Conheça mais sobre o sistema de recirculação de água quente e seus benefícios

Se você possui um sistema de aquecimento de água a gás, sabe bem como é gostoso poder usufruir de um banho com uma alta vazão e extremamente relaxante. Ele traz diversos benefícios para o corpo e para a mente, sendo não apenas um momento de limpeza do corpo como também de renovação da mente. Porém um problema “assola” muitos usuários: A demora para a água quente sair na hora do banho. Nesses casos o mais indicado é a instalação de um sistema de recirculação de água quente.

Ele é recomendado para o reaproveitamento da água que circula pelas tubulações e chega até o aparelho.

Nesse artigo nós vamos explorar o funcionamento do  sistema de recirculação de água quente, também conhecido como sistema de retorno de água. Iremos apresentar aspectos como seus benefícios, o aspecto econômico, o conforto térmico e a instalação do respectivo sistema.

Conhecendo mais sobre o sistema de recirculação de água quente

Antes de mais nada, é necessário entender os preceitos básicos do sistema de recirculação de água quente. Quando você abre o registro de uma ducha ou torneira, precisa esperar que a água fria da tubulação saia antes da chegada da água quente. Consequentemente essa água fria que sai da tubulação antes da água quente chegar acaba indo para o ralo sem uso. E é aqui que o desperdício de água começa a ser um problema.

Quanto maior o comprimento das tubulações entre o aquecedor (seja aquecimento a gás, solar ou elétrico) mais água ficará acumulada na tubulação e maior será o desperdício. Quando o sistema de aquecimento estiver próximo do ponto de consumo de água quente, essa espera pode ser de alguns poucos segundos, mas se a distância for muito grande isso pode passar a minutos. Dois minutos, três minutos e em casos extremos até 5 ou 6 minutos. Isso acontece bastante no caso de casas grandes e empreendimentos comerciais como hotéis e academias.

O que o sistema de recirculação de água quente faz é pegar toda essa água que fica acumulada na tubulação entre o sistema de aquecimento e os pontos de consumo e devolver para o aquecedor para que ela seja reaquecida.

sistema-de-recirculacao-de-agua-quente

Composição do sistema de recirculação de água quente

Como vocês podem ver na imagem acima o sistema de recirculação de água quente é simples. Ele é composto por um controlador digital, uma eletrobomba de circulação e um sensor de temperatura. Em alguns casos também teremos um vaso de expansão, mas eles são necessário apenas em sistemas maiores.

Controlador digital

O controlador digital é o componente responsável por comandar todo sistema. É aqui onde faremos as configurações e programações necessária para o uso do sistema, sendo responsável por ligar e desligar a eletrobomba. Ele também será responsável por mostrar em seu display digital informações úteis como a temperatura da água.

Eletrobomba de circulação

Como explicamos acima a água fria fica acumulada na tubulação. É a eletrobomba que fará com que essa água acumulada circule e volte até o aquecedor a gás para ser reaquecida. Trata-se de uma bomba pequena e de baixa potência, responsável apenas por fazer a água andar.

Sensor de temperatura

O sensor de temperatura é responsável por ler a temperatura da água que corre através da tubulação e enviar essa leitura para o controlador digital.

Vaso de expansão

Como mencionamos acima o vaso de expansão normalmente não está presente em sistemas residenciais. Ele só é necessário em sistemas maiores como os usados em hotéis, escolas, academias, restaurantes e afins. É responsável por absorver o excesso de pressão que esse tipo de sistema pode produzir.

Como funciona o sistema de recirculação de água quente

Como falamos acima o que o sistema de recirculação faz é pegar a água fria acumulada na tubulação e retorna-la até o sistema de aquecimento. No entanto, como se trata de um sistema eletrônico, podemos ajustá-lo para ser acionado de diversas maneiras.

Acionamento manual

Essa é a maneira mais básica de usarmos esse sistema. Aqui o usuário aciona o sistema manualmente através de um botão alguns poucos minutos antes de tomar banho. Dessa maneira, quando for finalmente tomar banho a água já estará pré-aquecida.

Acionamento por diferencial de temperatura

Nesse caso programamos uma temperatura, 38 graus é o padrão mais comum de uso. Então o sensor de temperatura ligado ao sistema, que fica lendo a temperatura da água que passa na tubulação, liga o sistema toda vez que detectar uma diferença de 5 graus que no exemplo dado é de 33 graus. Quando o sensor detectar que a água atingiu os 38ºC dará um comando que vai desligar o sistema.

Resumindo: quando a água estiver com 33ºC o sistema liga e aquece a água. Quando a água atingir 38ºC ou acima o sistema desliga. Obviamente essas temperaturas podem ser programadas para atender a demanda de cada cliente.

Esse método de acionamento é bastante usado em demandas comerciais como academias, hotéis, hospitais e lugares onde se precisa de água quente e imediata todo o tempo. É o mais confortável de todos, porém como o sistema se liga todo o tempo é o que produz mais gasto também.

Acionamento por faixas de horário

Esse é o mais comum e mais econômico método de acionamento do sistema de recirculação de água quente. Nesse método programamos certos horários para que o sistema ligue. Essa programação é baseada no hábito de banho dos moradores da residência. Por exemplo, digamos que você e sua família tomem um banho todos os dias pela manhã antes de ir para o trabalho ou para a escola. Então você pode programar para que o sistema ligue todos os dias as 6h30 da manhã. Assim quando as pessoas forem tomar banho as 7h a água já estará pré-aquecida.

E um benefício desse sistema é também respeitar a programação de diferencial de temperatura que descrevemos acima. Sendo assim, mesmo dentro das faixas de horário programadas, o sistema só ligará se a temperatura da água acumulada na tubulação estiver baixa.

E você pode fazer várias programações que respeitem o dinamismo de uma família. Podemos ter programações para manhã, tarde, noite e até fins de semanas.

sistema-de-recirculacao-de-agua-quente

Economia de água

Como salientamos no artigo anterior a demora da água quente chegar até as duchas causa um grande desperdício de água. Alguns dos nossos clientes já relataram demora de 5 minutos. Isso gera um desperdício de 50 a 60 litros de água em média por banho. Se colocarmos na ponta do lápis numa casa com quatro pessoas estamos falando de 12.000 a 14.000 litros de água por mês. É muita água desperdiçada.

Isso não é só um impacto para o meio ambiente como é um impacto no bolso.

Agora com o sistema de recirculação de água quente todo esse desperdício chega ao fim. Com ele a água já estará quente quando abrir o registro e você não vai mais ter que observar todo aquele dinheiro descendo pelo ralo.

Maior conforto na hora do banho

Se a economia de água não fosse benefício suficiente você ainda terá muito mais conforto na hora do seu banho. Chega de esperar vários minutos até a água esquentar. Aqui você abre o registro e a água já estará quente. Ótimo para dias que você está com pressa, seja porque está atrasado ou porque está muito frio. A vida é curta demais para desperdiçarmos esperando a água esquentar!

Instalação do sistema de recirculação de água quente

É muito importante entender os preceitos básicos para a instalação de um sistema de retorno. A partir do último ponto de consumo, o sistema de retorno “puxa” água fria da tubulação de água quente. Dessa forma fazendo com que o sistema de aquecimento reponha água quente na tubulação.

Para a instalação desse tipo de sistema é necessário um sistema de aquecimento central como os aquecedores a gás, aquecedores solares ou boilers e também uma linha de retorno.

A linha de retorno consiste numa tubulação que interligue o ponto de consumo mais distante ao sistema de aquecimento, formando assim um anel. É como se tivéssemos uma tubulação de ida e outra de volta. Essa tubulação será responsável por conduzir a água fria armazenada na tubulação para de volta ao sistema de aquecimento para ser reaquecida.

sistema-de-recirculacao-de-agua-quente
sistema de recirculação de água quente

Considerações na hora de adquirir o seu sistema de recirculação de água quente

Para que você faça a escolha mais segura e adequada para a sua casa ou apartamento, é muito importante contratar um serviço especializado. Dessa forma você garante as melhores informações e recomendações de acordo com o local de instalação. Além disso você também garante que as normas de segurança sejam respeitadas corretamente.

Algumas pessoas não desejam instalar um sistema de recirculação de água quente no apartamento por causa de espaço, já que a eletrobomba de circulação e o sistema de automação acabam ocupando espaço no sistema. Mas saiba que você pode optar pelo Rinnai Smartstart. Trata-se de um aparelho que unifica todos esses itens que citamos acima. (Mas isso é assunto para outro artigo).

O que você achou da opção do sistema de recirculação de água quente? Ele é a solução ideal para você otimizar o uso do seu aquecedor a gás. E ainda possibilita ter água quente no seu chuveiro ou ducha de forma rápida e satisfatória. Preencha o formulário de orçamento, acabe com o desperdício de água e ainda obtenha água quente de forma imediata no seu banho!

  • Se a água da minha casa chegar quente no meu aquecedor a gás digital que tenho em casa, ( no verão isso ocorre, já que a caixa fica exposta ao sol direto e aquece bastante a água) ele diminuí o consumo de gás? Pensando no sistema de recirculação faz parecido por outra tubulação.

    • Boa tarde Cristofer. Muito obrigado pelo contato.
      Como você mencionou que o seu equipamento é o modelo digital, é possível afirmar que você vai ter sim economia de gás, já que esser tipo de aquecedor possui chama modulante. Isso significa que o tamanho da chama varia de tamanho e intensidade de acordo com o fluxo e a temperatura de água.
      O sistema é capaz de fazer a leitura do fluxo e da temperatura da água no momento de sua entrada.
      Com relação a sua dúvida sobre o sistema de recirculação de água quente, você na realidade vai ter economia de água e não de gás. Isso porque á água chegará mais rápido a sua ducha, fazendo com que você não espere todo o volume de água acumulada em sua rede hidráulica do aquecedor a gás até o seu chuveiro.
      Espero ter ajudado. Estamos à disposição para eventuais esclarecimentos.

      • Boa tarde Ovidio, tudo bem?

        O sistema de recirculação funciona basicamente com praticamente qualquer sistema de aquecimento central. No entanto desconheço termocirculadores elétricos para aquecimento de água (só conheço aqueles utilizados em cozinhas para preparo de comida).

        Espero ter ajudado,

  • Bom dia. Fiz vários testes e o melhor que achei com um TEMPORIZADOR SEM O DIFERENCIAL DE TEMPERATURA, pois verifiquei que quase sempre, a temperatura da agua cai com 1hr após o consumo. Logo, programei acionamentos de 1min ao longo do dia (manhã, tarde e noite) independente da temperatura que água esteja na tubulação.
    Meu sistema é com coletores solares e um reservatório de 500 litros. Minha dúvida é saber pra onde lanço a água fria puxada do cano. Se devo jogá-la pra caixa de água fria ou para os coletores novamente. O que vc acha?

    • Boa tarde Ivanilson. Muito obrigado.
      Pelo seu relato, o mais recomendado é você jogar essa água do anel de retorno para a entrada de água fria do boiler.
      Usando o temporizador programado para acionar a cada 1 minuto, durante a noite ou durante dias mais nublados quando os coletores solares não estiverem esquentando a água, essa recirculação de água com o tempo vai resfriar a água do boiler, sendo assim caso o apoio elétrico do boiler estiver ligado ele vai acionar para compensar essa perca de temperatura, tendo um alto consumo elétrico. Caso ele esteja desligado, a água vai simplismente esfriar.
      Logo essa programação não é a mais adequada.

      O mais adequado conforme o seu relato, seria você fazer uma programação por faixas de horário. Assim por exemplo você não vai ter o sistema ligando durante a madrugada, assim você terá um rendimento maior do sistema como um todo.
      Espero ter esclarecido as suas dúvidas. Estamos à disposição para eventuais esclarecimentos.

  • Olá, Boa tarde!
    Sou arquiteta e faço administrações de obras, e fiquei encantada com esse sistema, que ainda não conhecia!
    Queria saber sobre como funciona em casos de mais de um ponto de chuveiro em uma residência, e também sobre a Instalação do sistema de recirculação de água quente para sistemas com boiler, pois será o sistema utilizado em uma obra minha.
    Li nos comentários você falando sobre jogar essa água do anel de retorno para a entrada de água fria do boiler, seria isso mesmo, mesmo em casos que são vários chuveiros em uma única residência.
    Não sei se é o caso de especificar a quantidade de chuveiros, mas nessa residência são 4 chuveiros que precisarei desse sistema.
    Como faço para saber sobre valores?

    • Boa tarde Mayara. Fico muito feliz que gostou do nosso conteúdo e que descobriu os benefícios do sistema de recirculação de água quente.

      Com relação a quantidade de pontos de consumo, o anel de recirculação pode atendê-los (os pontos de consumo) sem problemas. De maneira que o equipamento deverá ser dimensioando ou especificado para isso, levando também em consideração a distância e o desnível dos pontos. E isso mesmo em casos em que são vários chuveiros em uma única residência, para recircular a água permitindo a substituição por água quente.

      Sobre valores, recomendo você entrar em contato com a nossa equipe comercial pelo telefone (11) 97527-4466 (O contato pode ser feito via Whatsapp) ou então pelo e-mail: vendas@aquecenorte.com.br
      Dessa forma você vai receber um orçamento personalizado de acordo com a sua demanda. Se preferir, responda esse comentário com um telefone de contato, eu já vou adicionar seu cadastro em nosso sistema para nossa equipe entrar em contato com você.

      Espero ter ajudado. Estamos à disposição para eventuais esclarecimentos.

    • Bom dia Rodrigo. Muito obrigado pelo contato.

      Sim, e nesse caso eu indicaria o Rinnai Smartstart, pois ele tem um sistema de recirculação e também o vaso de expansão, caso tenha pressurização ou acima de 9 andares, até a cobertura se for apartamento.

      Recomendo a leitura de outro artigo em nosso blog: https://aquecenorte.com.br/blog/rinnai-smartstart/

      Espero ter ajudado. Estamos à disposição para eventuais dúvidas.

    • Boa tarde Ródion. Muito obrigado pelo contato.

      Nós temos algumas imagens internas que utilizamos em artigos e outros conteúdos para facilitar o entendimento do sistema de recirculação de água quente. Você ficou com alguma dúvida específica?

      Preciso confirmar se termos algum tipo de esquema de projeto, mas estou à disposição para esclarecer eventuais dúvidas. Aproveitando o seu contato, recomendo a leitura de outro artigo em nosso blog: https://aquecenorte.com.br/blog/rinnai-smartstart/

      Espero ter ajudado. Logo retorno o contato com você.

  • Olá, quando tenho mais de um ponto de utilização, a linha de retorno é única no mais distante ou posso ter junções de várias até chegar ao boiler?

    • Boa tarde Ivandir. Muito obrigado pelo contato.

      Você está falando sobre o sistema de retorno, que mantém a sua casa aquecida. Você realmente deve pegar do último ponto. Você deve fazer a água recircular em todos os pontos, então tem que pegar esse ponto de retorno do ponto mais distante que o seu boiler atende para fazer esse sistema de retorno.

      Espero ter ajudado. Estamos à disposição para eventuais

  • Boa noite.
    Quando meu sistema de energia solar foi instalado, por questão de local, o boiler ficou muio distante dos pontos de consumo. Esse sistema de vocês resolveria a demora em chegar a água quente e o desperdício de água?
    Onde posso comprar e como seria a instalação?
    Obrigado.

    • Bom dia Edson. Muito obrigado pelo contato.

      Exatamente, resolveria sim. Quanto maior o comprimento das tubulações entre o aquecedor (seja aquecimento a gás, solar ou elétrico) mais água ficará acumulada na tubulação e maior será o desperdício. Quando o sistema de aquecimento estiver próximo do ponto de consumo de água quente, essa espera pode ser de alguns poucos segundos, mas se a distância for muito grande isso pode passar a minutos. Dois minutos, três minutos e em casos extremos até 5 ou 6 minutos. Isso acontece bastante no caso de casas grandes e empreendimentos comerciais como hotéis e academias.

      O que o sistema de recirculação de água quente faz é pegar toda essa água que fica acumulada na tubulação entre o sistema de aquecimento e os pontos de consumo e devolver para o aquecedor para que ela seja reaquecida. Sobre a instalação, É muito importante entender os preceitos básicos para a instalação de um sistema de retorno. A partir do último ponto de consumo, o sistema de retorno “puxa” água fria da tubulação de água quente. Dessa forma fazendo com que o sistema de aquecimento reponha água quente na tubulação.

      Para a instalação desse tipo de sistema é necessário um sistema de aquecimento central como os aquecedores a gás, aquecedores solares ou boilers e também uma linha de retorno. A linha de retorno consiste numa tubulação que interligue o ponto de consumo mais distante ao sistema de aquecimento, formando assim um anel. É como se tivéssemos uma tubulação de ida e outra de volta. Essa tubulação será responsável por conduzir a água fria armazenada na tubulação para de volta ao sistema de aquecimento para ser reaquecida.

      Para que você não corra o risco de comprar algo incorretamente, o que pode te ocasionar custos elevados e dores de cabeça, eu recomendo você entrar em contato com a nossa equipe comercial, eles vão te orientar sobre o melhor cenário para a sua residência, sempre levando em conta todas as características do local para que seu projeto fique personalizado. Eles vão te passar todas as informações de preços e possibilidades do sistema de retorno, bem como tirar todas as dúvidas de instalação dele, além de passar todas as possibilidades para o cenário da sua residência, esclarecendo qualquer tipo de dúvida.

      Você pode entrar em contato pelo telefone (11) 95322-5595 (O contato pode ser feito via Whatsapp) ou se preferir pelo e-mail: vendas@aquecenorte.com.br ou então basta preencher este formulario: https://aquecenorte.com.br/contato/

      Você vai receber um orçamento personalizado.

      Espero ter ajudado. Estamos à disposição para eventuais dúvidas.

  • Olá a todos. Gostaria de projetar um sistema de recirculação de água quente num prédio de 80 metros de altura. Uma das colunas de água quente passa por redutora de pressão. Estou em dúvida se devo colocar essa bomba de circulação para o retorno lá no pé da coluna. E se for isso, como dimensiona essa bomba. Ela teria que ser de 80mca para vencer a altura do prédio e retornar água quente pro boiler no telhado? Ou basta uma pressao suficiente para vencer a diferenca que a redutora diminuiu a pressao em relacao ao telhado? Alguém pode me ajudar? Obrigada.

    • Bom dia Marcela. Ficamos felizes com o seu contato.

      Eu recomendo você entrar em contato com a nossa equipe comercial, eles vão te ajudar a projetar o sistema de recirculação de água quente de acordo com a sua demanda. Para que você não corra o risco de comprar os equipamentos incorretos, o que pode te ocasionar custos elevados e dores de cabeça, você pode entrar em contato com a nossa equipe comercial, eles vão te orientar sobre o melhor cenário para o seu apartamento, sempre levando em conta todas as características do seu apartamento para que seu projeto fique personalizado.

      Você pode entrar em contato pelo telefone (11) 95322-5595 (O contato pode ser feito via Whatsapp) ou se preferir pelo e-mail: vendas@aquecenorte.com.br ou então basta preencher este formulario: https://aquecenorte.com.br/contato/

      Nossa equipe vai te ajudar com o corrreto dimensionamento e esclarecer qualquer tipo de dúvida sobre o sistema de recirculação de água quente, levantando todas as informações pertinentes para a correta projeção do sistema de recirculação.

      Espero ter ajudado. Estamos à disposição para eventuais dúvidas.

  • Na minha Casa eu tenho um aquecedor solar com boiler, entao pelo que entendi, devo quebrar a parede para fazer a instalaçao do tubo de retorno?

    Penso que se eu colocar perto do boiler nao iria funcionar bem seria melhor mais perto do registro.

    • Boa tarde Dayvid, tudo bem?

      Sim, você teria que fazer uma linha de retorno do ponto de consumo até o sistema central de aquecimento. Muitas vezes isso significa quebrar a parede e fazer uma grande reforma.

      Agora sobre colocar perto do boiler ou registro eu não entendi muito bem. Poderia explicar melhor?

    • Boa tarde Michel, tudo bem?

      Seria um sistema central de aquecimento para todo o condomínio? É possível sim, contanto que exista um ramal de retorno entre o ponto de consumo e o sistema central de aquecimento. No entanto, se for um cenário onde se atenda muitos pontos de consumo e muito distantes entre si, um sistema desse pode acabar sendo complexo e dispendioso. Precisaria fazer uma análise técnica para avaliar a viabilidade disso.

  • Tenho um chuveiro no térreo com 15 metros de distância do aquecedor a gás, e 2 chuveiros no pavimento superior com 30 metros de distância do mesmo aquecedor. Utilizando esse equipamento, preciso colocar a tubulação de retorno em todos os chuveiros e juntá-los em uma só tubulação para o retorno, ou coloco a tubulação de retorno somente no ponto mais distante?

    • Bom dia Lucas, tudo bem?

      Para fazer um sistema de recirculação de água todos os pontos de consumo precisam formar um anel. Então a tubulação que abastece esses pontos precisa ser a mesma, então no ponto mais distante existe uma tubulação de retorno.

      Ficou claro?

      Espero ter ajudado!

  • Bom dia estou num apartamento de com 5 banheiros e uma cozinha.Gostaria de saber.
    Se faço o sistema de retorno somente na linha central ou eu tenho colocar esse retorno abaixo do de ponto do chuveiro ou da cozinha sendo que o meu aquecedor fica justamente no meio do corredor do apto.
    Pq a linha central tem uns vinte metros nesse corredor.
    Eu coloco o sistema de retorno só nessa linha ou eu tenho que colocar abaixo do registro de água quente tanto da cozinha ou do chuveiro.

    • Bom dia Clodoaldo, tudo bem?

      Eu não entendi muito bem os exemplos que me deu, mas a linha de retorno deve vir do ponto mais distante voltando para o aquecedor, e assim formando um anel.

  • Boa tarde!
    Sou engenheiro projetista na área hidrossanitária.
    O sistema é muito interessante. Mas tenho as seguintes dúvidas para uma residência térrea com 3 banheiros:

    1) Esse sistema aceita a instalação de um pressurizador? E em qual posição ele deverá ser instalado, antes ou depois da bomba de recirculação? No meu caso, vou ter um boiler de acumulação localizado sobre a laje de cobertura e a pressão em cada chuveiro será muito baixa..

    2) É possível fazer a recirculação somente do barrilete de água quente? Ou, no meu caso, posso seguir com uma mesma tubulação passando pelo interior de cada banheiro até o retorno para o boiler? A tubulação faria o seguinte caminho: sai do boiler passa pela bomba/pressurizador, segue pela laje, desce até o 1º banheiro passando por todos os pontos, sobe até a laje, desce até o 2º banheiro, volta para a laje, desce até o 3º banheiro e sobe para a laje e até voltar para o bolier.

    Desde já, agradeço.

    • Boa tarde Douglas, tudo bem com o senhor?

      Tentarei responder as questões levantadas pelo senhor abaixo, ok?

      1) Sim. Qualquer sistema de recirculação aceita pressurização. Na verdade uma coisa não interfere na outra.

      E geralmente é instalado depois, pois a bomba de recirculação fica no final da rede hidráulica, antes de retornar ao boiler.

      2) Sempre a recirculação é feita somente no barrilete. É possível fazer da forma que o senhor disse, mas caso o senhor faça a tubulação passar por cada banheiro, gastará mais material e a perda de carga será enorme. Não vale a pena perto dos poucos segundos que ganharia para a chegada da água quente.

      O mais recomendado é tentar deixar o barrilete na laje o mais próximo possível de cada descida.

      Agora um adendo:

      Pelo que pude entender do relato, a instalação em questão seria pós boiler, correto?

      Caso não tenha adquirido o boiler ainda, recomendamos fortemente optar pela compra de boiler de alta pressão. Assim o senhor só terá que comprar um único pressurizador para toda a rede hidráulica do local.

      A pressurização pós-boiler é uma solução adaptada para quem já possui um sistema de baixa pressão e se arrependeu.

      Até funciona, mas não é um sistema de pressurização tão eficiente quanto o tradicional pré-boiler.

      Espero ter ajudado!

  • Boa tarde! Inicialmente parabéns pelo blog. É indiscutível o melhor site/blog sobre aquecimento em geral.

