecedor de passagem) mais dificuldade ele terá para aquecer a água.

 

Servo-válvula

Alguns aquecedores digitais são equipados com uma servo-válvula, uma peça responsável pelo controle de fluxo de água. Nesse caso, o equipamento divide sua capacidade total de vazão entre os pontos de água abertos. Isso significa que mesmo que você abra mais pontos de água quente do que normalmente, o aquecedor suporta. Ele mantém a temperatura configurada no equipamento; então, ao invés da temperatura da água cair, é o seu volume de água que vai diminuir.

Por exemplo, se você possui um aquecedor a gás com 12 l/min de vazão de água e abrir 2 duchas de 10 l/min cada, será enviado somente 6 litros por minuto de água quente para cada ducha. Então, mesmo que você abra todo o registro das duchas, ambas terão pouco volume de água (quase a metade de sua capacidade total), mas permanece a temperatura estipulada no display digital do aquecedor.

Dessa forma, o aquecedor garante a entrega da temperatura, mesmo que isso comprometa a pressão e a volume de água.

A compra de um aquecedor a gás é um momento muito importante já que esse é um tipo de investimento que não se faz a toda hora. Ao escolher esse parceiro dos seus banhos quentes, você estará optando entre duas versões, o  aquecedor de gás digital e o mecânico.

Ambos os tipos de aquecedores tem suas vantagens e desvantagens, mas quem decide o que mais vale a pena para a sua família é você. Queremos te auxiliar a decidir qual o melhor equipamento a partir das suas necessidades e possibilidades. Afinal, investir de forma errada no aquecedor pode comprometer o seu bolso, a sua saúde e segurança.  

Confira aqui todas as informações mais importantes para te auxiliar na hora de encontrar um novo aquecedor a gás.

aquecedor_a_gas_digital
A qualidade do seu banho depende muito do seu aquecedor!

Display do aquecedor a gás digital

Todos os equipamentos digitais mostram uma diversidade de informações úteis. São elas a temperatura da água, e até os códigos de erro que facilitam bastante na solução de ocasionais dificuldades com o equipamento. Em alguns modelos é possível até monitorar funções como:

  • temperatura de saída e entrada;
  • vazão de água;
  • rotação da ventoinha;
  • quantidade de vezes que o aparelho foi acionado;
  • tempo total de funcionamento.

O fato de qualquer problema (externo ou do próprio equipamento) gerar um código de erro através do seu display facilita muito sua correção. Seja algo simples como uma válvula de gás fechada ou até algo muito mais complexo que exija a troca de algum componente interno. Lembrando que qualquer manutenção no equipamento deve ser executada sempre por uma empresa autorizada, de acordo com o manual ou site do fabricante.

Já os aquecedores mecânicos não possuem esse tipo de controle na mão do consumidor. Alguns modelos são equipados com um display digital que nada mais é do que um termômetro digital. No entanto, o controle de temperatura e acionamento são manuais, por isso continuam sendo equipamentos mecânicos. Isso não caracteriza esses equipamentos como aquecedores digitais ou “semi-digitais”. Portanto, preste a atenção nas demais características de cada modelo para não pagar mais caro por algo que você não precisava.

Capacidade do aquecedor a gás

Mesmo os aquecedores mecânicos de maior capacidade só possuem no máximo vazão de água de 20 litros/ minuto. Isso é suficiente para atender  duas duchas com vazão padrão de 10 litros/ minuto. Sem falar que aquecedores com tecnologia mecânica não possuem um display digital onde você pode configurar exatamente a temperatura da água. Isso obriga você a regular manualmente a quantidade de água e gás.

Na prática, a maioria das pessoas costuma regular o equipamento para uma temperatura alta abrindo um pouco de água fria para tentar acertar na qualidade do banho. Isso, muitas vezes, causa mais um problema: a oscilação da temperatura. Essa variação ocorre por conta do desequilíbrio hidráulico: a água fria, que via de regra é mais densa e tem mais pressão que a água quente, acaba entrando no misturador dificultando a passagem da água quente impedindo-a completamente, a ponto do aquecedor desligar.

Outro ponto que afeta a capacidade dos aquecedores mecânicos é a chama fixa. Isso significa que a temperatura do banho vai variar bastante de acordo com a quantidade de água que passa pelo aquecedor. A chama responsável por aquecer a água não se adéqua automaticamente ao seu volume. Essa é a verdade por trás da dificuldade de acertar uma temperatura confortável pro banho. Portanto, aquecedores mecânicos não são os mais indicados para atender pontos simultâneos.

Desviadores afetam o desempenho do aquecedor a gás

Por exemplo: se você estiver com dois pontos de água quente abertos simultaneamente e depois fechar um, o que continuar aberto terá um aumento na temperatura. Afinal, a quantidade de água que passa no aquecedor será menor. Caso você não tome cuidado, isso pode causar desconforto e até acidentes devido a temperatura mais elevada.

Isso acontece com frequência no uso de chuveirinhos, pois com a vazão de água bem menor ele tende a aquecer mais. Nessas situações é bem comum, além do susto, o desviador também desligar o aquecedor a gás.

Esse pode ser um problema já que o desviador é bastante utilizado para o banho de crianças pequenas e idosos, devido a sua facilidade de manuseio. Portanto recomendamos que se você utiliza ou pretende utilizar o chuveirinho opte por um aquecedor a gás digital.

aquecedor_a_gas_digital
Os aquecedores a gás digitais e mecânicos possuem algumas particularidades que fazem diferença no seu dia a dia!

Vazão e temperatura da água no aquecedor a gás digital e mecânico

Já os aquecedores digitais possuem uma ampla faixa de modelos que variam desde 12 l/min até 47,5 l/min de vazão. Modelos de alta vazão são capazes de atender até 4 duchas simultaneamente. O tamanho da chama aumenta ou diminui automaticamente de acordo com a demanda de água, então não importa se você abrir mais pontos de água simultaneamente. Esse equipamento conseguirá manter a temperatura configurada e fará isso de maneira automática.

Nos aquecedores a gás mecânicos a temperatura e vazão da água devem ser controladas manualmente através de botões mecânicos. Já nos aquecedores a gás digitais você tem um display eletrônico onde poderá configurar a temperatura exata da água. O equipamento fará o controle do fluxo de gás de maneira automática. A grande vantagem aqui é poder digitar exatamente a temperatura mais confortável para seu banho sem grandes dificuldades.

Você não precisará ficar abrindo mais ou menos água e misturando com água fria para chegar em uma temperatura que te agrade. O equipamento é inteligente e vai te entregar a temperatura configurada independentemente da quantidade de água que você abrir.

Outra coisa que só é possível em aquecedores a gás digitais é a possibilidade de instalar dois ou mais equipamentos em série. Isso permite atingir uma capacidade de vazão maior do que apenas um único aquecedor a gás poderia.

Esse tipo de sistema de aquecimento é bem comum em hotéis, hospitais e academias.

Sistema de exaustão

É importante frisar que a grande maioria dos modelos mecânicos possui exaustão natural. Ou seja, os aquecedores mecânicos expulsam os gases queimados pelo duto de exaustão apenas com ajuda da força do empuxo.

Aquecedores a gás mecânicos costumam ter uma grande limitação quando instalados em apartamentos. Isso porque a instalação de modelos de exaustão natural não é recomendada acima do quarto andar. A circulação de ar, que costuma ser mais forte em altitudes mais altas, entra pelo terminal e percorre o duto de exaustão do equipamento. Assim, a chama sofre interferência, podendo até apagá-la completamente, desligando o aquecedor e danificando componentes. É importante ressaltar que a garantia do equipamento não cobre esse tipo de dano. Além de ser considerado um dano natural, isso quer dizer que ele foi instalado fora das normas.

Já os aquecedores a gás digitais possuem uma ventoinha que expele os gases para fora numa espécie de exaustão forçada. Na prática, esse tipo de equipamento é muito mais eficiente e seguro do que os modelos com exaustão natural. Sem falar que podem ser instalados em qualquer andar, sem a preocupação do vento interferir com sua chama.

Instalação do aquecedor a gás

Os equipamentos de exaustão natural necessitam de um terminal de exaustão com um diâmetro mínimo que seja igual ou maior que o aquecedor a ser adquirido.

Por exemplo: se o terminal de exaustão for de 100mm e o aquecedor escolhido for de 130mm, tecnicamente fica impossibilitado de realizar esta instalação. Como a saída de gás queimado seria maior do que o terminal, parte do gás queimado retornaria para o ambiente. Além disso, também é necessário a altura mínima de 35 cm entre a parte superior do aquecedor a gás e a parte inferior da primeira curva de exaustão.

Isso pode ser um verdadeiro empecilho na instalação, pois nem todos os locais possuem espaço suficiente. Especialmente em apartamentos onde as áreas de serviço – locais bastante comuns para instalação de aquecedores a gás – costumam ser bem apertadas. Outro problema costumeiro é que nem todas as construtoras levam isso em conta na hora de construir a infraestrutura das saídas de água e gás, instalando-os em posições desfavoráveis.

Possível alteração na hora de instalar

Caso esse seja o seu caso, você precisará de um serviço de “rebaixamento dos pontos”. Consiste numa estrutura de extensores de canos e hastes que permitem que o aquecedor seja instalado numa posição mais baixa que os pontos de saída de água e gás originalmente deixados pelas construtoras. O problema é que nem sempre isso é uma opção viável pois, muitas vezes, existem cubas, tanques ou armários logo abaixo dos pontos de água e gás. Também deve-se levar em conta que esta adaptação exige um investimento maior na instalação por conta dos materiais e mão de obra que acabam aumentando.

É importante ressaltar que esse tipo de alteração só é necessário porque nos aquecedores a gás de exaustão natural o gás precisa de uma distância mínima para ganhar força e sair pelo duto.

Outra coisa que pode dificultar o gás queimado de sair pelo duto de exaustão são trechos com distância superior a 2 metros e/ou com mais do que duas curvas com ângulo de 90º. É terminantemente proibido curvas negativas.  Uma vez que o gás não consiga sair, ele se acumulará no duto e com o tempo retornará para o ambiente. Posteriormente pode invadir outros cômodos da residência colocar sua saúde em risco. Vale lembrar que esse gás queimado não é só nocivo para nossa saúde, mas também para a saúde de animais domésticos como gatos, cachorros e pássaros.

aquecedor_a_gas_digital
Ambientes ventilados e espaço livre são muito importantes na instalação do seu aquecedor.

Sistemas de segurança do aquecedor a gás digital 

Aquecedores digitais são extremamente seguros. São equipados com complexos sistemas de segurança, responsáveis por desligar o equipamento caso haja qualquer anormalidade evitando assim acidentes. Veja alguns deles abaixo:   

  • Sensor de temperatura de água:

Corta a passagem de gás desligando o equipamento caso a água atinja uma temperatura superior à programada no sistema de segurança;

  • Sensor de chama:

Caso este sensor percebe a ausência da chama, ele imediatamente desliga o equipamento cortando a passagem de gás;

  • Sensor de fluxo de água:  

Este sensor requer uma vazão e pressão mínima de água para o acionamento do aquecedor. Caso não haja passagem de água pelo equipamento é impossível o equipamento funcionar. Evita que o equipamento funcione sem que haja passagem de água, o que danificaria o equipamento.

Eficiência de cada aquecedor

Por possuir uma tecnologia mais simples e trabalhar apenas com controles manuais, os aquecedores mecânicos são significativamente menos eficientes que os digitais. Isso, com certeza, irá aumentar o cálculo da sua conta de gás no final do mês e provavelmente até na conta de água.

Já os aquecedores digitais possuem sistemas eletrônicos inteligentes que otimizam o consumo de gás de maneira automática. Isso porque utilizam gás proporcionalmente ao volume de água a ser aquecido. Esse uso mais inteligente do gás ajuda a baixar os gastos no fim do mês.

Fonte de energia

A maioria dos modelos de aquecedores mecânicos possuem um sistema de exaustão natural e não possuem placa eletrônica. Esse é o motivo de dispensarem o uso de tomadas e utilizarem no lugar uma ou duas pilhas grandes como fonte de alimentação. Sendo assim, você continuará a tomar banho quente mesmo com queda de energia elétrica.

Em contrapartida, os aquecedores mecânicos precisam de trocas de pilhas frequentes. Isso costuma acontecer a cada 6 meses, porém depende bastante da frequência de uso do equipamento. É importante ter pelo menos um par reserva em casa para não correr o risco de ficar sem banho quente depois de um dia cansativo de trabalho.

Já os aquecedores digitais são equipados com uma placa eletrônica, display digital e uma ventoinha responsável pela exaustão forçada dos gases queimados do aparelho, portanto necessitam de uma tomada. Isso significa que em caso de queda de energia elétrica, seu banho quente não acontecerá. Talvez isso seja um empecilho se você mora em locais onde longos períodos sem eletricidade são comuns.

Uma solução é o uso de um nobreak. Nobreaks são dispositivos alimentados a bateria e que são capazes de fornecer energia elétrica por um certo tempo. Como os aquecedores digitais têm um baixo consumo elétrico, este equipamento é capaz de proporcionar vários banhos mesmo com quedas de eletricidade frequentes.

aquecedor_a_gas_digital
Como cada aquecedor utiliza uma fonte de energia diferente, pense bastante antes da aquisição.

Durabilidade do aquecedor a gás digital e mecânico

Por conta dos seus componentes de alta qualidade, a vida útil de aquecedores digitais costumam variar de 15 a 30 anos. Já nos aquecedores mecânicos esse tempo varia entre 8 a 10 anos.

São equipamentos de alta durabilidade, mas temos que ressaltar a importância de alguns cuidados. Todos os fabricantes, sem exceção, recomendam a execução de uma manutenção preventiva no aparelho uma vez por ano.

A manutenção preventiva consiste em uma limpeza total do equipamento, além da verificação de válvulas, dutos e sensores de segurança. Borrachas de vedação também são substituídas nesse processo que costuma desmontar cerca de 75% do equipamento.

Esse tipo de serviço não só permite que a extensão total de vida útil do equipamento seja aproveitada, mas também evita dores de cabeça futuras.

Mas lembre-se sempre de contratar apenas empresas autorizadas pelo fabricante do aquecedor a gás para executar esse serviço. Caso contrário, além de comprometer sua garantia, você pode estar colocando sua residência em risco. Afinal, serviços mal executados podem causar acidentes.

Garantia do aquecedor a gás digital e mecânico

Como dissemos acima, os componentes dos aquecedores digitais são de alta qualidade, por isso todos os fabricantes oferecem uma garantia de fábrica de 3 anos (para uso residencial).

Já equipamentos mecânicos possuem apenas 2 anos de garantia, independente do fabricante.

Mas fique atento, essa garantia só é mantida se o aquecedor a gás for instalado dentro das normas de segurança vigentes. Caso contrário, você perde esse direito. Por isso, é muito importante contratar apenas empresas autorizadas para realizar a instalação e manutenção do seu equipamento.

Valores

Aquecedores mecânicos possuem uma tecnologia bem mais simples que seus equivalentes digitais. Apesar de alguns modelos possuírem exaustão forçada, a maioria usa a exaustão natural e tem baixa capacidade. Por esses motivos seu valor tende a ser mais baixo. No entanto, essa diferença de valor não costuma ser muito grande já que a alta demanda dos aquecedores a gás digitais ajudou a equiparar os valores de ambos os tipos de equipamento.

aquecedor_a_gas_digital
Os valores mudam conforme a tecnologia aplicada a cada aquecedor.

.Resumindo…

Aquecedor a Gás Mecânico

Vantagens

  • Mais barato
  • Funciona a pilha (no caso dos equipamentos de exaustão natural)

Desvantagens

  • Menos eficiente: gasta mais gás
  • Temperatura fixa: não modula a chama quando um segundo ponto é aberto simultaneamente
  • Suscetível a desligar com o vento.
  • Limitação de capacidade
  • Limitações técnicas de instalação
  • Dificuldade em acertar a temperatura

Aquecedor a Gás Digital

– Vantagens

  • Mais eficiente, gasta menos
  • Chama auto-modulante, adapta-se automaticamente a necessidade de água
  • Controle de temperatura preciso
  • Rigorosos sistemas de segurança
  • Display digital que exibe temperatura e código de erro
  • Alta capacidade de vazão
  • Maior durabilidade
  • Mais tempo de garantia

– Desvantagens

  • Valor de investimento um pouco superior
  • Precisa de energia elétrica para funcionar

Comprar um aquecedor a gás pode parecer tarefa difícil, mas a Aquecenorte tem tudo que você precisa para investir de verdade num equipamento que vale a pena. Converse com alguns dos nossos vendedores e tire todas as suas dúvidas!

 

[pt_view id=”52ce646f9a”]