Chuveiro elétrico a pior opção em 2019, Entenda o motivo:

chuveiro elétrico ou a ducha a gás, você pode estar com essa dúvida, entre eles! Iremos te ajudar a decidir qual o melhor.

  • Qual a economia?
  • Qual o grau de conforto?
  • Qual o mais caro?

Diversos fatores devem ser avaliados para chegar a uma conclusão do que é melhor para você e seu uso diário.

Se você está se mudando para um apartamento novo, é provável que você terá que colocar a ducha a gás como norma do prédio. Além disso, se você quer trocar seu chuveiro este artigo também pode te ajudar a decidir se continua ou não com o nosso famoso chuveiro elétrico, que está na casa da maioria dos brasileiros.

Chuveiro elétrico – História

 

Chuveiro_eletrico
chuveiro elétrico

O chuveiro elétrico entrou no Brasil na era Vargas em 1930. Sua popularização aconteceu após a Segunda Guerra Mundial, pois ao reconstruir as casas na Europa foi incluída a construção do banheiro com chuveiro.

Nos Estados Unidos e Europa, foi implantado a ducha em maior escala ao invés do chuveiro elétrico. Aqui no Brasil o chuveiro se tornou de uso quase geral, hoje são cerca de 75% das residências, devido seu custo de aquisição barato, contudo seu uso pesa muito bolso.

Chuveiro elétrico – Desvantagens

Chuveiro_eletrico
Chuveiro Elétrico

Conta de luz – Consumo de energia elétrica

O chuveiro elétrico é famoso no país por ser o responsável pelo alto consumo de energia elétrica. Isso acaba por impactar na conta de luz de milhares de brasileiros.

Chuveiro elétrico possui uma resistência que aquece água quase instantaneamente, o que exige muito calor para que isso aconteça, então muita energia é puxada e consumida.

Este aparelho que parece tão simples transforma energia elétrica em energia térmica, isso exige muita potência, entre 4kw/h  e  7kw/h. O que aumenta consideravelmente os custos com a energia elétrica.

Para se ter uma ideia, o consumo do chuveiro elétrico supera o uso de chapinha, mesmo que você passe horas usando a chapinha, o chuveiro elétrico supera esse uso em minutos. Essa informação é de espantar, mas é real.

 

Impostos da conta de luz

 

Chuveiro_eletrico
Chuveiro Elétrico

Você paga 30% de impostos na sua conta de luz, é uma das mais caros do mundo, ou seja se você paga R$ 100,00 na conta de luz, R$ 30,00 é apenas de impostos.

Veja o vídeo que explica sobre os impostos e os grandes vilões da conta de luz.

Chuveiro e geladeira são os vilões do consumo de energia elétrica

Agora dê uma olhada na lista dos maiores vilões da conta de luz, o chuveiro elétrico está no topo. Esses são dados que você pode verificar em reportagens e pesquisas e você já deve ter ouvido isso de muitos familiares.

Os maiores vilões da conta de luz

  1. Chuveiro Elétrico 30%;
  2. Geladeira: 20%;
  3. Iluminação: 20%,
  4. Ar Condicionado: 10%;
  5. TV: 10%;
  6. Ferro: 7%.

Se você observar o 2º lugar e 3º lugar são usados durante horas no dia, a geladeira fica ligada durante 24hs, e a iluminação fica por muitas horas. O chuveiro elétrico que fica alguns muitos por pessoa cerca de 10 a 15 minutos supera seus concorrentes, ainda que usados em tempo menor.

Isso nos ajuda a ter uma ideia de como o chuveiro elétrico possui um alto grau de consumo. Mas será que existe outra opção? Essa pode ser a sua pergunta.

Quer saber quanto cada eletrônico gasta de energia na sua casa ou apartamento?

Acesse esse sistema interativo e informe quais equipamentos possui, o tempo de uso por dia ou por mês e a potência de cada item. Desta forma, você tem uma média de qual é o consumo e quanto custa aquele aparelho por mês na conta de luz.

Simulador de consumo

 

Chuveiro Elétrico e a Queda da Energia Elétrica

Chuveiro_eletrico
Chuveiro Elétrico
  • Existem casas e apartamentos que se a pessoa ligar 2 chuveiros de uma vez a energia cai e ficam todos sem luz. Isso tem a ver com a estrutura elétrica da casa, que não suporta o uso de dois consumos de energia tão potentes, como o chuveiro.
  • Outro caso com mesmo problema. Se você tem torneira da cozinha com energia elétrica, não pode ligar o chuveiro junto, pois a acaba caindo a energia. Pode parecer brincadeira, mas isso acontece sim em muitos lares no Brasil.
  • Você está no seu banho quentinho, após um dia cansativo, e de repente a energia acaba. A água passa de quente para fria. E você tem que sair do banho muitas vezes ensaboado, com frio, isso é muito irritante de acontecer.

    A suspensão da energia elétrica tem acontecido com grande frequência, nos últimos anos.

 

Motivos:

  •         Grande-demanda da rede;
  •         Relâmpagos;
  •         Linhas de energia derrubadas;
  •         Acidentes como batidas em postes;
  •         Apagões;
  •         Catástrofes naturais;

A rede elétrica no Brasil fica exposta a muitos situações de riscos. Ficam em postes, consequentemente expostas ao tempo e ações de pessoas, inclusive com a queda de balões e pipas.

O consumo de energia elétrica tem aumentado a cada ano no país segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e a estrutura para atender não cresce no mesmo ritmo.

Mais interrupções de energia podem acontecer, os famosos apagões, ou como acontece muito em São Paulo, há um revezamento entre bairros, um dia com energia outro sem.

Sem energia elétrica, o chuveiro não funciona. Você pode estar se perguntando existe uma forma de tomar banho sem o uso de energia elétrica e com água quente? Sim existe. E vamos escrever sobre isso.

Chuveiro Elétrico e o Choque Elétrico

Chuveiro_eletrico
O perigo de choque elétrico é real.

Muitas pessoas reclamam que ao tentar fechar a torneira do banheiro, recebe um choque, isso acontece porque na casa ou no prédio não tem aterramento elétrico, para conectar o fio terra do chuveiro, que é normalmente de cor verde ou laranja.

Nos últimos anos alguns lugares tem colocado a rede elétrica subterrânea, o que é mais seguro, e com isso o aterramento elétrico já acontece, mas o custo é alto e está na velocidade de tartaruga no país.

O chuveiro elétrico é uma mistura de energia elétrica e água que é um grande condutor de energia elétrica, potencializando seus efeitos. Por isso todo cuidado é pouco. Alguns eletricistas e instaladores de chuveiro elétrico gostam de fazer uma comparação bem assustadora:

Com o chuveiro elétrico você toma banho com uma resistência de 5 mil watts ou mais sobre a sua cabeça, todo molhado e descalço. Isso é muito perigoso.

No Brasil os índices com acidentes domésticos são altíssimos segundo o Ministério da Saúde, atingindo milhares de crianças, uma das causas são choques elétricos e produtos elétricos em contato com água.

 

Chuveiro elétrico – Durabilidade Comprometida

O chuveiro elétrico tem sua vida útil bem curta. Quem já não teve que trocar o chuveiro duas vezes no ano? Ou devido a queima da resistência do aparelho?  É sempre trabalhoso fazer essa operação de troca do aparelho, além dos custos.

Devido ao uso constante, peças baratas, estrutura de plástico, quedas de energia, o chuveiro poder ter sua vida útil encurtada. A qualidade do chuveiro deve ser um fator importante para se adquirir um.

 

Chuveiro Elétrico – Temperatura Limitada

Chuveiro_eletrico
Chuveiro Elétrico

A maioria dos chuveiros não oferecem a opção de temperatura personalidade, ou seja você não consegue colocar o grau de temperatura que você deseja, como 38º ou 39º. Isso é mais uma questão de conforto.