    Sou síndico do prédio onde moro e aqui temos um excelente sistema de aquecimento central de água, porém o consumo de gás é absurdamente exagerado no inverno (quase R$300,00 por unidade) e ainda muito alto no verão.

    O prédio possui 16 andares e é dividido em 2 zonas. A zona baixa (2o ao 9o andar) e zona alta (10o ao 16o andar). No subsolo do prédio estão 2 boilers a gás de alta pressão para cada zona. Cada zona é independente e possui seu boiler e seu sistema de recirculação com uma bomba de recirculação Inova GP 230 acionada por um termostato junto a entrada do retorno do boiler com uma válvula de retenção. Na zona alta, todas as colunas de distribuição (12) se encontram no 10o andar e descem por um só cano até o boiler. Na zona baixa se encontram no térreo. Todo encanamento é em PPR passando pelo interior do prédio, sem contato externo.

    Meu problema é na zona alta: Ajusto o termostato do boiler para 55ºC e a água retorna no máximo a 35ºC com a bomba de recirculação ligada, ocasionando a mistura da água morna do retorno com a quente do boiler fazendo a fornalha ligar e desligar constantemente. Em média 2x por hora mesmo sem consumo na madrugada.
    Se desligo a bomba, a água imediatamente começa a esfriar e não consegue retornar ao boiler por não ter força para passar pela válvula de retenção e os moradores reclamam que demora mais de 15min para esquentar… por outro lado, a água se mantem quente dentro do boiler e a fornalha liga 1x a cada 5h com consumo.

    De início pensei que algum apartamento pudesse estar misturando água fria com quente em ducha higiênica, porém desliguei o registro geral de água fria e não alterou a temperatura de retorno. Minha segunda hipótese foi de imaginar perda de 20ºC para subir e descer um o prédio de 16 andares, entretanto realizei testes deixando apenas 1 das 12 colunas com o registro aberto, e nisso a temperatura de retorno imediatamente subiu para 45ºC-50ºC. Fiz isso com as 12 colunas, e todas mantiveram de forma independente o retorno em temperatura elevada. Contudo, a medida que vou abrindo as 12 colunas, a temperatura começa a cair até os 35ºC ou menos, fazendo o termostato do retorno (configurado em 37ºC) mantenha a bomba sempre ligada

    Verifiquei no 10 andar que no encontro das 12 colunas, algumas estão com o cano mais quente e outras com o cano frio, porém hoje pode estar a coluna 1 quente e a 3 fria, e amanhã podem ser outras… não são as mesmas sempre.

    Não tenho mais ideia do que pode ser. Pensei em colocar mais uma bomba de recirculação no 10o andar junto ao encontro das 12 colunas para puxar mais a água das colunas, mas não sei se isso não vai afetar oscilação de temperatura no banho quando liga e desliga a bomba. Pensei também em colocar 1 válvula de retenção no final de cada coluna, sob a hipótese de que algumas colunas estejam com pressão maior que as outras e “segurem” a água no cano….porém eu tenho a bomba lá embaixo puxando a água que já está em uma queda livre de 10 andares….

    Alguma ideia do que possa ser?

    Já me passou até a ideia de “reaquecer” eletricamente a água (subir ao menos 10ºC) antes de retornar ao boiler para evitar essa oscilação de temperatura no interior dele, mas pesquisei toda internet e não vi essa minha ideia maluca em nenhum lugar….

    Complementando, o prédio é de 2009 e não sei desde quando existe esse problema ou se foi sempre assim. Descobri isso pq notei que as bombas de recirculação ficavam ligadas 24h e troquei os termostatos por digitais ligados a um computador que mantem toda leitura da temperatura gravada.

    Desde já, agradeço!

    • Bom dia Junior, tudo bem?

      Realmente um caso bastante complexo. E pelo relato do senhor já foram testadas quase todas as hipóteses.

      O ideal seria então a análise de um técnico, de preferencia de posse da planta.

      Caso o senhor esteja em São Paulo, pode entrar em contato conosco através do e-mail assistencia@aquecenorte.com.br ou do telefone (11) 2262-9000.

      Sinto muito não conseguir te ajudar de imediato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *