Pressão da Água – Seu banho com qualidade e conforto

Você sabe o que é e para que serve a pressão da água? Descubra agora o que você deve saber sobre a pressão da água e porque ela é importante. Confira!

Você já dimensionou corretamente seu aquecedor de acordo com a quantidade de pontos de água e sua vazão. Já escolheu entre a versão mecânica e digital. E até descobriu o tipo de gás correto da sua casa.

Mas será que na sua residência a pressão da água é boa para proporcionar um banho confortável? Existem casos onde não há sequer pressão suficiente para o acionamento dos aparelhos. Não se desespere, existe solução para tudo.

Conforto no banho depende muito da pressão da água
A pressão da água pode garantir um banho de qualidade e conforto

O que é pressão da água?

Pressão nada mais é do que uma força aplicada sobre uma determinada área.

Talvez um exemplo ajude a clarear melhor. Imagine uma caixa d’agua. Ela possui 10 metros de altura e está completamente cheia. Agora, qual será a pressão existente obtida sobre o fundo dessa caixa d’agua?

Simples. É de 10 metros de força em cada cm², não importando qual seja seu diâmetro. Observe o desenho abaixo.

Talvez isso, ainda esteja muito complicado. Por enquanto vamos deixar a explicação mais técnica um pouco de lado. Podemos resumir dizendo que ela é a força com que a água chega nos pontos de água. Pode ser na ducha, torneira ou qualquer outro. Mas também a força com que ela chega no seu aquecedor a gás. E isso é muito importante.

 

Unidades de medidas

Antes de prosseguirmos é necessário falarmos um pouco das unidades de medidas mais usadas quando o assunto é pressão de água.

Medidas essas que você encontrará muitas vezes nos manuais dos aquecedores de água a gás e pressurizadores. E também quando falar com um profissional da área.

m.c.a.

Metros de Coluna D’Água

Metros de Coluna D’Água ou simplesmente m.c.a. Provavelmente é a medida mais usada no segmento de aquecedores de água a gás, sendo a medida encontrada nas especificações e manuais de instrução dos aquecedores a gás. Também é uma das mais simples.

Se você medir a distância vertical em metros entre o nível superior da água (provavelmente de uma caixa d’água ou reservatório) até a saída de água terá a pressão em m.c.a.

Ou seja, se o nível da água estiver a 10 metros acima do ponto de saída de água (uma torneira por exemplo) você terá uma pressão estática de 10 m.c.a. (ou 10 metros de coluna d’água) como mostra a ilustração lá em cima.

Simples não?

kgf/cm²

Quilograma força por centímetro quadrado

Outra unidade de medida também bastante usada, principalmente por arquitetos e engenheiros é o kgf/cm² (Quilograma força por centímetro quadrado). Ou simplesmente “quilo”.


Significa que temos uma força equivalente a um peso de 1 Kg por 1 cm².  E como você pode notar pela imagem acima, a mesma distância de 10 metros gera 1 kgf/cm² de pressão. Então 1 kgf/cm² equivale a 10 m.c.a.

É uma conversão bastante simples.

10 m.c.a. = 1 kgf/cm²

Bar = vem de Barômetro

Bar é frequentemente usado para medir a pressão atmosférica, mas também é usado em sistemas hidráulicos e pneumáticos.

Dentro do segmento de aquecedores a gás ele é importante por ser a medida mais comum quando o assunto são bombas pressurizadoras (que veremos em breve).

Sua conversão também é bastante simples.

1 bar equivale a 1 kgf/cm².

1 bar = 1kgf/cm² = 10 m.c.a.

Esse monte de unidades de medidas pode acabar complicando as coisas, não? Por isso preparamos essa simples planilha para facilitar a conversão. Você pode baixa-la clicando aqui!

Pressão estática

É a pressão da água quando ela está parada dentro da tubulação. Daí o nome: estático.

A norma NBR5626 diz que em uma instalação predial, em qualquer ponto, a pressão estática não deve ultrapassar 40 m.c.a. Ou seja, a diferença de altura entre o reservatório superior e o ponto mais baixo da instalação não deve ser superior a 40 metros.

Mas como funcionam as instalações em prédios maiores que 40 metros de altura?

Válvulas redutoras

Se a pressão na rede de tubulação do prédio for superior a 40 m.c.a. (ou 4 kgf/cm²) a rede e os acessórios (torneiras, duchas, etc) podem estar em risco. Por isso, como dito anteriormente, a norma NBR5626 proíbe. Nesses casos temos algumas soluções.

Provavelmente a mais comum é a utilização de válvulas redutoras de pressão, devido a seu tamanho e uso prático.

Normalmente são instaladas no meio ou no subsolo do prédio. Observe esquema abaixo:

Pressão dinâmica

É a pressão da água quando ela está em movimento. Com todos os pontos fechados se você medir terá a pressão estática, já com algum ponto aberto terá a pressão dinâmica.

Essa pressão além da altura, também depende do trajeto da tubulação e diâmetros usados nos tubos. Seu valor é a pressão estática menos as perdas de carga distribuída e localizada.

Ela só poderá ser medida com a abertura de algum ponto de água, seja uma torneira ou ducha. Também varia de acordo com a vazão total desses pontos abertos. Então se você abrir apenas uma torneira com vazão de 4 litros por minuto sua pressão dinâmica será diferente de quando abrir duas duchas com vazão de 10 litros por minuto cada.  

Perda de Carga

Perda de carga é o nome técnico dado a perda de pressão da água (ou outro fluído qualquer) ao percorrer seu trajeto através da tubulação.

Essa perda ocorre por vários motivos:

  • Pelo atrito da água com as paredes da tubulação;
  • Mudanças de direção como curvas e conexões;
  • Obstrução na rede como sujeira por exemplo.

Isso significa que quanto maior e mais tortuoso o trajeto da água maior também será a perda de carga que teremos.

Pressão da água mínima

Mas por que esse negócio todo é importante?

pressão da água
Uma pressão de água adequada garante a qualidade do seu banho

Já dissemos acima que os aquecedores de água a gás precisam de uma pressão mínima para o acionamento do equipamento. Ela varia de acordo com o modelo, mas em média é de 3 a 6 m.c.a. para aquecedores digitais e 6 a 8 para aquecedores mecânicos.

Devemos permanecer atentos paro o fato que a pressão mínima para o acionamento não necessariamente proporcionará um banho confortável.

Então seu aquecedor pode até estar funcionando no limite do aceitável, mas isso não garantirá uma boa pressão para um banho. Recomendamos que, independente de marca ou modelo, na pior das hipóteses trabalhe-se com pelo menos 10 m.c.a. Essa seria a pressão mínima para um banho confortável.

Indicamos trabalhar na faixa de 15 a 25 m.c.a. Acima disso já é exagero, pois eleva-se significativamente o consumo de água e gás, sem elevar proporcionalmente a qualidade do banho.

Na verdade, o excesso pode até tornar o banho desconfortável. Então equilíbrio é fundamental para que seu banho seja mais confortável.

Baixa pressão da água

Ok, você leu todo esse documento e com seu mais novo conhecimento adquirido descobriu que sua residência ou comércio não possui pressão suficiente para instalação de aquecedores de água a gás. E agora?

A solução mais comum é a instalação de bombas pressurizadoras de água.

Quer saber mais sobre elas? Clique aqui!

  • Muito bom.
    O chuveiro ducha Lorenzetti 4T daqui de casa foi instalado hoje, mas não está esquentando. O reservatório da casa, a caixa d’água fica sobre a laje. O que será?
    Obrigado.

    • Bom dia Walter,

      Não trabalhamos com duchas elétricas. Te recomendo procurar uma assistência técnica da Lorenzetti que trabalhe com esse segmento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *