O que é aquecedor a gás de exaustão forçada?

Mas o que exatamente seria um aquecedor a gás de exaustão forçada ou de exaustão natural? O que isso significa e como pode determinar qual tipo de aquecedor devo comprar? Essas são perguntas comuns que ouvimos dos nossos clientes diariamente.

Se você está lendo esse artigo provavelmente deve estar pesquisando mais sobre aquecedores a gás (ou aquecedores de passagem a gás, como é seu nome oficial). E nessa pesquisa deve ter se deparado com informações do equipamento como exaustão forçada e exaustão natural.

Pensando nisso, este artigo vai falar especificamente sobre o que é um aquecedor a gás de exaustão forçada e qual sua diferença para o modelo de exaustão natural. Vamos explicar como ele funciona, fazer comparações, e mostrar suas vantagens e desvantagens.

Como funciona um aquecedor a gás?

Para entender esse tipo específico de aparelho, é importante saber como funciona um aquecedor a gás e qual a relação com o método de exaustão. Esse dispositivo tem como principal fonte de energia o gás, que pode ser tanto o gás liquefeito do petróleo (GLP) quanto o gás natural (GN), dependendo do sistema de abastecimento disponível.

Você pode se informar mais sobre os tipos de gás nesse artigo aqui.

Seu método de funcionamento é relativamente simples. O gás é utilizado como combustível para a chama formada dentro do aparelho. Os aquecedores a gás possuem queimadores parecidos com aqueles encontrados nos fogões. Eles aquecem uma serpentina por onde passa a água e, dessa forma, causam o aumento de sua temperatura.

Esse processo é muito rápido. Em questão de poucos segundos a água já sai quente do outro lado.

aquecedor_a_gas_de_exaustao_forcada

O que é um aquecedor a gás de exaustão forçada?

Como você viu, o gás é utilizado como fonte de energia para o aquecimento da água nesse tipo de sistema. Mas é importante lembrar que toda queima, independente do combustível, resulta na liberação de resíduos, como fumaça e outros gases provenientes do processo químico. No caso dos aquecedores a gás a queima produz o monóxido de carbono. Mas então, como ele é eliminado?

Se você já viu um aquecedor a gás que ainda não foi instalado deve ter notado que ele possui uma abertura em cima. Nessa abertura é conectado o duto de exaustão. É por aí que os gases queimados são conduzidos para fora do equipamento.

Como dissemos anteriormente basicamente existem dois métodos de exaustão. O primeiro é a exaustão natural, onde os gases queimados, por serem mais leves que o ar, são conduzidos naturalmente para cima e seguem a trajetória do duto de exaustão sem nenhum auxilio.

Já a segunda maneira é a exaustão forçada. Ela recebe esse nome porque utiliza uma ventoinha para auxiliar na eliminação desses gases. A ventoinha, que pra quem não sabe é como se fosse um ventilador, sopra esses gases para fora do equipamento.

Nem precisamos dizer que esse método de exaustão forçada é muito mais eficiente e seguro que o método de exaustão natural.

 

Os perigos do monóxido de carbono

Como falamos anteriormente a queima do gás, seja ele gás natural ou gás liquefeito de petróleo, gera o monóxido de carbono (CO), vulgarmente conhecido como gás queimado.

Esse gás é tóxico se inalado por longos períodos. É muito importante ressaltar que a intoxicação por monóxido de carbono realmente é perigosa, com sintomas como dores no peito, dores de cabeça, fraqueza, tontura e vômito. Podendo inclusive levar pessoas e animais de estimação a óbito em casos mais sérios e extremos.

Por isso a importância do sistema de exaustão conduzir o gás queimado para um local externo, ao ar livre, assim evitando qualquer risco para os residentes do local de instalação.

aquecedor_a_gas_de_exaustao_forcada

As vantagens dos aquecedores de exaustão forçada

Todos os aquecedores a gás precisam ter alguma maneira de eliminar o gás queimado. Além do risco a saúde que falamos acima, o acúmulo pode causar problemas no funcionamento do aparelho. Mas quais as vantagens da exaustão forçada?

A primeira e uma das mais aparentes vantagens do aquecedor a gás de exaustão forçada é o diâmetro do duto de exaustão. Enquanto os aquecedores de exaustão natural precisam de dutos mais largos a exaustão forçada permite dutos mais finos.

Isso pode não parecer muito, mas muitas vezes faz toda a diferença na hora da instalação, como no furo na parede ou caso o duto fique escondido no forro da residência. Quanto maior ele for mais difícil será a instalação.

Mas talvez a maior vantagem do aquecedor a gás de exaustão forçada seja a possibilidade de sua instalação em prédios acima do quarto andar. Por norma aquecedores a gás de exaustão natural só podem ser instalados até o quarto andar, isso porque quanto mais alto o andar do prédio, mais fortes são os ventos.

Se o vento for muito forte ele pode bloquear a saída do gás e até empurrar de volta para o aquecedor todo o gás queimado. Como já explicamos anteriormente isso pode ser perigoso para saúde e até comprometer o bom funcionamento do equipamento.

Em regiões montanhosas isso também vem a calhar. Isso porque esses locais são conhecidos por possuírem fortes ventos.

Como saber se meu aquecedor a gás é de exaustão forçada?

Todo aquecedor a gás digital possui exaustão forçada. Sendo essa uma de suas características mais marcantes. Enquanto apenas alguns poucos modelos de aquecedores a gás mecânicos dispõem desse tipo de exaustão.

Mas na dúvida consulte sempre as especificações técnicas do equipamento.

O que levar em conta na hora de adquirir um aquecedor a gás de exaustão forçada?

Se você pretende adquirir um aquecedor a gás de exaustão forçada, é importante ficar de olho em algumas recomendações para que todo o processo seja realizado da maneira certa e você não tenha dores de cabeça no momento da instalação ou do uso do aparelho.

Uma delas é comprar produtos que tenham selos de certificação dos órgãos de controle de qualidade, como o INMETRO. Assim, você tem uma garantia que todos os componentes foram testados com procedimentos rígidos e verificados, e podem ser usados de maneira segura em sua residência.

Outra recomendação importante é a presença obrigatória da chaminé. Ela é essencial para direcionar todos os resíduos para a área externa onde o aquecedor a gás será instalado. Se esse dispositivo de segurança não estiver presente, peça imediatamente.

Receba mais dicas como essa assinando nossa newsletter.

 

[pt_view id=”cf03bf0bmr”]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *