Conheça o aquecedor a gás de fluxo balanceado

No artigo anterior falamos sobre os perigos de instalar um aquecedor a gás comum em banheiros e outros locais confinados. Infelizmente por desconhecimento e falta de informação trata-se de uma prática recorrente e que já levou pessoas a perderem suas vidas. Então nesse artigo iremos apresentar o aquecedor a gás de fluxo balanceado como a solução ideal para instalação em ambientes fechados. Seja com pouca ou nenhuma ventilação, assim como o banheiro.

Além disso vamos focar nas suas características e também nas diferenças para um aquecedor a gás comum.

O que é aquecedor a gás de fluxo balanceado?

Diferente dos aquecedores a gás comuns o aquecedor a gás de fluxo balanceado é o único modelo que pode ser instalado com segurança dentro do banheiro. Vale ressaltar que ele também pode ser instalado em outros ambientes fechados que não possuam ventilação permanente.

A principal diferença do aquecedor a gás de fluxo balanceado diz respeito a forma como ele é construído. Trata-se de um equipamento lacrado hermeticamente para que seu interior não tenha contato com o ambiente no qual ele foi instalado. Isso significa que enquanto os aquecedores a gás comuns utilizam o oxigênio do local para alimentar sua chama o aquecedor a gás de fluxo balanceado secciona esse oxigênio de uma área externa através de um duto e uma ventoinha dedicados exclusivamente a isso.

Basicamente existem dois tipos de aquecedores a gás de fluxo balanceado. O primeiro e mais comum são os aquecedores de modelo concêntrico. Eles possuem um duto menor (geralmente de 60mm) dentro de um duto maior (geralmente de 100mm). O primeiro, o interior, é responsável pela admissão do oxigênio. Enquanto que o segundo, o exterior, é responsável por expelir os gases queimados, o monóxido de carbono.

Já o segundo tipo é como o Rinnai E48 da foto abaixo. Possui duas aberturas na parte de cima. Uma é responsável pela saída de monóxido de carbono e a outra é responsável pela entrada de oxigênio.

 

aquecedor-a-gas-de-fluxo-balanceado

Qual a diferença de um aquecedor a gás de fluxo balanceado para o aquecedor comum

Aqui chegamos a um tópico importante do nosso artigo. Acima falamos um pouco das diferenças técnicas, mas e as diferenças práticas?

O aquecedor a gás de fluxo balanceado pode ser instalado e utilizado em ambientes fechados. E o mais importante: sem colocar em risco a vida das pessoas. Como o equipamento puxa o oxigênio externamente não temos risco dele acabar com o oxigênio do local tornando o ar impróprio para as pessoas.

Outra diferença é que como o equipamento é lacrado hermeticamente não temos o risco dos gases queimados voltarem pelo duto e vazarem pelo aquecedor a gás.

Talvez a última diferença marcante entre o aquecedor a gás comum e os equipamentos de fluxo balanceado é a respeito de seus dutos. No caso dos aquecedores a gás de fluxo balanceado deve-se usar sempre dutos rígidos. E não os flexíveis como no caso dos equipamentos comuns. Isso porque o duto rígido é mais resistente e durável, porem mais caro e mais difícil de instalar.

Quando instalar um aquecedor a gás?

Existem algumas situações onde não é mais possível instalar um aquecedor a gás comum. Seja ele digital ou mecânico e é imperativo a utilização de um aquecedor a gás de fluxo balanceado. Abaixo listaremos algumas dessas situações:

  • Locais com área inferior a 6m², tendo ou não ventilação permanente;
  • Locais fechados ou confinados sem ventilação permanente como banheiros por exemplo.

Isso não só é uma simples recomendação. Faz parte da norma brasileira que cobre a instalação de aquecedores a gás. Trata-se da NBR 13103 – Adequação de Ambientes Residenciais para Instalação de Aparelhos que Utilizam Gás Combustível. Vale ressaltar que ignorar as normas de instalação além de colocar sua saúde em risco também anula a garantia do equipamento. Garantia essa que no caso dos aquecedores a gás digitais é de 3 anos.

Vale ressaltar que o aquecedor a gás de fluxo balanceado possui um preço mais alto que o aquecedor a gás comum. Então recomendamos que se você tiver a possibilidade de instalar o aquecedor a gás em um local aberto ou com boa ventilação permanente opte pelo aquecedor a gás comum. Até porque ele é tão eficiente quanto mas muito mais em conta. Infelizmente em muitos casos isso nem sempre é possível e um aquecedor a gás de fluxo balanceado se faz necessário.

Considerações na hora de adquirir o aquecedor

Agora você já conhece um pouco mais sobre esse tipo de equipamento. Porém é importante ficar atento em algumas situações. Na dúvida se na sua casa é ou não necessário a instalação de um aquecedor a gás de fluxo balanceado procure uma empresa especializada para fazer uma análise mais aprofundada.

Além disso sempre procure empresas especializadas e credenciadas pelas marcas de fabricantes de aquecedor a gás para executar a instalação correta do seu equipamento.

Mesmo depois de ler esse artigo você ficou com alguma dúvida? Não hesite em comentar nos campos abaixo que faremos o possível para saná-la. Além disso temos mais um monte de artigos falando de vários aspectos dos aquecedores a gás e suas características. Assine nossa newsletter e receba novidades do nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *