Conheça mais sobre o sistema de recirculação de água quente e seus benefícios

Conheça mais sobre o sistema de recirculação de água quente e seus benefícios
Thiago Beato Por:
Data de postagem Tempo aproximado de leitura 8 min
Powered by Cia Web Sites

Se você possui um sistema de aquecimento de água a gás, sabe bem como é gostoso poder usufruir de um banho com uma alta vazão e extremamente relaxante. Ele traz diversos benefícios para o corpo e para a mente, sendo não apenas um momento de limpeza do corpo como também de renovação da mente. Porém um problema “assola” muitos usuários: A demora para a água quente sair na hora do banho. Nesses casos o mais indicado é a instalação de um sistema de recirculação de água quente.

Ele é recomendado para o reaproveitamento da água que circula pelas tubulações e chega até o aparelho.

Nesse artigo nós vamos explorar o funcionamento do  sistema de recirculação de água quente, também conhecido como sistema de retorno de água. Iremos apresentar aspectos como seus benefícios, o aspecto econômico, o conforto térmico e a instalação do respectivo sistema.

Conhecendo mais sobre o sistema de recirculação de água quente

Antes de mais nada, é necessário entender os preceitos básicos do sistema de recirculação de água quente. Quando você abre o registro de uma ducha ou torneira, precisa esperar que a água fria da tubulação saia antes da chegada da água quente. Consequentemente essa água fria que sai da tubulação antes da água quente chegar acaba indo para o ralo sem uso. E é aqui que o desperdício de água começa a ser um problema.

Quanto maior o comprimento das tubulações entre o aquecedor (seja aquecimento a gás, solar ou elétrico) mais água ficará acumulada na tubulação e maior será o desperdício. Quando o sistema de aquecimento estiver próximo do ponto de consumo de água quente, essa espera pode ser de alguns poucos segundos, mas se a distância for muito grande isso pode passar a minutos. Dois minutos, três minutos e em casos extremos até 5 ou 6 minutos. Isso acontece bastante no caso de casas grandes e empreendimentos comerciais como hotéis e academias.

O que o sistema de recirculação de água quente faz é pegar toda essa água que fica acumulada na tubulação entre o sistema de aquecimento e os pontos de consumo e devolver para o aquecedor para que ela seja reaquecida.

sistema de recirculação de água quente

Composição do sistema de recirculação de água quente

Como vocês podem ver na imagem acima o sistema de recirculação de água quente é simples. Ele é composto por um controlador digital, uma eletrobomba de circulação e um sensor de temperatura. Em alguns casos também teremos um vaso de expansão, mas eles são necessário apenas em sistemas maiores.

Controlador digital

O controlador digital é o componente responsável por comandar todo sistema. É aqui onde faremos as configurações e programações necessária para o uso do sistema, sendo responsável por ligar e desligar a eletrobomba. Ele também será responsável por mostrar em seu display digital informações úteis como a temperatura da água.

Eletrobomba de circulação

Como explicamos acima a água fria fica acumulada na tubulação. É a eletrobomba que fará com que essa água acumulada circule e volte até o aquecedor a gás para ser reaquecida. Trata-se de uma bomba pequena e de baixa potência, responsável apenas por fazer a água andar.

Sensor de temperatura

O sensor de temperatura é responsável por ler a temperatura da água que corre através da tubulação e enviar essa leitura para o controlador digital.

Vaso de expansão

Como mencionamos acima o vaso de expansão normalmente não está presente em sistemas residenciais. Ele só é necessário em sistemas maiores como os usados em hotéis, escolas, academias, restaurantes e afins. É responsável por absorver o excesso de pressão que esse tipo de sistema pode produzir.

Como funciona o sistema de recirculação de água quente

Como falamos acima o que o sistema de recirculação faz é pegar a água fria acumulada na tubulação e retorna-la até o sistema de aquecimento. No entanto, como se trata de um sistema eletrônico, podemos ajustá-lo para ser acionado de diversas maneiras.

https://youtu.be/MUCKPIpZlwc

Acionamento manual

Essa é a maneira mais básica de usarmos esse sistema. Aqui o usuário aciona o sistema manualmente através de um botão alguns poucos minutos antes de tomar banho. Dessa maneira, quando for finalmente tomar banho a água já estará pré-aquecida.

Acionamento por diferencial de temperatura

Nesse caso programamos uma temperatura, 38 graus é o padrão mais comum de uso. Então o sensor de temperatura ligado ao sistema, que fica lendo a temperatura da água que passa na tubulação, liga o sistema toda vez que detectar uma diferença de 5 graus que no exemplo dado é de 33 graus. Quando o sensor detectar que a água atingiu os 38ºC dará um comando que vai desligar o sistema.

Powered by Cia Web Sites

Resumindo: quando a água estiver com 33ºC o sistema liga e aquece a água. Quando a água atingir 38ºC ou acima o sistema desliga. Obviamente essas temperaturas podem ser programadas para atender a demanda de cada cliente.

Esse método de acionamento é bastante usado em demandas comerciais como academias, hotéis, hospitais e lugares onde se precisa de água quente e imediata todo o tempo. É o mais confortável de todos, porém como o sistema se liga todo o tempo é o que produz mais gasto também.

Acionamento por faixas de horário

Esse é o mais comum e mais econômico método de acionamento do sistema de recirculação de água quente. Nesse método programamos certos horários para que o sistema ligue. Essa programação é baseada no hábito de banho dos moradores da residência. Por exemplo, digamos que você e sua família tomem um banho todos os dias pela manhã antes de ir para o trabalho ou para a escola. Então você pode programar para que o sistema ligue todos os dias as 6h30 da manhã. Assim quando as pessoas forem tomar banho as 7h a água já estará pré-aquecida.

E um benefício desse sistema é também respeitar a programação de diferencial de temperatura que descrevemos acima. Sendo assim, mesmo dentro das faixas de horário programadas, o sistema só ligará se a temperatura da água acumulada na tubulação estiver baixa.

E você pode fazer várias programações que respeitem o dinamismo de uma família. Podemos ter programações para manhã, tarde, noite e até fins de semanas.

sistema de recirculação de água quente

Economia de água

Como salientamos no artigo anterior a demora da água quente chegar até as duchas causa um grande desperdício de água. Alguns dos nossos clientes já relataram demora de 5 minutos. Isso gera um desperdício de 50 a 60 litros de água em média por banho. Se colocarmos na ponta do lápis numa casa com quatro pessoas estamos falando de 12.000 a 14.000 litros de água por mês. É muita água desperdiçada.

Isso não é só um impacto para o meio ambiente como é um impacto no bolso.

Agora com o sistema de recirculação de água quente todo esse desperdício chega ao fim. Com ele a água já estará quente quando abrir o registro e você não vai mais ter que observar todo aquele dinheiro descendo pelo ralo.

Maior conforto na hora do banho

Se a economia de água não fosse benefício suficiente você ainda terá muito mais conforto na hora do seu banho. Chega de esperar vários minutos até a água esquentar. Aqui você abre o registro e a água já estará quente. Ótimo para dias que você está com pressa, seja porque está atrasado ou porque está muito frio. A vida é curta demais para desperdiçarmos esperando a água esquentar!

Instalação do sistema de recirculação de água quente

É muito importante entender os preceitos básicos para a instalação de um sistema de retorno. A partir do último ponto de consumo, o sistema de retorno “puxa” água fria da tubulação de água quente. Dessa forma fazendo com que o sistema de aquecimento reponha água quente na tubulação.

Para a instalação desse tipo de sistema é necessário um sistema de aquecimento central como os aquecedores a gás, aquecedores solares ou boilers e também uma linha de retorno.

A linha de retorno consiste numa tubulação que interligue o ponto de consumo mais distante ao sistema de aquecimento, formando assim um anel. É como se tivéssemos uma tubulação de ida e outra de volta. Essa tubulação será responsável por conduzir a água fria armazenada na tubulação para de volta ao sistema de aquecimento para ser reaquecida.

sistema de recirculação de água quente
sistema de recirculação de água quente

Considerações na hora de adquirir o seu sistema de recirculação de água quente

Para que você faça a escolha mais segura e adequada para a sua casa ou apartamento, é muito importante contratar um serviço especializado. Dessa forma você garante as melhores informações e recomendações de acordo com o local de instalação. Além disso você também garante que as normas de segurança sejam respeitadas corretamente.

Algumas pessoas não desejam instalar um sistema de recirculação de água quente no apartamento por causa de espaço, já que a eletrobomba de circulação e o sistema de automação acabam ocupando espaço no sistema. Mas saiba que você pode optar pelo Rinnai Smartstart. Trata-se de um aparelho que unifica todos esses itens que citamos acima. (Mas isso é assunto para outro artigo).

O que você achou da opção do sistema de recirculação de água quente? Ele é a solução ideal para você otimizar o uso do seu aquecedor a gás. E ainda possibilita ter água quente no seu chuveiro ou ducha de forma rápida e satisfatória. Preencha o formulário de orçamento, acabe com o desperdício de água e ainda obtenha água quente de forma imediata no seu banho!

Powered by Cia Web Sites

48 comentários em "Conheça mais sobre o sistema de recirculação de água quente e seus benefícios"

  1. JOSE HOMERO DE SOUZA disse:

    Oi, bom dia!!

    Tenho um sistema de circulação que liga em período específicos, no entanto, se a bomba acionar e o chuveiro estiver ligado, a bomba pegar ar. Como posso fazer para que essa bomba não fique pegando ar?

    1. Ivan Barion disse:

      Bom dia José, tudo bem?

      Nesse caso o ideal é instalar uma válvula eliminadora de ar no circuito de retorno.

      Recomendo o senhor contratar um encanador pra isso, para que ele possa analisar o local mais propício para essa instalação.

  2. Hiromiti disse:

    Dá pra construir um sistema de recirculação pra casa com aquecimento solar de agua (boyler) e pressurizador?
    A casa ainda está sendo projetada, então é tranquilo incluir a tubulação de retorno.
    Precisaria de um equipamento extra além do pressurizador?

    1. Ivan Barion disse:

      Boa tarde Hiromiti, tudo bem?

      É possível utilizar um sistema de recirculação de água com qualquer sistema central de aquecimento. Seja um boiler ou um aquecedor de passagem.

      Os equipamentos necessários são os descritos no tópico “Composição do sistema de recirculação de água quente” desse mesmo artigo. Que no caso são:

      – Controlador digital: que vai determinar quando a recirculação vai acontecer;
      – Bomba de circulação: que será responsável por fazer essa água se movimentar pelo anel de recirculação;
      – Sensor de temperatura: que é ligado ao controlador;
      – Vaso de expansão: que é necessário dependendo das condições do local e lidará com a expansão da água.

      É importante separar a bomba pressurizadora instalada para aumentar a pressão da água da bomba de circulação responsável por fazer a água recircular pelo anel. São funções diferentes em locais diferentes com acionamentos diferentes. A bomba pressurizadora, por exemplo, irá acionar quando a pressão cair (no caso do sistema de pressostato) ou quando houver fluxo de água (no caso de fluxostato). Já a bomba de circulação é acionada por comando do controlador.

      Consegui sanar suas dúvida?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja notificado sobre
nossas novidades e promoções
  • Conheça mais sobre o sistema de recirculação de água quente e seus benefícios
  • Conheça mais sobre o sistema de recirculação de água quente e seus benefícios
Precisa de ajuda? Converse conosco