Alguns chuveiros possuem a opção verão, o que deixa água morna, a outra opção é inverno quando água fica quente e a opção frio, ou desligado, onde a água fica fria.

O que acontece muitas vezes é que tanto no verão quanto no inferno, a água ou fica muito quente, ou fica morna quase fria.  Na época do verão a água morna fica super quente, na época do inverno a água quente fica morna. Quem já não passou por isso no chuveiro em algum momento da vida? É muito chato e incômodo.

Outra informação importante: nunca troque de chave de temperatura do chuveiro se ele estiver ligado, há um risco real de choque, pois você está molhado.

Existem chuveiros eletrônicos que possuem mais possibilidade de alteração na temperatura, mas são extremamente caros, exigem mão de obra qualificada para sua instalação o que encarece os custos.

 

Chuveiro elétrico – Instalação

 

Chuveiro_eletrico
A instalação adequada do chuveiro é garantia de segurança.

Quanto mais recursos um chuveiro tiver mais sua instalação pode ser complexa. Chuveiros com pressurizador, com jatos mais fortes, turbo, ajuste de temperatura necessitam de mão de obra especializada para instalar. Além de serem mais caros, você ainda terá custo da instalação que é diferente de uma chuveiro comum.

Além disso como já foi visto, a má instalação coloca a todos que usam o chuveiro em risco de choque elétrico.

 

Design Simples

 

Chuveiro_eletrico
Chuveiro Elétrico

Os chuveiros elétricos tem sua estrutura feita de plástico branco. Quase todos seguem o mesmo padrão e formatos. A decoração do banheiro tem recebido cada vez mais atenção pelos brasileiros.

No Mercado Livre, o segundo maior Marketplace da América Latina, o 2º item de venda mais procurado para compra são artigos de decoração. Isso prova o quanto estamos atentos em ter uma casa bonita e com design arrojado. O chuveiro não proporciona essa possibilidade.

Ele apenas supre a necessidade de banho, e foi criado para isso, mas os tempos mudam e hoje queremos praticidade, funcionalidade e beleza nas peças que compõem nossas casas. O chuveiro elétrico fica desqualificado nesse quesito. Ainda bem que existem outras opções.

Claro que para muitos esse não é um fator decisivo. Mas para outras pessoas que curtem decoração esse pode ser um item de grande importância.

Agora que falamos tanto de chuveiro elétrico. Que tal você descobrir tudo sobre a ducha? Será que ela é realmente melhor que o chuveiro elétrico? Quer saber?

Clique e confira. Assim você pode decidir o que é melhor para você.

Ducha. Quem disse que você não pode ter um banho de hotel?

 

[pt_view id=”52ce646f9a”]

 

  • na minha casa eu tenho três chuveiros elétricos da marca Lorenzetti top jet 6kw, ele desligado quando a minha querida
    Esposa foi abri a torneira do chuveiro e depois ela abriu aduchinha ela levou um pequeno choquinho. então eu Otavio, Desleguei, eu fiquei com medo. há Estalação certa como manda ABNT.

  • Tenho um da lorenzetti, venho usando a anos mas sempre queima ao menos 2x por ano
    dessa ultima vez ele literalmente explodiu bem em cima da cabeça e ficou pegando fogo… não sei como não me levou junto mas foi bem perto. Queria saber de uma alternativa ao chuveiro eletrico, não existe nenhum a base da pilha ou seila

    • Bom dia Bob, tudo bem?

      Existem algumas alternativas ao chuveiro elétrico. Uma boa alternativa de aquecimento de água para demanda residência é o aquecedor a gás. Inclusive os modelos mecânicos funcionam a pilha, no entanto, se na residência do senhor não houver uma ocorrência grande de quedas de energia elétrica recomendamos as versões digitais que trazem mais segurança e conforto para os usuários.

  • Um grande entrave para que os chuveiros elétricos sejam substituídos pelos aquecedores a gás é que as infraestruturas para isso ainda são restritas mais para os grandes e médios centros urbanos. Seria necessária um grande incentivo e muita vontade política para mudar.

    • Boa tarde Alberto. Obrigado pelo contato. Na verdade o que é mais necessário é a infra-estrutura interna da sua residência. Se você optar por exemplo por um equipamento que utiliza o GLP, o gás de botijão, o mesmo usado na maioria dos fogões das residências brasileiras, não precisará de uma infra-estrutura complexa. É mais uma questão cultural do que qualquer outra coisa.

      Espero ter ajudado.

      Abraços

  • Olá, ótimo artigo. Mas cheguei até ele ao procurar outra coisa. Acabei de construir minha casa e acredito que como muitos que se aventuram nessa empreitada pela primeira vez, cometi alguns erros. Um deles foi instalar apenas duchas, com aquecimento solar. Até agora achei muito, muito bom mesmo e só ler o artigo do fiquei mais satisfeito ainda. O erro que acredito ter cometido foi não instalar sequer um chuveiro elétrico, agora só fico pensando que quando tiver algum problema com o aquecedor, ficarei sem água quente em casa. Por acaso existe algum chuveiro ‘híbrido’, quero dizer, que seja elétrico e por aquecedor ao mesmo tempo. Agradeço se puder me esclarecer essa dúvida, pois não encontro tal informação.

    Grato pela atenção

    • Olá Carlos, tudo bem?

      Sobre suas dúvidas: existe sim opções híbridas de chuveiro. Eles são consideravelmente mais caros que os chuveiros elétricos comuns mas funcionam bem como apoio ou backup de outros sistemas de aquecimento.

      Agora sobre o aquecimento solar é importante salientar que todo sistema se bem instalado possui um apoio, normalmente elétrico, na forma de uma resistência elétrica no boiler solar.

  • Nunca vi notícia de gente se ferindo ou morrendo com chuveiro elétrico no Brasil, no entanto com chuveiro a gás ouvi MUITA notícia. Isso impede muito que se popularize por aqui.

    • Olá João,

      Não é a questão de segurança que impede a popularização dos aquecedores a gás aqui no Brasil. Acidentes acontecem em sua maioria esmagadora por má instalação ou má utilização.

      O que pesa mais no Brasil é a questão investimento em infraestrutura. Adequar a infraestrutura para receber o aquecedor a gás numa residência é algo bastante caro e incômodo. Mas o aquecedor a gás tem se feito cada vez mais presente a medida que novas residências já vem sendo construídas preparadas para receber esse tipo de equipamento. Aqui em São Paulo por exemplo os novos prédios residenciais já nem possuem mais tomada no banheiro para a instalação do chuveiro.

      Note que o chuveiro elétrico é um equipamento que já vem caindo em desuso no mundo. Apenas o Brasil e a Índia tem grande adesão desse tipo de aquecimento de água. No resto do mundo outros tipos de aquecimento são mais utilizado, como boilers, aquecedores de passagens (elétricos ou a gás) e aquecedores solares.

    • Olá Mauricio, tudo bem?

      Em teoria eles esquentam o mesmo tanto. Não é a tensão o fator determinante para medir isso. O que determinaria isso seria a potencia da resistência do chuveiro.

      • Olá Maurício.

        Apesar da resposta do Ivan Barion estar corretíssima, o que se percebe na prática é que os chuveiros em 220V aquecem mais! Por que? Por que com uma tensão maior a corrente que circula pela resistência é menor (considerando uma mesma potência), o que provoca uma queda de tensão menor no circuito. Se a queda de tensão é menor, o próprio chuveiro que é o causador dessa variação, também é “vítima” dela e acaba por perder um pouco de potência no processo. Portanto, se sua instalação elétrica permite um chuveiro em 220V, é essa sua melhor opção! Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *